Análise das habilidades motoras em crianças da categoria sub-11 de uma escolinha de futebol

  • Priscila Cardoso Faculdade do Vale de Araranguaia, Brasil.
Palavras-chave: Futebol, Criança, Destreza Motora

Resumo

Introdução e objetivo: A avaliação das habilidades motoras é um recurso que possibilita obter dados de uma população específica que podem se tornar decisões válidas sobre seu desenvolvimento motor. Analisar as habilidades motoras permite melhorar habilidades necessárias para prática do futebol. O objetivo do estudo foi verificar os níveis de habilidades motoras de crianças de uma escolinha de futebol. Materiais e métodos: A pesquisa se caracterizou como uma pesquisa do tipo transversal de caráter descritiva e abordagem quantitativa. Sendo a amostra 19 meninos da categoria sub 11 de uma escolinha de futebol, que foram avaliados através de um instrumento composto por testes de habilidades de locomoção e manipulação através do TGMD-2 que foi preenchido com um questionário, além da anamnese para variáveis do estudo. Para comparação entre grupos foi utilizado o teste qui-quadrado de Pearson e para as variáveis, foi utilizado o teste t de Student, U de Mann-Whitney e o teste de variância de via (ANOVA), e a análise dos dados foi realizada por meio do software SPSS® versão 22 para Windows®, adotando um nível de significância de p<0,05. Resultados: Classificação em nível médio para quoficiente motor grosso das crianças, apresentando uma menor eficiência nas habilidades de manipulação. Discussão: O futebol pouco atua na questão de controle de objetos manipulativos, exceto o goleiro. Estudos semelhantes identificaram uma diferença significativa para habilidades manipulativas em comparação com locomotivas. Conclusão: Ao analisar os resultados, se faz necessário desenvolver práticas globais de habilidades motoras grossas além das específicas da modalidade.

Referências

-Bandeira, P. F. R.; Zanella, L. W.; Nobre, G. C.; Sousa, F. C. S.; Valentini, N. C. Desempenho Motor, Nível Socioeconômico, Índice de Massa Corporal e Sexo em crianças: estudo comparativo e associativo. Motricidade. Vol.12. 2015. p.54-61.

-Brasil. Ministério da Saúde. BVS Atenção Primária em Saúde. 2020. Disponível em: https://aps.bvs.br/apps/calculadoras/index.php?page=7. Acesso em 01/10/2020.

-Coelho, B. H.; Lavorato, V. N.; Carvalho, F. M.; Silva, D. C. Avaliação da técnica de futebolistas da categoria sub-15 em diferentes ambientes de prática. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol.10 Num.40. 2018. p.572-576.

-Feltrin, Y. R.; Machado, D. R. L. Habilidade técnica e aptidão física de jovens futebolistas. Revista Brasileira de Futebol. Vol.2. Num. 1. 2009. p. 45-59.

-Gallahue, D. L.; Ozmun, J. C.; Goodway, J. D. Compreendendo o desenvolvimento motor: bebês, crianças, adolescentes e adultos. 7ª edição. Artmed. 2013.

-Jukic, I.; Prnjak, K.; Zoellner, A.; Tufano, J. J.; Sekulic, D.; Salaj S. The Importance of Fundamental Motor Skills in Identifying Differences in Performance Levels of U10 Soccer Players. Sports. Vol. 7. Num. 7. 2019. p.178.

-Kokstejn, J.; Musalek, M.; Wolanski, P.; Murawska-Cialowicz, E.; Stastny, P. Fundamental motor skills mediate the relationship between physical fitness and soccer-specific motor skills in young soccer players. Frontiers in Physiology. Vol. 28. Num.10. 2019. p. 1-9.

-Lakatos, E. M; Marconi, M. A. Fundamentos da metodologia científica. 7ª edição. São Paulo. Atlas. 2010.

-Magella, L. F. S.; Vieira, P. A. F.; Pereira, P. M. L.; Prote, K. S. Avaliação do consumo alimentar de futebolistas integrantes do projeto nuftuf da Universidade Federal de Juiz de Fora. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol.1. Num.42. 2019. p. 8-13.

-Nascimento, J. J. R. A.; Gaion, P. A.; Vieira, L. F. Análise das habilidades motoras fundamentais de crianças praticantes de futebol em função do tempo de prática. Revista Digital EF Deportes. Buenos Aires. Num. 148. 2010.

-Neto, A. T.; Abreu, C.; Liberali, R.; Almeida, R. Análise da coordenação motora de uma equipe sub-11 de futebol de campo em Florianópolis. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 2. Num. 4. 2010.

-Prado, R. C. R.; Silveira, R.; Augusto, R.; Asano, R. Y.; Mascarenhas, J. L. Avaliação da influência do tempo de prática do Futebol sobre o desempenho motor de crianças. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 12. Num. 47. 2020. p. 39-45.

-Rodrigues, V. C. J.; Oliveira, A. P. O.; Ozawa, C. H.; Chang, M.; Camargo, M. K.; NACIF, M. Perfil nutricional de jogadores mirins de futebol. Revista digital EF Deportes. Buenos Aires. Num. 143. 2010.

-Sachetti, B.; Guimarães, C. E.; Oliveira, A. C. P. Habilidades motoras de praticantes e não praticantes de futebol. Revista Digital EF Deportes. Buenos Aires. Num. 184. 2013.

-Silva, S. A. Bateria de testes para medir a coordenação com bola de crianças jovens. Tese de Doutorado. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre. 2010.

-Thomas, J.R.; Nelson, J.K. Métodos de pesquisa em atividade física. Porto Alegre. Artmed. 2002.

-Ulrich, D. A. Test of gross motor development. 2nd ed. Austin. TX: Pro-Ed. 2000.

Publicado
2023-02-26
Como Citar
Cardoso, P. (2023). Análise das habilidades motoras em crianças da categoria sub-11 de uma escolinha de futebol. RBFF - Revista Brasileira De Futsal E Futebol, 14(60), 522-530. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1106
Seção
Artigos Cientí­ficos - Original