A opinião de jovens futebolistas sobre o envolvimento parental na sua prática desportiva

João Serrano, Paulo Silveira, Miguel Lucas, Samuel Honório

Resumo


Objetivo: conhecer a opinião das crianças sobre o envolvimento parental. Metodologia: A amostra é constituída por 203 crianças praticantes de futebol, entre os escalões de infantis e iniciados. O instrumento utilizado foi o questionário adaptado do “Parental Involvement Sport Questionnaire” de Lee e Mclean (1997). Resultados: Na opinião das crianças há um grande envolvimento dos mesmos na prática desportiva dos filhos. Conclusões: estudo demonstrou que há diferenças na influência e intervenção e no incentivo e preocupação dos pais na prática desportiva dos filhos, entre os infantis e iniciados. Há também diferenças no incentivo e preocupação dos pais na prática desportiva dos filhos e no espírito desportivo, entre os pais que têm habilitações literárias altas e baixas. Há ainda diferenças na influência e intervenção dos pais na prática desportiva dos filhos e no incentivo e preocupação com essa prática, entre os pais com e sem prática desportiva.

 

ABSTRACT

Objective: To know the opinion of children on parental involvement. Methods: The sample consists of 203 children soccer players, among the “under 8” and “under 10” levels. The instrument used was an adapted questionnaire of "Parental Involvement Sport Questionnaire" from Lee and Mclean (1997). Results: In children’s opinion there is a large parental involvement in their activity. Conclusions: the study demonstrated that there are differences in influence and intervention and encouragement and concern of parents in children sports, among these levels. There are also differences in the encouragement and concern of parents in sports of children and sportsmanship among parents who have high and low educational levels. There are still differences in the influence and involvement of parents in the sports of children and the encouragement and concern with this practice, among parents with and without sports.

Palavras-chave


Envolvimento Parental; Prática Desportiva; Futebol

Texto completo:

PDF (Português (Portugal))

Referências


-Aroni, A. Motivação e Percepção do Envolvimento Parental na Prática Desportiva de Jovens Nadadores. Dissertação de Mestrado, Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Departamento de Educação Física e Desporto, Lisboa, Portugal. 2011.

-Balli, S.; Demo, D.; Wedman, J. Family involvement with children’s homework: Na intervention in the middle grades. Family Relations. Vol. 47. Num. 2. p.149-157. 1998.

-Bloom, B. Developing talent in young people. New York: Ballantine Books. 1985.

-Byrne, T. Sport: It’s a family affair. In M. Lee (Ed.). Coaching children in sport: Principles and Practice. London: Spon. 1993.

-Cárdenas, N. A motivação como fator psicológico essencial para a eficiência da prática esportiva. 2006. Recuperado em 8 de maio, 2012, de http://www.docstoc.com/docs/892401/motivacao-esportiva.

-Carr, S.; Weigand, D.; Jones, J. The relative influence of parents, peers, and sporting heroes on goal orientations of children and adolescents in sport. Journal Sport Pedagogy. Vol. 6. p.34-55. 2000.

-Côté, J. The influence of the family in the development of talent in sports. The Sports Psychologist. Vol. 13. p.395-417. 1999.

-Côté, J.; Hay, J. Family influences on youth sport performance and participation. In J. Silva & D. Stevens (Eds.), Psychological foundations of sport, (pp. 503-519). Boston, MA: Allyn and Bacon. 2002

-Cronbach, J. Coefficient alpha and the internal structure of tests. Psychometrika. Vol. 16. Num. 3. p.297-334. 1951

-Darido, C. A Educação Física, a formação do cidadão e os parâmetros curriculares nacionais. Rev. Paul. Educ. Fís. 2001.

-Filueira, M.; Schwartz, M. Torcida familiar: a complexidade das inter-relações na iniciação desportiva ao futebol. Rev. Port. Cien. Desp. Vol. 7. Num. 2. p.245-253. 2007.

-Harwood, C.; Swain, A. The development and activation of achievement goal within tennis: II. A player, parent, and coach intervention. The Sport Psychologist. Vol. 16. p.111-137. 2002.

-Hellstedt, J. C. Early adolescent perceptions of parental pressure in the sport environment. Journal of Sport Behavior. Vol. 13. p.135-144. 1990.

-Latorre, D. Influencia de la familia en el deporte escolar. Revista Educacion Fisica y Deporte. p.40-47. 2001.

-Lee, M. J.; MacLean, S. Sources of parental pressure among age group swimmers. European Journal of Physical Education. Vol. 2. p.167-177. 1997.

-Machado, A. Psicologia do esporte - temas emergentes. Jundiaí (Brasil): Ápice. 1997.

-Régnier, G.; Salmela, J.; Russel, J. Talent detection and development in sport. In R. N. Singer, M. Murphey, Tennaue (Ed.). Handbook of research in sport psychology (pp. 290-313). New York: MacMilla. 1997.

-Reilly, T.; Williams, M.; Nevill, A.; Franks, A. A multidisciplinary approach to talent identification in soccer. Journal Sports Science, 19, 695-702. 2000.

-Salmela, J.; Moraes, L. Coaching expertise, families and cultural contexts. In L. Starkes, & K.A. Ericsson (Ed.). Expert performance in sport: Advances in research on sport expertise (pp. 275-396). Champaign: Human Kinetics. 2003.

-Salmela, J.; Young, B.; Kallio, J. Within-career transitions of the athlete-coach-parent triad. In D. Lavallee, P. Wylleman (Ed.). Career transitions in sport: International perspectives (pp. 181-193). Morgantown: FIT. 2000.

-Serrano, J. Estudo do nível de independência de mobilidade e da atividade física nas rotinas de vida quotidiana em crianças de 8,10 e 12 anos de idade no meio urbano. Dissertação apresentada com vista à obtenção do grau de Doutor em Motricidade Humana na especialidade de Ciências da Motricidade. UTL-FMH. 2001.

-Simões, C.; Böhme, S.; Lucato, S. A participação dos pais na vida esportiva dos filhos. Revista Paulista de Educação Física. Vol. 13. Num. 1. p.34-45. 1999.

-Teques, P. Envolvimento Parental no Futebol. Dissertação de mestrado em psicologia do desporto, Faculdade de Motricidade Humana, Lisboa. 1999.

-Todt, S. Em busca do espírito olímpico: maturação biológica e iniciação desportiva no minibasquetebol. Universidad y Estudios Olímpicos: Seminarios España-Brasil 1 ed. Barcelona: Centre d'Estudis Olímpics UAB. Vol. 1. p.261-270. 2007.

-Torregrosa, M.; Cruz, J.; Sousa, C.; Viladrich, C.; Villamarín F.; Garcia-Mas, A.; Palou, P. La influencia de padres y madres en el compromiso deportivo de futebolistas jóvenes. Revista Latinoamericana de Psicología. Vol. 39. Num. 2. p.227-237. 2007.

-Vallerand, R.; Rousseau, F. Intrinsic and extrinsic motivation in sport and exercise A review using the hierarchical model of intrinsic and extrinsic motivation. In R Singer, H. Hausenblas, & C. Janelle (Eds.), Handbook of sport psychology (2nd Ed. (pp. 389-416). New York: John Wiley. 2001.

-Vilani, P.; Samulski, M. Família e Esporte: uma revisão sobre a influência dos pais na carreira esportiva de crianças e adolescentes. In E. Silami Garcia, Lemos (Eds.). Temas Atuais VII: Educação Física e Esportes (pp. 09-26), Belo Horizonte: Editora Health. 2001.

-Walker, J.; Wilkins, A.; Dallaire, J.; Sandler, H.; Hoover-Dempsey, K. Parental involvement: Model revision through scale development. Elementary School Journal. Vol. 106. Num. 2. p.85-105. 2001.

-Weiss, M. R.; Hayashi, C. T. All in family: Parent Child influences in competitive youth gymnastics. Pediatric Exercise Science, Springfield. Vol. 7. Num. 1. p.3648. 1995.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBFF - Revista Brasileira de Futsal e Futebol

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Antonio Coppi Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui