Desempenho de habilidades técnicas entre estudantes adolescentes de diferentes sexos no futsal

  • Frederico Deponti Brasil Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, Santiago, Rio Grande do Sul, Brasil.
  • Laryssa Freitas Piecha Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, Santiago, Rio Grande do Sul, Brasil.
  • Milena Tolfo Tadielo Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, Santiago, Rio Grande do Sul, Brasil.
  • Pedro Mendes Chaves Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, Santiago, Rio Grande do Sul, Brasil.
  • Marcos Franken Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, Santiago, Rio Grande do Sul, Brasil; Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.
Palavras-chave: Escolares, Fundamentos Técnicos, Futsal, Educação Física

Resumo

O desempenho de fundamentos técnicos e o tempo de prática dos alunos do futsal podem interferir no nível de aprendizado entre os sexos de adolescentes no ensino fundamental. O objetivo foi comparar o desempenho de fundamentos técnicos e o tempo de prática entre os sexos de adolescentes no futsal. 22 adolescentes (11 meninos e 11 meninas) da faixa etária de 12 a 15 anos, foram divididos em dois grupos do sexo feminino (G1) e do sexo masculino (G2). Os grupos foram avaliados pelo teste Skills. Foram obtidas a idade, massa corporal, estatura, condução de bola, domínio de bola, precisão do chute e precisão de passe. Comparações das variáveis, entre os grupos, foram realizadas com o Teste t de Student para amostras independentes (paramétricos) e com o Teste de U de Mann-Whitney (não-paramétricos) e o nível de significância adotado foi de 5%. Foram identificadas diferenças significativas entre os grupos G1 e G2 apenas na condução (G1=21,0 ± 4,6 s; G2=15,6 ± 3,4 s, p<0,05) e no passe com o pé esquerdo (G1=6,2 ± 4,7 acertos; G2=10,2 ± 4,2 acertos, p<0,05). Foram encontrados valores similares entre os grupos na idade, massa corporal, estatura, tempo de prática, domínio 1,95m, domínio 3,05m, chute e passe com o pé direito (p>0,05). Portanto, o desempenho é maior em adolescentes do sexo masculino apenas nas variáveis de velocidade da condução de bola e na precisão do passe com o pé esquerdo quando comparadas as do sexo feminino no ensino fundamental.

Referências

-Andrade, V. L.; Vieira, L. H. P.; Bedo, B. L. S.; Macari, R.; Mariano, F. P.; Noda, C. T.; Santiago, P. R. P. Velocidade da bola no chute no futsal: comparação entre garotos com diferentes níveis de desempenho e correlação de variáveis preditoras do desempenho. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. Vol. 29. Núm. 3. p. 371-81. 2015.

-Aguirre, P. F.; Chaves, P. M.; Franken, M. Comparação do desempenho de fundamentos técnicos em crianças de diferentes faixas etárias no futsal. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 11. Núm. 42. p. 105-110. 2019.

-Barbieri, F. A.; Moura, F. A.; Júnior, R. L.; Wisiak, M.; Santiago, P. R. P.; Tatiane, T.; Cunha, S. A. Padrão Cinemático do Membro de Suporte no Chute Realizado com os Membros Dominante e não Dominante no Futsal. Lecturas Educación Física y Deportes. Vol. 10. Núm. 91. 2005.

-Barbieri, F. A.; Gobbi, L. T. B. Assimetrias laterais no movimento de chute e rendimento no futebol e no futsal. Motricidade. Vol. 5. Núm. 2. p. 33-47. 2009.

-Barbieri, F. A.; Santiago, P. R.; Gobbi, L. T.; Cunha, S. A. Análise Cinemática da Variabilidade do Membro de Suporte Dominante e não Dominante Durante o Chute no Futsal. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto. Vol. 8. Núm.1. p. 68-76. 2008.

-Correia, T. A. S.; Netto, J. E. S.; Motivos para a prática esportiva e fatores associados. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte. Vol. 11. Núm. 2. p. 82-95. 2012.

-Cruz, R. A. R. S.; Vespasiano, B. S.; Oliveira, R. M.; Pellegrinotti, I. L. Quantificação dos aspectos técnicos de uma equipe de futsal durante uma competição oficial. Revista Acta Brasileira do Movimento Humano. Vol. 3. Núm. 4. p. 57-67. 2013.

-Daronco, L. S. E.; Flôres, F. S. Fundamentos técnicos: a base do futsal. Lecturas: Educación Física y Deportes. Vol. 16. Núm. 163. 2011.

-Garganta, J. Para uma teoria dos jogos desportivos coletivos. 1995.

-Garganta, J.; Amaral, R. A modelação do jogo em futsal. Análise sequencial do 1X1 no processo ofensivo. Revista Portuguesa de Ciência do Desporto. Vol. 5. Núm. 3. p. 298-310. 2005.

-Gaya, A.; Silva, G. Projeto Esporte Brasil. Manual de Aplicação de Medidas e Testes, Normas e Critérios de Avaliação. PROESPBR. Porto Alegre. 2007.

-Guia, N.; Ferreira, N.; Peixoto, C. A eficácia do processo ofensivo em futebol. O incremento do rendimento técnico-táctico. Lecturas: Educación Física y Deportes. Vol. 10. Núm. 79. 2004.

-Kroger, C.; Roth, K. Escola da bola - um ABC para iniciantes nos jogos esportivos. Phorte. 2002.

-Oliveira, S. R. S.; Junior, H. S.; Mansano, M. M.; Simões, A. C. Futebol feminino de competição: uma análise das tendências do comportamento das mulheres/atletas em competir, vencer e estabelecer metas. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. Vol. 20. Núm. 3. p. 209-18. 2006.

-Oliveira, A. J. F.; Silva, J. C. G.; Neto, G. R.; Llarena, M. P. C.; Santos, R. W.; Sousa, M. S. C.; Batista, G. R. Ações técnicas e emocionais em jogadores escolares de futsal. Coleção Pesquisa em Educação Física. Vol. 14. Núm. 3. p. 15-22. 2015.

-Pittoli, T. E. M. Scout no futsal: o que os números mostram sobre o jogo. Trabalho de Conclusão de Curso. Rio Claro. 2008.

-Ré, A. H. N. Desempenho de adolescentes no futsal: relações com medidas antropométricas, motoras e tempo de prática. Tese de Doutorado. Escola de Educação Física e Esporte. Universidade de São Paulo. São Paulo. 2007.

-Reilly, T.; Gilbourne, D. Science and footbal: a review of applied research in the football codes. Journal of Sports Sciences. Vol. 21. p. 693-705. 2003.

-Ricken, M. A.; Vandressen, A. M.; Medeiros, R. O.; Liberali, R.; Almeida, R. Comparação das habilidades específicas no futsal entre gêneros participantes da categoria sub-15 de uma cidade do sul de Santa Catarina. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 2. Núm. 6. p. 156-162. 2010.

-Silva, J. B. Comparação da performance motora e técnica entre equipes de futsal de escolas da rede pública e privada. TCC. UEPG. 2010.

-Voser, R. C.; Giusti, J. G. O. Futsal e a Escola: Uma Perspectiva Pedagógica. Porto Alegre. Artmed. 2002.

Publicado
2022-03-24
Como Citar
Brasil, F. D., Piecha, L. F., Tadielo, M. T., Chaves, P. M., & Franken, M. (2022). Desempenho de habilidades técnicas entre estudantes adolescentes de diferentes sexos no futsal. RBFF - Revista Brasileira De Futsal E Futebol, 13(54), 402-409. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1077
Seção
Artigos Cientí­ficos - Original