Indicadores antropométricos e maturacionais, sua associação à aptidão física e às habilidades técnicas em jovens futebolistas moçambicanos

  • Jeremias Deolinda Venâncio Mahique Faculdade de Educação Física e Desporto da Universidade Pedagógica de Maputo, Maputo, Moçambique.
  • Júlio Brugnara Mello Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Brasil.
  • Luis Rodríguez de Vera Mouliaá Faculdade de Educação Física e Desporto da Universidade Pedagógica de Maputo, Maputo, Moçambique.
  • Ytalo Mota Soares Departamento de Educação Física da Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, Paraíba, Brasil.
  • Adrolado Cezar Araújo Gaya Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Brasil.
  • Sílvio Pedro José Saranga Faculdade de Educação Física e Desporto da Universidade Pedagógica de Maputo, Maputo, Moçambique.
Palavras-chave: Crescimento, Maturação, Jovens Futebolistas

Resumo

Introdução: No processo de preparação esportiva dos jovens futebolistas, há uma multiplicidade de fatores determinantes do sucesso ao mais alto nível competitivo o que torna complexa a análise do seu desempenho. Objetivo: Verificar a associação entre os indicadores do crescimento somático, composição corporal e maturação biológica com a funcionalidade e habilidades específicas dos jovens futebolistas moçambicanos. Materiais e Métodos: Participaram 62 futebolistas do sexo masculino com idades mínima 12 e máxima 15 anos. Indicadores somáticos: estatura, massa corporal, perímetros protocolo Lohman e Maturação sexual Tanner. Funcionalidade: Salto sem contramovimento e salto com contramovimento protocolo de Bosco, Yo-Yo  test nível 1 (YY-IE1) protocolo Krustrup; força e resistência abdominal, velocidade de deslocamento 20 metros, agilidade protocolo PROESP. Habilidades especificas protocolo de Kiekendall e FPF. Análise estatística utilizada foi a estatística descritiva i.e média e desvio padrão, a aderência à normalidade foi pelo teste Komolgorov-Smirnov. A análise de regressão múltipla foi usada para estudar a associação entre as variáveis. Resultados: As variáveis Estatura, Massa Corporal, maturação biológica e idade de Inicio da Pratica foram as que se revelaram preditoras. Conclusão: Das associações observadas nos diferentes indicadores estudados, destacam-se as variáveis do crescimento onde, a maturação biológica, foi o principal preditor do desempenho da aptidão funcional, seguido ademais pela influência da estatura, da massa corporal e dos perímetros. Nos indicadores das habilidades específicas, a precisão do chute foi o único preditor das características sócio desportiva em futebol.

Referências

-Buchheit, M.; Mendez-Villanueva, A. Effects of age, maturity and body dimensions on match running performance in highly trained under-15 soccer players. Journal of Sports Sciences. Vol. 32. Núm. 13. p. 1271-1278. 2014.

-Feltrin, Y.; Machado, D.R.L. Habilidade técnica e aptidão física de jovens futebolistas. Rev Bras Futebol. Vol. 02. Núm. 1. p. 45-59. 2009.

-Figueiredo, A. J.; Coelho E Silva M. J.; Malina R. M. Predictors of functional capacity and skill in youth soccer players. Scand J Med Sci Sports. Vol. 21. Núm. 3. p. 446-454. 2011.

-Kunrath, C. A.; Gonçalves, E.; Teoldo.; Assis Marques Barbosa, M. Maturação somática e aptidão física em jovens jogadores de futebol. Rev Andal Med Deporte. Vol.10 Núm. 4. p. 187-191. 2017.

-Le Gall, F.L.; Carling, C.; Williams, M.; Reilly, T. Anthropometric and fitness characteristics of international, professional and amateur male graduate soccer players from an elite youth academy. Journal of Science and Medicine in Sport. Vol. 13. Núm. 1. p. 90-95. 2010.

-Lloyd, R.; Oliver, J.; Radnor, J. M.; Rhodes, B. C. Relationships between functional movement screen scores, maturation and physical performance in young soccer players. J Sports Sci. Vol. 33. Núm. 1. p. 1-9. 2014.

-Malina, R. M.; Bouchard, C. Atividade física do atleta jovem: do crescimento à maturação. São Paulo. Roca. 2002.

-Malina, R. M.; Bouchard, C.; Bar-Or, O. Crescimento, Maturação e Actividade Física. 2ª edição. São Paulo. Phorte. 2009.

-Malina, R. M.; Cumming, S.; Kontos.; Eisenmann. Maturity-associated variation in sport-specific skills of youth soccer players aged 13-15 years. Journal of Sports Sciences. Vol. 23. Núm. 5. p. 515-522. 2005.

-Malina, R. M.; Eisenmann, J. C.; Cumming, S.; Ribeiro, B. Maturity-associated variation in the growth and functional capacities of youth footbal (soccer) players 13-15 years. European Journal Applied Physiology. Vol. 91. Núm. p. 555-562. 2004.

-Malina, R. M.; Peña Reyes, M. E.; Eisenmann, J. C Height, mass and skeletal maturity of elite Portuguese soccer players age 11-16 years. Journal of Sports Science. Vol. 18. Núm. 9. p.685-693. 2000.

-Malina, R. M.; Ribeiro. B.; Aroso, J.; Cumming, S. P. Characteristics of youth soccer players aged 13-15 years classified by skill level. Br J Sports Med. Vol. 41. Núm. 5. p. 290-295. 2007.

-Matta, M. O.; Figueiredo, A. J. B.; Garcia, E.S.G.; Seabra, A. F. T. Crescimento, maturação biológica e aptidão física e técnica de jovens futebolistas: Uma revisão das características do jovem futebolista. Rev. Bras. Futebol. Vol. 6. Núm. 1. p. 85-99. 2013.

-Matta, M. O.; Figueiredo, A. J. B.; Garcia, E. S.G.; Seabra, A. F. T. Morphological and maturational predictors of technical performance in young soccer players. Motriz. Vol. 20. Núm. 3. p. 280-285. 2014.

-Menegassi, V.; Borges, P.; Jaime, M.; Magossi, M. A., Antonio, L.; Rinaldi, W. R. Os indicadores de crescimento somático são preditores das capacidades físicas em jovens futebolistas? R. bras. Ci, e Mov. Vol. 25. Núm. 1. p. 5-12. 2017.

-Perroni, F.; Vetrano, M.; Rainoldi, A.; Guidetti, L. Relationship among explosive power, body fat, fat free mass and pubertal development in youth soccer players: A preliminary study. Sport Sci Health. Vol. 10. Núm. 2. p. 67-73. 2014.

-Rabelo, F. N.; Pasquarelli, B. N.; Matzenbacher, F.; Campos, F. A.; Osiecki, R.; Dourado, A. C.; Stanganelli, L. C. Efeito da idade relativa nas categorias do futebol brasileiro: critérios de selecção ou uma tendência populacional? Rev Bras de Ciênc Esporte. Vol. 38. Núm. 4. p. 370-375. 2016.

-Salsburg, D. Uma senhora toma chá… Como a estatística revolucionou a ciência no século XX. Rio de Janeiro. Zahar. 2009.

-Tani, G. Comportamento Motor. Aprendizagem e Desenvolvimento. Guanabara Koogan. 2005.

Publicado
2022-03-24
Como Citar
Mahique, J. D. V., Mello, J. B., Mouliaá, L. R. de V., Soares, Y. M., Gaya, A. C. A., & Saranga, S. P. J. (2022). Indicadores antropométricos e maturacionais, sua associação à aptidão física e às habilidades técnicas em jovens futebolistas moçambicanos. RBFF - Revista Brasileira De Futsal E Futebol, 13(54), 469-476. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1156
Seção
Artigos Cientí­ficos - Original

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##