Comparação de resposta da frequência cardíaca em pequenos jogos no futebol com diferentes critérios de composição das equipes

Pedro Henrique Freitas Correa, Marcelo Vilhena Silva, João Pedro Araújo Guimarães, Pablo Juan Greco, Gibson Moreira Praça

Resumo


Este estudo objetivou comparar a frequência cardíaca de atletas de futebol durante pequenos jogos praticados por equipes compostas por atletas de mesma posição (e.g. equipe com três defensores) ou de posições diferentes (e.g. equipe com um defensor, um meio-campista e um atacante)). Participaram do estudo 12 atletas sub-14 (idade 14,43 ± 0,16 anos) de uma equipe de futebol do Paraná, escolhidos com base em seu estatuto posicional (4 defensores, 4 meio campistas e 4 atacantes). Na primeira semana realizou-se o teste para a composição das equipes e na segunda semana os pequenos jogos nos dois protocolos. Os dados foram analisados por meio do teste t pareado, com recurso ao software SPSS 20.0 e o nível de significância adotado foi de 5%. Não foi encontrada diferença significativa na frequência cardíaca entre os dois protocolos. Assim, é possível concluir que a manipulação da composição das equipes baseada no estatuto posicional não influenciou as respostas de frequência cardíaca dos atletas durante os pequenos jogos.

 

ABSTRACT 

Comparison of heart rate response in small games in football with different team composition criteria

This study aimed to compare the heart rate of soccer players during small-sided games played with teams composed of athletes from the same position (e.g. three defenders) or athletes from different positions (e.g. a defender, a midfielder and a forward in each team). Twelve U-12 players (14,43 ± 0,16 years), from a soccer club from Paraná, were chosen to be part of this study based on their positional roles (4 defenders, 4 midfielders and 4 forwards). During the first week, it was realized the test used as team composition criteria. In the second week, small-sided games were played in the two different protocols. Data were analyzed by a paired t test, and the software SPSS 20.0 was used to all analysis. The level of significance was set at 0.05. Results showed no difference regarding heart rate between protocols. For this reason, it is possible to conclude that team composition criteria, based on players’ playing position, do not affect athletes hear rate during small-sided games.


Palavras-chave


Futebol; Pequenos jogos; Frequência cardíaca

Texto completo:

PDF

Referências


-Aguiar, M.; Botelho, G.; Gonçalves, B.; Sampaio, J. Physiological responses and activity profiles of football small-sided games. Journal of Strength and Conditioning Research. Vol. 27. Num 5. 2013. p. 1287-1294.

-Balsom, P. Precision Football. Kempele, polar electro oy. 2000.

-Bangsbo, J. The Pshysiology of Soccer - With Special Reference to Intense Intermittent Exercise. Acta Physiologica Scandinavica. Vol. 619. Suplementar. 1994. 1-155.

-Coelho, D.; Rodrigues, V.; Condessa, L.; Mortimer, L.; Soares, D.; Silami-Garcia, E. Intensidade de sessões de treinamento e jogos oficiais de futebol. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. Vol. 22. Num. 3. 2008. p. 211-218.

-Costa, I.; Garganta, J.; Greco, P.; Mesquita, I.; Muller, E. Relação entre a dimensão do campo de jogo e os comportamentos táticos do jogador de futebol. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. Vol. 25. Num. 1. 2011. p. 79-96.

-Dellal, A.; Chamari, K.; Pintus, A.; Girard, O.; Cotte, T.; Keller, D. Heart rate responses during small-sided and short intermittent running training in elite soccer players: A comparative study. Journal of Strength and Conditioning Research. Vol. 22. Num. 5. 2008. p. 1449-1457.

-Duarte, R.; Batalha, N.; Folgado, H.; Sampaio, J. Effects of exercise duration and number of players in heart rate responses and technical skills during futsal small-sided games. The Open Sports Sciences Journal. Vol. 2. Num. 1. 2009. p. 37-41.

-Garganta, J. Modelação táctica do jogo de futebol: estudo da organização da fase ofensiva em equipes de alto rendimento. Tese de Doutorado. Universidade do Porto. 1997.

-Hill-Haas, S.; Coutts, A.; Rowell, G.; Dawson, B. Generic versus small-sided game training in soccer. International Journal of Sports Medicine. Vol. 30. Num. 9. 2009b. p. 636-642.

-Hill-Haas, S.; Dawson, B.; Coutts, A; Rowsell, G. Physiological responses and time-motion characteristics of various small-sided soccer games in youth players. Journal of Sports Sciences. Vol. 27. Num. 1. 2009b. p. 1-8.

-Köklü, Y.; Ersöz, G.; Alemdaroğlu, U.; Aşç, A.; Ozkan A. Physiological Responses and Time-Motion Characteristics of 4-A-Side Small-Sided Game in Young Soccer Players. Journal of Strength and Conditioning Research. Vol. 26. Num. 11. 2012. p. 3118-3123.

-Praça, G.M. Pequenos jogos no futebol: comportamento tático e perfil motor em superioridade numérica. Dissertação de mestrado. UFMG-MG. Belo Horizonte. 2014

-Praça, G.; Silva, D.; Prado, L.; Greco, J. Caracterização da demanda física de pequenos jogos no futebol: influência do estatuto posicional. Revista brasileira de ciência e movimento. Vol. 23. Num. 1. 2015. p. 58-64

-Praça, G.; Costa, C.; Costa, F.; Andrade, A.; Chagas, M.; Greco, P. Tactical behavior in soccer small-sided games: Influence of tactical knowledge and numerical superiority. Jounal of pshycical education. Vol. 27. Num. 1. 2016. p. 27-36.

-Praça, G.; Custódio, I.; Silva, M; Andrade, A.; Greco, P. Demandas físicas são influenciadas pelo estatuto posicional em pequenos jogos? Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 23. Num. 5. 2017. p. 399-402.

-Sassi, R.; Reilly, T.; Impellizzeri, F. A comparison of small-sided games and interval training in elite professional soccer players. Journal of Sports Science. Vol. 22. Num. 6. 2004. p. 352-354.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBFF - Revista Brasileira de Futsal e Futebol

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Antonio Coppi Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui