Comparação entre a quantidade de gols realizados no campeonato Brasileiro de Futebol 2017 em função do tempo de jogo

Yago Pessoa Costa, Nelson Kautzner Marques Junior, Elizabeth Lourdes Soares da Silva, Gilmário Ricarte Batista

Resumo


A análise de jogo vem sendo utilizada com o intuito de entender melhor o jogo e consequentemente colaborar com o processo de treinamento esportivo. A vista disso, sendo o gol o principal objetivo no futebol, o mesmo vem sendo investigado em relação à incidência, porém não foi comparado se há diferença entre a quantidade de gols realizados pelas equipes de acordo com o tempo de jogo. Deste modo, o objetivo desta pesquisa foi comparar a quantidade de gols realizados pelas equipes em função do tempo de jogo. A análise incluiu 20 equipes que disputaram o Campeonato Brasileiro de Futebol 2017, masculino, profissional. Ao total foram 380 jogos, das 38 rodadas, em turno e returno. Foi contabilizado o total de gols (bruto e relativo) nos fragmentos do tempo total de jogo (~15 minutos). Para comparar os fragmentos utilizou-se o teste Anova one-way, com post hoc de Bonferroni, admitindo-se significância de 5%. Houve diferença na quantidade de gols bruto (p< 0,001) e também relativo (p< 0,001). Assim, mais gols são realizados nos fragmentos 30-45 minutos e 75-90 minutos. As equipes que participaram do Campeonato Brasileiro de Futebol 2017 realizaram mais gols nos fragmentos de tempo próximos ao intervalo e final da partida.

 

ABSTRACT 

Comparison between the numbers of goals achieved in the Brazilian football championship 2017 in game time function

The match analysis has been used to better understand the game and consequently to collaborate with the process of sports training. In view of this, since the goal is the main objective in football, it has been investigated in relation to the incidence, but it was not compared if there is a difference between the number of goals scored by the teams according to the playing time. Thus, the aim of this research was to compare the number of goals scored by the teams according to the playing time. The analysis included 20 teams that competed in the 2017 Brazilian Soccer Championship, male and professional. The total was 380 games, of the 38 rounds, in turn and return. Total goals (frequency and relative) were counted in the total game time fragments (~ 15 minutes). To compare the fragments, the Anova one-way test was used, with post hoc of Bonferroni, assuming a significance of 5%. There was a difference in the number of frequency goals (p< 0,001) and relative (p< 0,001). Therefore, more goals are scored in the 30-45 minutes and 75-90 minutes. Teams that participated in the 2017 Brazilian Football Championship had more goals in the time fragments near the interval and end of the match. 


Palavras-chave


Educação física e treinamento; Desempenho atlético; Esportes com bola; Análise de jogo

Texto completo:

PDF

Referências


-Andrade, M. T.; Espírto Santo, L. C. Relação Entre as Ações Finais que Resultam em Gols e o Mando de Campo no Campeonato Brasileiro de 2009 - Série A. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Vol. 38. Num. 4. p. 363-369. 2016.

-Baert, S.; Amez, S. No Better Moment to Score a Goal than Just Before Half Time? A Soccer Myth Statistically Tested. PLoS ONE. Vol. 13. Num. 3. p. 1-17. 2018.

-Campos, N.; Drezner, R.; Cortez, J. A. A. Análise da Ocorrência Temporal dos Gols no Campeonato Brasileiro 2011. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Vol. 38. Num. 1. p. 58-63. 2016.

-Carelli, F. G.; David, W. A. L.; Comini, L. O.; Bartole, Í. R. Incidência temporal dos gols na copa libertadores da américa. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 9. Num. 32. p. 27-31. 2017. Disponível em:

-Castañer, M.; Barreira, D.; Camerino, O.; Anguera, M. T.; Canton, A.; Hileno, R. Goal Scoring in Soccer: A Polar Coordinate Analysis of Motor Skills Used by Lionel Messi. Frontiers in Psychology. Vol. 7. p. 1-10. 2016.

-Castañer, M.; Barreira, D.; Camerino, O.; Anguera, M. T.; Fernandes, T.; Hileno, R. Mastery in Goal Scoring, T-pattern Detection, and Polar Coordinate Analysis of Motor Skills Used by Lionel Messi and Cristiano Ronaldo. Frontiers in Psychology. Vol. 8. p.1-18. 2017.

-Footstats. Central de conteúdo estatístico do futebol Brasileiro. 2018. Disponível em: acessado em 10/01/2018.

-Furley, P.; Noël, B.; Memmert, D. Attention Towards the Goalkeeper and Distraction During Penalty Shootouts in Association Football: A Retrospective Analysis of Penalty Shootouts From 1984 to 2012. Journal of Sports Sciences. Vol. 35. Num. 9. p. 873-879. 2017.

-Garganta, J. A Análise da Performance nos Jogos Desportivos: Revisão Acerca da Análise do Jogo. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto. Vol. 1. Num. 1. p. 57-64. 2001.

-Hughes, M. D.; Bartlett, R. M. The Use of Performance Indicators in Performance Analysis. Journal of Sports Sciences. Vol. 20. Num. 10. p. 739-754. 2002.

-Hughes, M.; Franks, I. Analysis of Passing Sequences, Shots and Goals in Soccer. Journal of Sports Sciences. Vol. 23. Num. 5. p. 509-514. 2005.

-Lago-Peñas, C.; Gómez-López, M. How Important is it to Score a Goal? The Influence of the Scoreline on Match Performance in Elite Soccer. Perceptual and Motor Skills. Vol. 119. Num. 3. p. 774-784. 2014.

-Leitão, R. A.; Guerreiro Junior, F. C.; Zago, L.; Moraes, A. C. Análise da Incidência de Gols por Tempo de Jogo no Campeonato Brasileiro de Futebol 2001: Estudo Comparativo Entre as Primeiras e Últimas Equipes Colocadas da Tabela de Classificação. Conexões. Vol.1. Num. 2. p. 115-224. 2003.

-Liu, H.; Gomez, M.; Lago-Peñas, C.; Sampaio, J. Match statistics related to winning in the group stage of 2014 Brazil FIFA World Cup. Journal of Sports Sciences. Vol. 33. Num. 12. p. 1205-1213. 2015.

-Müller, F.; Best, J. F.; Cañal-Bruland, R. Goalkeepers’ Reputations Bias Shot Placement in Soccer Penalties. Journal of Sport and Exercise Psychology. Vol. 40. Num. 3. p. 128-134. 2018.

-Novaes de Souza, E. L.; Farah, B. Q.; Dias, R. M. R. Tempo de Incidência dos Gols no Campeonato Brasileiro de Futebol 2008. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Vol. 34. Num. 2. p. 421-431. 2012.

-Rissati, J. P. M. Incidência temporal de gols no futebol: análise do sul-americano sub-20. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 10. Num. 36. p. 23-26. 2018. Disponível em:

-Rumpf, M.C.; Silva, J.R.; Hertzog, M.; Farooq, A.; Nassis, G. Technical and Physical Analysis of the 2014 FIFA World Cup Brazil: Winners vs. Losers. Journal of Sports Medicine and Physical Fitness. Vol. 57. Num. 10. p. 1338-1343. 2017.

-Santos, T. C. B. A Incidência de Gols na Fase Classificatória para a Copa do Mundo de 2010 na África do Sul. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 7. Num. 23. p. 67-71. 2015. Disponível em:

-Tenga, A.; Holme, I.; Ronglan, L. T.; Bahr, R. Effect of Playing Tactics on Goal Scoring in Norwegian Professional Soccer. Journal of Sports Sciences. Vol. 28. Num. 3. p. 237-244. 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBFF - Revista Brasileira de Futsal e Futebol

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Antonio Coppi Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui