Perfil antropométrico de goleiros de futebol das seleções participantes das copas do mundo entre os anos de 2002/2014: um estudo comparativo

  • Daniel Ricardi Crizel da Silva Universidade Federal de Pelotas-UFPel, Pelotas-RS, Brasil.
  • Airton José Rombaldi Universidade Federal de Pelotas-UFPel, Pelotas-RS, Brasil.
Palavras-chave: Futebol, Antropometria, Estatura, Goleiro

Resumo

Uma figura específica do futebol, o goleiro, tem a função primária de defender a meta, que mede 244 (cm) de altura por 732 (cm) de largura. Para tanto, parecem surgir parâmetros maiores em relação à estatura deste atleta. Este estudo visou descrever o perfil de estatura dos goleiros das seleções que jogaram as Copas do Mundo de futebol de 2002, 2006, 2010 e 2014. Além disso, analisar as variações na estatura ao longo deste período. Trata-se de um estudo descritivo, e a amostra foi composta por 384 goleiros, 96 em cada torneio. Para verificar as diferenças entre as médias de estatura estratificadas por continentes e por mundial, utilizou-se o teste estatístico ANOVA one-way. Quando o teste F foi significativo, as diferenças entre os grupos foram analisadas pelo post-hoc de Bonferroni. Não houve variação significativa entre as médias de estatura ao longo dos mundiais. Em 2002, não houve diferença significativa entre continentes, resultado este que não se repetiu nas demais edições do torneio. A variabilidade observada, pode ser fruto de diferenças étnicas entre os diversos povos, ou ainda das condições sociais, econômicas e culturais, sendo que países desenvolvidos conseguem ofertar melhores condições de vida, influenciando assim no perfil antropométrico da população. Por fim, a seleção natural da modalidade, juntamente com o desenvolvimento das ciências do esporte apontam também para o aumento da estatura. É importante o aprofundamento desta temática, em recorte de tempo maior, evidenciando melhor a variabilidade da estatura dos goleiros e correlacionando com o seu nível de eficiência.

Referências

-Almeida, P.H.S. O Brasil na Copa do Mundo: Uma identidade redescoberta. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília. Brasília-DF. Universidade de Brasília. 2014.

-Berto, E.S.M.; Magalhães, F.C.O. A estatura como critério de seleção na captação e formação do goleiro de futebol de campo. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 6. Núm. 20. p. 88-94. 2014.

-Besson, R.; Poli, R.; Ravenel, L. Demographic 2010. Demographic Study of Footballers in Europe. Suiça. 2010.

-Biazzi, A.; Neto, V.F. Futebol e política externa brasileira: entre o político-identitário e o comercial. Revista Digital. Efdeportes. Ano 11. Núm. 104. 2007.

-Cabral, B.G.A.T.; Cabral, S.A.T.; Miranda, H.F.; Dantas, P.M.S.; Reis, V.M. Efeito discriminante da morfologia e alcance de ataque no nível de desempenho em voleibolistas. Rev Bras Cineantropom Desempenho Hum. Vol. 13. Núm. 3. p.223-229. 2011.

-Colombelli, V.M.; Peres, L.S. Treinamento pliometrico para goleiros de futebol. Cadernos de Educação Física. Vol. 1. Núm. 3. p. 11-31. 2001.

-Crizel, D.R.S.; Rombaldi, A.J. A preparação dos goleiros profissionais de futebol no Rio Grande do Sul. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Pelotas-RS. Universidade Federal de Pelotas. 2015.

-Crizel, D.R.S.; Liberali, R.; Navarro, F. Características metodológicas dos preparadores de goleiros das equipes participantes da Copa Federação Gaúcha de Futebol 2011/2. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 11. Núm. 4. p. 3-10. 2012.

-Confederação Sul-Americana de Futebol/CONMEBOL. Argentina.2011. Acessado em: www.ca2011.com/jogadores_destaqueposição15/07/2012.

-Dey, S.; Kar, N.; Debray, P. Anthropometric, motor ability and physiological profiles of Indian national club footballers: a comparative study. South African Journal for Research in Sport, Physical and Recreation. Vol. 32. Núm. 1. p. 43-56. 2010.

-Duncan, M.J.; Woodfield, I.; Al-Nakeeb, Y. Anthropometric and physiological characteristics of junior elite volleyball players. Br J Sports Med. Vol. 40. Núm. 7. p.649-51. 2006.

-Fédération Internationale de Football Association/FIFA. Suiça. 2012. Acessado em: http://www.fifa.com/worldcup/index.html. 25/10/2012.

-Ferreira, R.M.C.; Santos, A.R. A Copa das Copas do Jornal Nacional. Leituras do Jornalismo. Vol. 3. Núm. 2. 2015.

-Filho, R.A.F.; Nunomura, M.; Tsukamoto, M.H.C. Ginástica artística e estatura: mitos e verdades na sociedade brasileira. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte. Vol. 5. Núm. 2. p. 21-31. 2006.

-Fonseca, P.H.S.; Leal, D.B. Fuke, K. Antropometria de atletas profissionais de futebol do sul do Brasil. Revista Digital. Efdeportes. Ano. 13. Núm. 122. 2008.

-Guilherme, P. Goleiros: Heróis e anti-heróis da camisa 1. São Paulo. Alameda. 2006.

-Júnior, A.B.; Galdino, M.L. O lado forte do goleiro de futebol. Revista Digital. Efdeportes. Ano 13. Núm. 122. 2008.

-Kac, G. Tendência secular em estatura: uma revisão da literatura. Caderno de Saúde Pública. Vol. 15. Núm. 3. p. 451-461. 1999.

-Lega Nazionale Professioisti Série A P/Lega Série A. Itália. 2015. Acessado em: http://www.legaseriea.it/en/. 05/06/2015.

-Léo, L.A.C. Estudo descritivo do nível técnico-tático do goleiro de futsal na Copa do Mundo de 2008. Monografia de Educação Física. Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional da UFMG. Belo Horizonte-MG. Universidade Federal de Minas Gerais. 2010.

-Matkovic, B.R.; Durakovic, M.; Matkovic, B. Morphological differences of elite Croatian soccer players according to the team position. Coll Antropol. Vol. 27. Núm. 1. p.167-174. 2003.

-Nobre, C.G.; Pereira, S.E.A.; Fernandes, L.W. Bandeira, R.F.P.; Melo, N.G.; Sousa, C.S.M. Análise Antropométrica, Níveis de Composição Corporal e Perfil Somatotípico de Jogadores nas Diferentes Categorias de Futebol de Campo. Conexões: Revista da Faculdade de Educação Física da UNICAMP. Vol. 7. Núm. 3. p. 74-85. 2009.

-Paoli, P.B.; Silva, C.D.; Soares, A.J.G. Tendência atual da detecção, seleção e formação de talentos no futebol. Rev. Bras. Futebol. Vol. 1. Núm. 2. p. 38-52. 2008.

-Pinto, M.R.; Azevedo, V.B.; Navarro, F. Alterações da composição corporal de jogadores profissionais de futebol do Rio Preto Esporte Clube. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 1. Núm. 4. p.17-24. 2007.

-Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento/ PNUD. Relatório do Desenvolvimento Humano 2014/ Sustentar o Progresso Humano: Reduzir as Vulnerabilidades e Reforças a Resiliência: United States. 2014; Acessado em: http://hdr.undp.org/sites/default/files/hdr2014_pt_web.pdf . 25/05/2015

-Simon, L.A. Os 11 maiores goleiros do futebol brasileiro. São Paulo. Contexto. 2010.

-Souto, S.M. O nascimento da paixão e a gênese da derrota: Um estudo de caso sobre o drama de Barbosa, o goleiro da Copa de 50. XXV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Salvador. 2002.

-Union of European Football Associations/ UEFA. Suiça. 2012. Acessado em: http://www.uefa.com/. 12/05/2012.

-Voser, R.C.; Guimarães, M.G.V.; Ribeiro, E.R. Futebol: história, técnica e treino de goleiro. Porto Alegre. EDIPUCRS. 2006.

Publicado
2021-05-09
Como Citar
Silva, D. R. C. da, & Rombaldi , A. J. (2021). Perfil antropométrico de goleiros de futebol das seleções participantes das copas do mundo entre os anos de 2002/2014: um estudo comparativo. RBFF - Revista Brasileira De Futsal E Futebol, 12(51), 697-704. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1027
Seção
Artigos Cientí­ficos - Original