Padrões de trocas de treinadores de futebol no Campeonato Brasileiro de Futebol Série A 2016

Juan Wipel, Heitor Luiz Furtado, Cahuane Corrêa, Leonardo Gomes

Resumo


A presente pesquisa tem como principal objetivo identificar o padrão das trocas de treinadores na série A do Campeonato Brasileiro 2016. Trata-se de um estudo descritivo/exploratório, na qual foram inseridas todas as equipes participantes do Campeonato Brasileiro de Futebol Série A 2016. Foram analisadas ao todo 38 rodadas, nas quais as informações foram coletadas rodada por rodada diretamente de portais eletrônicos, pelos sites dos clubes e anexados em Plataforma Eletrônica Excel. Os resultados encontrados mostram que, houve 36 trocas de treinadores em 38 rodadas (contando com técnicos interinos e que pediram demissão), apontando quase uma troca por rodada. Na maioria das vezes, a demissão foi efetivada pelo baixo aproveitamento das equipes durante as rodadas. Apenas três equipes não demitiram seus treinadores ao longo da competição, o que aponta para uma alta rotatividade, culminando em uma intensa instabilidade no cargo. Os dados apresentados denotam para a complexidade de análise deste objeto, na medida que vários fatores podem contribuir para tais acontecimentos, desde questões que afetam os resultados propriamente ditos, perpassando por questões políticas, relações com a torcida e até mesmo com a imprensa.

 

ABSTRACT 

Patterns of exchanges of soccer coaches in the Brazilian Football Championship Series A 2016

The present research has as main objective to identify the pattern of the exchanges of trainers in the series A of the Brazilian Championship 2016. It is a descriptive / exploratory study, in which all the teams participating in the Brazilian Football Championship Series A 2016 were inserted. analyzed in all 38 rounds, in which the information was collected round by round directly from electronic portals, by the websites of the clubs and attached in Excel Electronic Platform. The results show that there were 36 coaches exchanges in 38 rounds (counting on interim coaches and who resigned), pointing out almost one exchange per round. Most of the time, the dismissal was effected by the low use of the teams during the rounds. Only three teams have not fired their coaches throughout the competition, which points to high turnover, culminating in intense job instability. The data presented denote the complexity of the analysis of this object, as several factors can contribute to such events, from issues that affect the results themselves, through political issues, relations with the fans and even with the press.


Palavras-chave


Futebol; Treinadores; Demissão; Aproveitamento

Texto completo:

PDF

Referências


-Ayomide, A. Epl club managers that were fired in the 2015/2016 season. 2016. Disponível em: . Acesso em: 08 jul. 2017.

-Costa, I. T.; Samulski, D. M. O perfil de liderança dos treinadores de futebol do Campeonato Brasileiro Série A/2005. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. Vol. 20. Num. 3. p. 175-184, 2006.

-Costa, I. T.; Samulski, D. M.; Da Costa, V. T. Análise do perfil de liderança dos treinadores das categorias de base do futebol brasileiro. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. Vol. 23. Num. 3. p. 185-194. 2009.

-Fernandes, J. C. P.; Moura, D. L.; Antunes, M. M.; Lima, R. L. Uma análise do perfil dos treinadores ex-atletas. Esporte e Sociedade, Campinas, set. 2013.

-Gil, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas; 1999.

-Marturelli Junior, M. A organização do trabalho de treinadores de futebol: estratégias de ação e produtividade de equipes profissionais. 2002. 102 f. Tese (Mestrado), Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2002.

-Rede Globo de Televisão. Profissão Treinador. Rio de Janeiro: 2017.

-Talamoni, G. A.; Oliveira, F. I. Da S.; Hunger, D. As configurações do futebol brasileiro: análise da trajetória de um treinador. Movimento, Porto Alegre. Vol. 19. Num. 1. p. 73-93. 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBFF - Revista Brasileira de Futsal e Futebol

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Antonio Coppi Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui