A origem dos gols em jogos de futsal feminino durante os jogos abertos de Santa Catarina 2019

  • Emerson Antonio Brancher Universidade Regional de Blumenau-FURB, Blumenau, Santa Catarina, Brasil.
  • Gustavo Eduardo Leite Universidade Regional de Blumenau-FURB, Blumenau, Santa Catarina, Brasil.
  • Nubia Nara Slomp Universidade Regional de Blumenau-FURB, Blumenau, Santa Catarina, Brasil.
Palavras-chave: Futsal feminino, Gols, Ataque posicional, Transição ofensiva, Bola parada

Resumo

O futsal feminino é uma modalidade muito recente e atualmente o Brasil possui as potências mundiais da modalidade e com isto se torna importante estudos que indiquem a origem dos gols em jogos de futsal para melhorar a compreensão da ação técnica/tática mais importante durante uma partida. Este estudo teve como objetivo analisar a origem dos gols em jogos de futsal feminino ocorridos durante a realização dos 59º Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC) no ano de 2019. No total foram jogadas e analisadas 32 partidas divididas em fase de grupos e finais. O instrumento de coleta de dados foi um Scout adaptado de Brancher (2019) com a finalidade de identificar a jogada de origem do gol (ataque posicional, transição ofensiva ou bola parada), bem como o número de escanteios, faltas, reposições de bolas realizadas pelo goleiro e laterais ocorridos durante o jogo e com seus respectivos locais da quadra. Nos resultados observa-se que as jogadas de ataque posicional obtiveram a maior incidência na origem dos gols (60,26%), seguidos por transição ofensiva (21,85%) e bola parada (17,89%). Observamos que houve um desequilí­brio de gols entre as ações, no qual o ataque posicional obteve um resultado muito maior do que a transição ofensiva e bolas paradas. Percebemos que as ações de bola parada são importantes, muitas delas ensaiadas, para a origem de gols e jogadas estratégicas durante a competição. Este estudo tem grande importância para melhorar o planejamento dos treinamentos, tornando-os mais especí­ficos e mais eficazes.

Referências

-Araújo, A. L. S.; Moreira, N. L.; Moura, H. B.; Damasceno, V. de O. Análise dos gols de equipes da categoria sub-15 em partidas de um torneio regional de futsal. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 7. Núm. 23. p.42-46. 2015. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/317

-Bezerra, R. B.; Navarro, A. C. Análise dos gols da VI Taça Brasil de Clubes 2010 na categoria sub-20 feminino. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 4. Núm. 11. 2012. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/124

-Brancher, E.A. Fundamentos técnicos e táticos do futsal. Imbituba. Livro postal. 2019.

-Amaral, R.; Garganta, J. A modelação do jogo em Futsal. Análise sequencial do 1x1 no processo ofensivo. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto. Vol. 3. p.298-310. 2005.

-Costa, J. E.; Dias, N.; Oliveira, E. A.; Aburachid, L. C.; Grunennvaldt, J. T. A mulher em quadra: evidências contemporâneas do contato inicial com futsal. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 10. Núm. 41. p.694-702. 2019. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/665.

-Fukuda, J. P. S.; Santana, W. C. Análises dos gols em jogos da Liga de Futsal 2011. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 4. Núm. 11. p.62-66. 2012. Disponível em: http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/125/124.

-Giani, G.; Soares, G. F.; Silva, S. A. Análise dos parâmetros técnico-tático dos gols da Liga Espanhola de Futsal 2015/2016. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 10. Núm. 36. p.69-76. 2018. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/545.

-Gomes, S. A.; Sotero, R. C.; Giavoni, A.; Melo, G. F. Avaliação da composição corporal e dos níveis de aptidão física de atletas de futsal classificados segundo a tipologia dos esquemas de gênero. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 17. Núm. 3. p.156-160. 2011.

-Gonçalves, M. C. Análise dos gols da segunda fase da Liga Futsal 2013. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 7. Num. 24. p. 153-157. 2015. Disponível em: http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/278/271.

-Kunze, A.; Schlosser, M. W.; Brancher, E. A. Relação entre o setor da quadra e a incidência de finalizações no Futsal masculino adulto. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 8. Núm. 30. p. 235-241. 2016. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/418

-Saad, M.; Costa, C. Futsal: movimentações ofensivas e defensivas. 2ª edição. Florianópolis. Visual Books. 2005.

-Saad, M. A.; Costa, C. F. Futsal: movimentações defensivas e ofensivas. Florianópolis. Bookstore. 2001.

-Santana, W.C. Futsal: apontamentos pedagógicos na iniciação e na especialização. 2ª edição. Campinas. Autores Associados. 2008.

-Santana, W. C.; Laudari, B. A.; Istchuk, L. L.; Arruda, F. M. Análise dos gols em jogos de futsal feminino de alto rendimento. R. bras. Ci. e Mov. Vol. 21. Núm. 4. p.157-165. 2013.

-Santana, W. C.; Vacario, E. A. Análise de faltas com barreira em jogos de futsal feminino rendimento. Pensar a Prática. Vol. 15. Núm. 3. p.551-820. 2012.

-Tavares, F. Analisar o jogo nos esportes coletivos para melhorar a performance. Uma

necessidade para o processo de treino. In Rose Junior, D. Modalidades esportivas coletivas. Rio de Janeiro-RJ. Guanabara Koogan. 2006. p. 60-67.

-Voser, R. C.; Voser, P. E. G.; Silva, C. G. A origem dos Gols da Liga de Futsal 2014. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 8. Núm. 29. p. 155-160. 2016. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/404.

Publicado
2021-05-09
Como Citar
Brancher, E. A., Leite, G. E., & Slomp, N. N. (2021). A origem dos gols em jogos de futsal feminino durante os jogos abertos de Santa Catarina 2019. RBFF - Revista Brasileira De Futsal E Futebol, 12(51), 705-712. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1031
Seção
Artigos Cientí­ficos - Original