A tática enquanto objeto de estudos em revistas científicas brasileiras sobre Futebol

Marcelo Santos Lopes, Murilo Eduardo dos Santos Nazário

Resumo


O estudo teve como objetivo realizar uma pesquisa do tipo estado do conhecimento em dois periódicos científicos da área de futebol. Para tanto, as fontes selecionadas foram artigos publicados em dois periódicos específicos da área do futebol, "Revista Brasileira de Futebol” e “Revista Brasileira de Futsal e Futebol”, com intuito de investigar como a questão da tática no futebol é discutida na área acadêmica. A partir dos descritores optados na busca das respectivas revistas: “tática” e “tático”, foram elencados 30 artigos científicos ligados à tática no futebol entre os anos de 2008 a 2015. O levantamento também identificou 30 instituições envolvidas com a produção destes artigos. Dentre eles, a análise tática, a inteligência tática e a valorização do treinamento técnico-tático foram os aspectos mais abordados pelos autores. Já em relação aos pesquisadores consultados nos artigos, os professores Greco, Garganta, Mesquita, Paoli e Costa constaram como as fontes mais citadas que mais selecionadas para estudos sobre o aspecto tático no futebol. Apesar disso, a tática enquanto objeto de estudo no campo acadêmico, nas fontes selecionadas, apresenta uma condição incipiente quando se compara com outras estruturas componentes do futebol, tais como técnica, preparação física e iniciação esportiva. A partir deste panorama, a aplicação de testes de avaliação da inteligência tática no futebol brasileiro pode oferecer elementos fundamentais na busca de respostas para corrigir deficiências no padrão de jogo dos atletas desde a base e contribuir para a melhoria de desempenho do futebol brasileiro.

 

ABSTRACT 

The tactics as a study object in brazilian scientific magazines about football

The study aimed to carry out a survey of the type state of knowledge in two scientific magazines about football. Therefore, the selected sources were articles published in two specific magazines about football, "Revista Brasileira de Futebol" and "Revista Brasileira de Futsal e Futebol", to investigate how the question of tactics in football was discussed in the academic area. From the defaulted descriptor in search of their magazines: "tactical", they were listed 30 scientific articles related to the tactic in football between the years 2008 to 2015. The survey also identified 30 institutions involved in the production of these articles. Among them, the tactical analysis, tactical intelligence and the appreciation of the technical and tactical training were the most discussed by the authors aspects. In relation to the researchers found in the articles, Greco, Garganta, Mesquita, Paoli and Costa consisted as the most cited sources that more selected for studies on the tactical aspect in football. Nevertheless, the tactic as an object of study in the academic field, the selected sources, presents an incipient condition when compared to other football component structures, such as technique, fitness and sports initiation. From this view, the application of evaluation tests of tactical intelligence in Brazilian football can offer key elements in the search for answers to correct deficiencies in the athletes play pattern from the base and contribute to the improved performance of Brazilian football.


Palavras-chave


Futebol; Tática; Estado do conhecimento

Texto completo:

PDF

Referências


-Aburachid, L. M. C.; Silva, S. R.; Greco, P. J. Nível de conhecimento tático de jogadores e avaliação subjetiva dos treinadores de futebol. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Edição Especial: Pedagogia do Esporte. Vol. 5. Núm. 18. p.322-330. 2013. Disponível em:

-Bezerra, E. L.; Neto, E. O. C.; Galatti, L. R.; Rodrigues, A. L. L.; Lopes, C. R. Catálogo de testes para jovens jogadores de futebol: análise da avaliação subjetiva e perspectivas para acompanhamento em longo prazo. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 5. Núm. 16. p.111-121. 2013. Disponível em:

-Bezerra, R.; Navarro, A. C. Análise dos gols da VI Taça Brasil de clubes 2010 na categoria sub-20 feminino. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 4. Núm. 11. p.47-54. 2012. Disponível em:

-Braz, T. V. Análise de jogo no futebol: considerações sobre o componente técnico-tático, planos de investigação, estudos da temática e particularidades do controle das ações competitivas. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 5. Núm. 15. p.28-43. 2013. Disponível em:

-Braz, T. V.; Marcelino, V. R. Análise de posse de bola em seleções de diferentes continentes na Fifa World Cup 2010. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 6. Núm .21. p.234-242. 2014. Disponível em:

-Cavalcante, D. F. M.; Trindade, E. Para uma semiótica da tática no futebol de campo: uma análise da seleção holandesa na copa do mundo da fifa de 1974. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 7. Núm. 23. p.95-101. 2015. Disponível em:

-Castelo, J. O exercício de treino desportivo. A unidade lógica da programação e estruturação do treino desportivo. Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana. 2002.

-Costa, I. T.; Garganta, J.; Greco P. J.; Mesquita I.; Müller E.; Silva, B.; Castelão, D. Análise do Comportamento Tático de Jogadores de Futebol através da aplicação do Teste “Gr3-3Gr”, em dois períodos de jogo distintos. Revista Brasileira de Futebol. Vol. 2. Núm. 2. p.3-11. 2009.

-Costa, I.T.; Silva, J.M.G.; Greco, P.J.; Mesquita, I. Princípios táticos do jogo de futebol: Conceitos e aplicação. Motriz. Vol. 15. Núm. 3. p 657-668. 2009.

-Costa, I. T.; e colaboradores. Sistema de avaliação táctica no Futebol (FUT-SAT): Desenvolvimento e validação preliminar. Motricidade. Vol. 7. Núm. 1. p.69-84. 2011.

-Costa, J.C.; Garganta, J.; Fonseca, A.; Botelho, M. Inteligência e conhecimento específico em jovens futebolistas de diferentes níveis competitivos. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto. Vol. 2. Núm. 4. p.7-20. 2002.

-Ferreira, N. S. A. As pesquisas denominadas “estado da arte”. Educação & Sociedade. Ano 23. Núm. 79. 2002.

-Ferreira Junior, O. N.; Almeida, R.; Navarro, A. C. Comparar a capacidade de tomada de decisão e conhecimento declarativo de jogadores de futsal da categoria sub-20 com o conhecimento tático de “experts” do futsal. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 2. Num. 4. p.54-61. 2010. Disponível em:

-Filgueira, F. M.; Greco, P. J. Futebol: um estudo sobre a capacidade tática no processo de ensino-aprendizagem-treinamento. Revista Brasileira Futebol. Vol. 1. Num. 2. p.53-65. 2008.

-Garcia, L. C. G.; Araújo, D. M. E. Análise do sistema de jogo do campeão brasileiro de 2010. Revista Brasileira de Futebol. Vol. 5. Num. 1. p.47-58. 2012.

-Garganta, J. M. Para uma teoria dos jogos desportivos coletivos. In Graça, A.; Oliveira, J. (Ed.). O ensino dos jogos desportivos. 2.ed. Porto: Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física. p.11-25. 1995.

-Garganta, J. M. Estudo da organização da fase ofensiva em equipas de alto rendimento. Tese de Doutorado. Universidade do Porto. Portugal, 1997.

-Garganta, J. M.; Gréhaigne, J. F. Abordagem Sistêmica do Jogo de Futebol: Moda ou Necessidade? Movimento. Ano V. Num. 10. 19991.

-Garganta, J. M. Futebol e Ciência. Ciência e Futebol http://www.efdeportes.com/ Revista Digital - Buenos Aires - Año 7 - N° 40 - Setiembre de 2001.

-Giacomini. D. S.; Silva, E. G.; Greco, P. J.; Comparação do conhecimento tático declarativo de jogadores de futebol de diferentes categorias e posições. Rev. Bras. Ciênc. Esporte. Vol. 33. Num. 2. p.445-463. 2011.

-Gonzaga, A. S.; Gonçalves, E.; Teoldo, I. C. Comparação do comportamento tático de jogadores de futebol da categoria sub-15 de diferentes posições. Revista Brasileira de Futebol. Vol. 6. Num. 2. p.52-59. 2014.

-Greco, P. J.; Benda, R. N. Iniciação Esportiva Universal: da aprendizagem ao treinamento técnico. 2ª ed. Belo Horizonte/MG: UFMG; 2001.

-Greco, P. J. Conhecimento tático-técnico: eixo pendular da ação tática (criativa) nos jogos esportivos coletivos. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. Vol. 20. p.210-212. 2006.

-Greco, P. J. (Org.). Iniciação esportiva universal: metodologia da iniciação esportiva na escola e no clube. Vol. 2. Belo Horizonte. UFMG. 2007.

-Guimarães, M. B.; Lima, R. C.; Guerra, I. H.; Paoli, P.B. Comportamentos ofensivos e defensivos dos atletas envolvidos em situações táticas individuais e de grupo no jogo de futebol. Revista Brasileira de Futebol. Vol. 5. Num. 1. p.31-41. 2012

-Kaid, J.C.; Kaid, D.F.; Casarin, C. A. S.; Arsa, G. A escolha da tática de jogo no futebol de campo. Revista Brasileira de Futebol. Vol. 3. Num. 2. p.48-55. 2010.

-Macedo, T. L. Comparação do conhecimento tático declarativo de jogadores de futsal das categorias de base. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Edição Suplementar 1. Vol. 7. Num. 24. p.141-147. 2015. Disponível em:

-Macedo, P. A. P.; Leite, M. M. Scout como um instrumento avaliativo do treinamento esportivo nas categorias de base do futebol. Revista Brasileira de Futebol. Vol. 2. Num. 1. p.21-35. 2009.

-Marcon, M. F.; Saad, M. A. Estilo de tomada de decisão dos treinadores de equipes de futsal e futebol nas categorias de base. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 5. Num. 17. p.205-212. 2013. Disponível em: <>

-Melo, V. P.; Paoli, P. B.; Silva, C. D. O desenvolvimento do processo de treinamento das ações táticas ofensivas no futebol na categoria infantil. Lecturas Educación Física y Deportes. Revista Digital. Buenos Aires. Año 11. Num. 104. 2007. Disponível em: . Acesso em 10 outubro 2016.

-Moreira, O. Decisão táctico-técnica no Futebol: Estudo comparativo da capacidade de decisão em acções ofensivas de pontas-de-lança de diferentes níveis competitivos. Dissertação de Licenciatura apresentada à Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, 2009.

-Mugnaini, R.; Carvalho, T.; Campanatti-Ostiz, H. Indicadores de produção científica: uma discussão conceitual. (S/D)

-Ribeiro, L. C. O Futebol no Campo Afetivo da História. Movimento. Vol. 10. Num. 3. p.99-111. 2004.

-Rinaldi, W. Futebol: manifestação cultural e ideologização. Revista da Educação Física/UEM. Vol. 11. Num. 1. p.167-172. 2000.

-Romanowski, J. P.; Ens, R. T. As pesquisas denominadas do tipo “estado da arte” em educação. Diálogo Educ. Vol. 6. Num. 19. p.37-50. 2006.

-Spinak, E. Indicadores cienciométricos. Ciência da Informação, Brasília-DF. Vol. 27. Num. 2. p.141-148. 1998. Disponível em: . Acesso em 04 de maio de 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBFF - Revista Brasileira de Futsal e Futebol

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Antonio Coppi Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui