Comparação estatística de competitividade de campeonatos nacionais de Futebol

Gustavo Fontoura de Souza, Luiz Ramiro Araújo

Resumo


Introdução: Os Campeonatos de Futebol são disputados em quase todos os países do mundo e chamam a atenção pela disputa de títulos em cada um deles. O Futebol é o esporte mais popular do mundo e muito dinheiro é movimentado em torno dele, contudo não é igualmente competitivo em todos os países. Objetivos: Neste artigo, aborda-se a competitividade de campeonatos nacionais de 12 países visando encontrar similaridades/diferenças entre eles. Amostra: A análise é feita com base em 60 campeonatos realizados 12 países selecionados segundo critério de desempenho. Considera-se, para cada país e ano, o campeão e o vice-campeão. Métodos: Define-se indicadores para a comparação, seleciona-se os indicadores e utilizando a técnica de clustering encontra-se grupos de similaridades. Resultados: Observa-se que existem três grupos de campeonatos, com respeito a competitividade. Em um deles, o menos competitivo, apresenta grande concentração de títulos obtidos por apenas dois clubes. Conclusões: Através da análise de agrupamentos pode-se apresentar a formação dos grupos, na qual os resultados são similares a análise com o Top5.

 

ABSTRACT

Introduction: Soccer championships are played in almost every country in the world and draw attention to the title challenge in each of them. Soccer is the most popular sport in the world and a lot of money is bustling around it, yet it is not equally competitive in all countries. Objectives: In this paper, the competitiveness of national championships in 12 countries is analyzed in order to find similarities/differences between them. Sample: The analysis is based on 60 championships held 12 countries selected according to performance criteria. It is considered, for each country and year, the champion and the runner-up. Methods: Indicators are defined for the comparison, the indicators are selected and using the clustering technique are groups of similarities. Results: It is observed that there are three groups of championships, with respect to competitiveness. In one of them, the less competitive, presents great concentration of titles obtained by only two clubs. Conclusions: Group analysis can show the group formation, in which the results are similar to the Top5 analysis.


Palavras-chave


Equilíbrio; Competitividade; Futebol; Análise de agrupamentos; Clustering

Texto completo:

PDF

Referências


-Almeida, L. G. de; Oliveira, M. L. de; Silva, C. D. da. Uma análise da vantagem de jogar em casa nas duas principais divisões do futebol profissional brasileiro. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. Vol. 25. Num. 1. p. 49-54. 2011.

-Artuso, A. R. Análise do aproveitamento dos times no campeonato brasileiro a partir de uma distribuição normal. Revista Brasileira de Biomecânica, São Paulo. Vol. 25. Num. 4. p.49-63. 2007.

-Count, F. B. 270 million people active in football. FIFA Communications Division, Information Services, v. 31. 2006.

-Drummond, L.; Júnior, A. A.; Shikida, C. Campeonato brasileiro de futebol e balanço competitivo: uma análise do período 1971-2009. Revista Brasileira de Futebol (The Brazilian Journal of Soccer Science). Vol. 3. Num. 2. p. 73-87. 2013.

-Júnior, A. A.; Shikida, C.; Monasterio, L. Abrindo a “caixinha de surpresas”: Uma análise econométrica do futebol brasileiro. WorkingPaper (WP3). IBMEC/MG, 2003.

-Linden, R. Técnicas de agrupamento. Revista de Sistemas de Informação da FSMA. Vol. 1. Num. 4. p. 18-36. 2009.

-Michie, Jonathan, e Oughton, C. Competitive balance in football: Trends and effects. London: The sportsnexus, 2004.

-Seligman, E. Comparação entre os campeonatos de futebol brasileiro e italiano utilizando cadeias de markov. Monografia. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2011.

-Silva, C. D. d.; Moreira, D. G. A vantagem em casa no futebol: comparação entre o campeonato brasileiro e as principais ligas nacionais do mundo. Rev Bras Cineantropom Desempenho Hum. Vol. 10. Num. 2. p. 184-188. 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBFF - Revista Brasileira de Futsal e Futebol

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Antonio Coppi Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui