Identidade antropométrica de futebolistas da categoria de base (Sub-17) de Chapecó-SC

Rafael Cunha Laux, Daniela Zanini

Resumo


O objetivo analisar o perfil antropométrico dos futebolistas da categoria de base sub-17 da Associação Chapecoense de Futebol, no ano de 2014. A amostra envolveu 23 atletas profissionais de futebol de campo sub-17 do sexo masculino com idade média de 16,52 ± 0,51 anos, da ACF no ano de 2014, sendo que toda a população fez parte do estudo. As variáveis antropométricas analisadas foram a massa corporal, estatura, dobras cutâneas e diâmetros ósseos. O percentual de gordura foi estimado através da equação de Slaughter e colaboradores (1988). Os resultados apontam que os valores médios da composição corporal foram: Índice de Massa Corporal de 22,43 ± 171 Kg/m²; percentual de gordura de 11,26 ± 4,44 %; massa gorda de 8,11 ± 3,81 Kg; massa muscular de 32,33 ± 3,90 Kg; massa residual de 16,85 ± 1,84 Kg; e massa óssea de 12,61 ± 1,14. Na comparação entre as posições em campo evidencia-se que os jogadores da posição de goleiro têm o maior IMC, massa muscular e massa residual. Os zagueiros apresentam os maiores percentuais de gordura, massa gorda e massa óssea. Já os jogadores da posição de meio campo demostram os menores valores de IMC, percentual de gordura, massa gorda, massa muscular e massa residual. O lateral apresentou o menor valor de massa óssea da amostra. Conclui-se que cada jogador em campo apresenta diferenças nas características da composição corporal, resultante de suas atividades específicas.

 

ABSTRACT 

Anthropometric identity of footbalers in the youth team U-17 of Chapecó-SC

This study aimed to analyze the anthropometric profile of youth yeam footballers U-17 at Associação Chapecoense de Futebol, in 2014.The sample involved 23 male professional athletes of Football U-17 with a mean age of 16.52 ± 0.51 years, from ACF in 2014, all the population was part of the study. The anthropometric variables analyzed were body weight, height, skinfolds and bone diameters. The percentage of fat was estimated using the equation of Slaughter et al. (1988). The results show that the mean values of body composition were: Body Mass Index (BMI) of 22.43 ± 171 kg / m²; fat percentage of 11.26 ± 4.44%; fat mass of 8.11 ± 3.81 kg; muscle mass 32.33 ± 3.90 kg; residual mass of 16.85 ± 1.84 kg; bone mass and 12.61 ± 1.14.Comparing the positions on the field evidence was found that the players of goalkeeper position have the highest BMI, muscle mass and residual mass. Defenders have the highest percentages of fat, fat mass and bone mass. On the other hand the midfielders demonstrate the lowest BMI, fat percentage, fat mass, muscle mass and residual mass. The side had the lowest amount of bone mass of the sample. It is concluded that each player has different characteristics of body composition resulting from their specific activities.


Palavras-chave


Futebol; Antropometria; Composição Corporal; Desempenho Atlético

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBFF - Revista Brasileira de Futsal e Futebol

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Antonio Coppi Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui