Análise do perfil epidemiológico de lesões esportivas em atletas de futebol profissional

Nivan Almeida Nascimento, Bruno Gilberto de Melo e Silva

Resumo


Introdução: O futebol é um esporte em desenvolvimento contínuo, principalmente em relação à intensidade do jogo e a exigências físicas cada vez maiores. A sua prática requer capacidades específicas que independem da posição em campo. O que aumenta o risco de lesões, sendo motivo de preocupação por parte dos órgãos responsáveis pela modalidade. Objetivo: Analisar o perfil epidemiológico das lesões sofridas por atletas de futebol profissional. Métodos: Este estudo é do tipo observacional, descritivo, através de análise de prontuários médicos. Foi realizado no Serra Talhada Futebol Clube e a coleta de dados se deu no período de dezembro de 2012 a abril de 2013, correspondentes a pré-temporada e competição. Sendo analisados os seguintes dados: idade; posição; lesão sofrida; segmento corporal acometido; tempo de afastamento; mecanismo; e momento de ocorrência. Resultados: Durante o período analisado, foi verificada a ocorrência de 27 lesões que acometeram 20 dos 34 atletas participantes do estudo. Sendo observada maior incidência de lesões nos membros inferiores (92,6%), sobretudo na coxa (48%), com as lesões musculares (distensão, 59,3%, e câimbras musculares, 14,8%) sendo as mais prevalentes. Constatou-se que a severidade (4-7 dias com percentual de 44,5%) dessas lesões foi maior do que as da literatura disponível sobre o tema. Conclusão: Este maior tempo de afastamento encontrado, atesta ainda mais a importância da integração de fisioterapeutas as equipes técnicas dos clubes de futebol, para que atuem não só na reabilitação, mas também na prevenção de lesões.

 

ABSTRACT 

Analysis of the epidemiological profile of sports injuries in professional football athletes

Introduction: Football is a continually developing sport, especially in relation to the intensity of the game and increasing physical demands. Their practice requires specific capabilities that are independent of the field position. This increases the risk of injury, being a cause of concern on the part of the bodies responsible for the modality. Objective: To analyze the epidemiological profile of injuries suffered by professional football athletes. Methods: This is an observational, descriptive study using medical records. It was held at Serra Talhada Futebol Clube and data collection took place from December 2012 to April 2013, corresponding to the preseason and competition. The following data were analyzed: age; position; Injury suffered; Body segment affected; Time away; mechanism; And moment of occurrence. Results: During the analyzed period, the occurrence of 27 injuries that affected 20 of the 34 athletes participating in the study was verified. There was a higher incidence of lesions in the lower limbs (92.6%), especially in the thigh (48%), with muscle injuries (distension, 59.3%, and muscle cramps, 14.8%) being the most prevalent. It was found that the severity (4-7 days with a 44.5% percentage) of these lesions was higher than the available literature on the subject. Final considerations: This greater time of absence found, further testifies to the importance of integrating physiotherapists to the technical teams of football clubs, so that they act not only in rehabilitation but also in injury prevention.


Palavras-chave


Futebol; Epidemiologia; Lesão Esportiva

Texto completo:

PDF

Referências


-Arliani, G. G.; Belangero, P. S.; Runco, J. L.; Cohen, M. The Brazilian Football Association (CBF) model for epidemiological studies on professional soccer player injuries. Clinics. Vol. 66. Num.10. 2011. p. 1707-1712.

-Beijsterveldt, A. M. C.; Port, I. G. L.; Krist, M. R.; Schmikli, S. L.; Stubbe, J. H.; Frederiks, J. E.; Backx, F. J. G. Effectiveness of an injury prevention programme for adult male amateur soccer players: a cluster-randomised controlled trial. Br J Sports Med. Vol. 46. Num.16. 2012. p.1114-1118.

-Brito, J.; Soares, J.; Rebelo, A. N. Prevenção de lesões do ligamento cruzado anterior em futebolistas. Rev Bras Med Esporte. Vol. 15. Num. 1. 2009. p.62-69.

-Carvalho, A. R. Utilização do treinamento neuromuscular e proprioceptivo para prevenção de lesões desportivas. Arq. Ciênc. Saúde UNIPAR. Vol. 14. Num. 3. 2010. p.269-276.

-Dvorak, J.; Junge, A.; Derman, W.; Schwellnus, M. Injuries and illnesses of football players during the 2010 FIFA World Cup. Br J Sports Med. Vol. 45. Num. 8. 2011. p.626-630.

-Ekstrand, J.; Hägglund, M.; Waldén, M. Injury incidence and injury patterns in professional football – the UEFA injury study. Br J Sports Med. Vol. 45. Num. 7. 2009. p.553-558.

-Ekstrand, J.; Hägglund, M.; Waldén, M. Epidemiology of muscle injuries in professional football (soccer). Am J Sports Med. Vol. 39. Num. 6. 2011. p.1226-1232.

-Fuller, C. W.; Molloy, M. G.; Bagate, C.; Bahr, R.; Brooks, J. H.; Donson, H.; Kemp, S. P.; McCrory, P.; McIntosh, A. S.; Meeuwisse, W. H.; Quarrie, K. L.; Raftery, M.; Wiley, P. Consensus statement on injury definitions and data collection procedures in studies of football (soccer) injuries. Br J Sports Med. Vol. 40. Num. 3. 2006. p.193-201.

-Hägglund, M.; Waldén, M.; Bahr, R.; Ekstrand, J. Methods for epidemiological study of injuries to professional football players: developing the UEFA model. Br J Sports Med. vol. 39. Num. 6. 2005. p.340-346.

-Kleinpaul, J. F.; Mann, J.; Santos, S. G. Lesões e desvios posturais na prática de futebol em jogadores jovens. Fisioter Pesqui. Vol. 17. Num. 3. 2010. p. 236-241.

-Miranda, F. J. A. Estudo analítico das alterações bioquímicas em jogadores profissionais de futebol da I Liga Portuguesa, no decurso de uma época competitiva. Monografia. Faculdade de Desporto da Universidade do Porto. Porto. 2008.

-Oliveira, R. Lesões nos jovens atletas: conhecimentos dos factores de risco para melhor prevenir. Rev Port Fisioter Desporto. Vol.3. Num. 1. 2009. p.33-38.

-Palacio, E. P.; Candeloro, B. M.; Lopes. A. A. Lesões nos jogadores de futebol profissional do Marília Atlético Clube: estudo de coorte histórico do Campeonato Brasileiro de 2003 a 2005. Rev Bras Med Esporte. Vol. 15. Num. 1. 2009. p.62-69.

-Rahnama, N.; Reilly, T.; Lees, A. injury risk associated with playing actions during competitive soccer. Br J Sports Med. Vol. 36. Num. 5. 2002. p.354-359.

-Santos, P. B. Lesões no futebol: uma revisão. EFDeportes.com. Revista Digital. Buenos Aires. Num. 143. 2010.

-Santos, G. A. A.; Sandoval, R. A. Perfil epidemiológico dos atletas profissionais do Vila Nova Futebol Clube no campeonato brasileiro série B 2010. EFDeportes.com - Revista Digital. Buenos Aires. Num. 163. 2011.

-Selistre, L. F. A.; Taube, O. L. S.; Ferreira, L. M. A.; Barros Júnior, E. A. Incidência de lesões nos jogadores de futebol masculino sub-21 durante os Jogos Regionais de Sertãozinho-SP de 2006. Rev Bras Med Esporte. Vol. 15. Num. 5. 2009. p.351-354.

-Silva, D. A. S.; Souto, M. D.; Oliveira, A. C. C. Lesões em atletas profissionais de futebol e fatores associados. EFDeportes.com - Revista Digital. Buenos Aires. Num. 121. 2008.

-Sousa, P. Incidência de lesões em jogadores amadores de futebol: estudo prospetivo ao longo de uma época desportiva. Dissertação. Faculdade de Desporto da Universidade do Porto. Porto, 2011.

-Vasconcelos Júnior, J.; Assis, T. O. Lesões em atletas de futebol profissional de um clube da cidade de Campina Grande, no estado da Paraíba. Revista Bras Ciênc Saúde. Num. 26. 2010.

-Zanuto, E. A. C.; Harada, H.; Gabriel Filho, L. R. A. Análise epidemiológica de lesões e perfil físico de atletas do futebol amador na região do oeste paulista. Rev Bras Med Esporte. Vol. 16. Num. 2. 2010. p.116-120.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBFF - Revista Brasileira de Futsal e Futebol

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Antonio Coppi Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui