Análise epidemiológica de lesões em atletas profissionais de futebol em dois clubes de futebol de Goiânia-GO

  • Lucas Soares Teixeira Discente do curso de Medicina da Escola de Ciências Médicas, Farmacêuticas e Biomédicas da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia-GO, Brasil.
  • Gilbert Spíndola Silvério de Araújo Discente do curso de Medicina da Escola de Ciências Médicas, Farmacêuticas e Biomédicas da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia-GO, Brasil.
  • Hermínio Maurício da Rocha Sobrinho Professor efetivo da Escola de Ciências Médicas, Farmacêuticas e Biomédicas da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia-GO, Brasil; Doutor em Medicina Tropical e Saúde Pública pela Universidade Federal de Goiás-UFG, Brasil.
Palavras-chave: Futebol, Atletas Profissionais, Lesões Osteomusculares, Diagnóstico, Prevenção

Resumo

O futebol é o esporte mais praticado no Brasil e no mundo. Devido à sua competitividade, tem exigido dos atletas um condicionamento físico cada vez mais intenso. Aqueles atletas que não se enquadram nessa nova realidade têm exposto suas estruturas musculoesqueléticas a diversas lesões. Sabe-se que um dos principais problemas que aflige o atleta de futebol profissional é a lesão osteomuscular, a qual constitui uma das causas de afastamento do atleta dos jogos oficiais, comprometendo também o seu bem-estar e qualidade de vida. O estudo tem o objetivo de levantar o perfil epidemiológico das lesões osteomusculares nestes clubes de futebol e contribuir para medidas de prevenção de lesões desportivas. Caracteriza-se como um estudo exploratório, descritivo e transversal, com abordagem quantitativa. Foi realizado um levantamento de dados sobre o perfil clínico-epidemiológico de lesões osteomusculares em atletas de futebol profissional de clubes de futebol de Goiânia-GO. A amostra do estudo foi composta por 42 atletas profissionais. O trabalho estatístico mostrou algumas divergências em relação a severidade das lesões, quando comparado com os dados da literatura, mas também foi constatado semelhanças entre outros dados. O avanço da medicina desportiva tem mostrado melhorias no conhecimento da fisiologia do esforço físico, permitindo protocolos específicos individualizados, porém essas medidas não são homogêneas entre os clubes. Portanto, o conhecimento sobre a prevalência, fatores associados às lesões osteomusculares e o seu perfil clínico e epidemiológico é fundamental para se fazer um diagnóstico adequado e propor medidas/cuidados necessários para a prevenção das lesões.

Referências

-Barbalho, M.; Nóvoa, H.J.; Amaral, J.C. Prevalência de lesão em jogadores de futebol profissional nos anos de 2013-2014. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 9. Núm. 33. p.144-150. 2017.

-Bahr, R.; Clarsen, B.; Ekstrand, J. Why we should focus on the burden of injuries and illness, not just their incidence. Br J Sports Med. Vol. 52. p.1018-21. 2018.

-Cohen M.; Abdala R.J. Lesões nos Esportes. São Paulo. Revinter. 2002.

-Cohen, M.; Abdalla, R. J.; Ejnisman, B.; Amaro, J. T. Lesões ortopédicas no futebol. Revista Brasileira Ortopedia. Vol. 32. Núm. 12. p. 940-944. 1997.

-Ekstrand, J.; Krutsch, W.; Spreco, A. Time before return to play for the most common injuries in professional football: a 16-year follow-up of the UEFA Elite Club Injury Study. Br J Sports Med. 2019.

-Ekstrand, J.; Hagglund, M.; Walden, M. Epidemiology of muscle injuries in professional football (soccer). Am J Sports Med. Vol. 39. Núm. 6. p.1226-32. 2011.

-Falese, L.; Della Valle, P.; Federico, B. Epidemiology of football (soccer) injuries in the 2012/2013 and 2013/2014 seasons of the Italian Série A. Res Sports Med. Vol. 24. Núm. 4. p.426-32. 2016.

-Ikeda, A. M.; Navega, M. T. Caracterização das lesões ocorridas em atletas profissionais de futebol da Associação Desportiva São Caetano durante o Campeonato Brasileiro de 2006. Revista Fisiobrasil. Vol. 11. Núm. 88. 2008.

-Larruskain, J.; Lekue, J.A.; Diaz, N.; Odriozola, A.; Gil, S.M. A comparison of injuries in elite male and female football players: a five-season prospective study. Scand J Med Sci Sports. Vol. 28. Núm. 1. p.237-45. 2018.

-Leventer, L.; Eek, F.; Hofstetter, S.; Lames, M. Injury patterns among elite football players: a media-based analysis over 6 seasons with emphasis on playing position. Int J Sports Med. Vol. 37. Núm. 11. p.898-908. 2016.

-Leite, C. B. S.; Cavalcante Neto, F. F. Incidência de lesões traumato-ortopédicas no futebol de campo feminino e sua relação com alterações posturais. Lecturas Educacion Física y Deportes. Buenos Aires. Ano 9. Núm. 61. 2003.

-Lorete, R. Entendendo as lesões. 2007. Disponível em www.saudenarede.com.br. Acessado em 20/04/2020.

-Pedrinelli, A.; e colaboradores. Estudo epidemiologico das lesoes no futebol profissional durante a Copa America de 2011, Argentina. Rev. bras. ortop. São Paulo. Vol. 48. Núm. 2. p.131-136. 2013.

-Raymundo, J.L.P.; Reckers, L.J.; Loks, R.; Silva, L.; Hallal, P.C. Perfil das Lesões e Evoluções da Capacidade Física em Atletas Profissionais Durante uma Temporada. Rev Bras Ortop. Vol. 40. Núm. 6. 2005.

-Stubbe, J.H.; Van Beijsterveldt, A.M.; Van der Knaap, S.; Stege, J.; Verhagen, E.A.; Van Mechelen, W. Injuries in professional male soccer players in the Netherlands: a prospective cohort study. J Athl Train. Vol. 50. Núm. 2. p.211-6. 2015.

-Tscholl, P.M.; Dvorak J. Abuse of medication during international football competition in 2010 - lesson not learned. Br J Sports Med. Vol. 46. p.1140-1141. 2012.

-Vasconcelos, J.R.; Assis, T.O. Lesões em atletas de futebol profissional de um clube da cidade de Campina Grande, no estado da Paraíba. Revista Brasileira de Ciências da Saúde. Ano 8. Núm. 26. p. 1-5. 2010.

-Villa, F.D.; Mandelbaum, B.R.; Lemak, L.J. The Effect of Playing Position on Injury Risk in Male Soccer Players: Systematic Review of the Literature and Risk Considerations for Each Playing Position. American journal of orthopedics. 2018.

-Waldén, M.; Hägglund, M.; Ekstrand, J. Injuries in Swedish elite football a prospective study on injury definitions, risk for injury and injury pattern during 2001. Scand J Med Sci Sports. Vol. 15. p. 118-25. 2005.

Publicado
2021-07-17
Como Citar
Teixeira, L. S., Araújo, G. S. S. de, & Sobrinho, H. M. da R. (2021). Análise epidemiológica de lesões em atletas profissionais de futebol em dois clubes de futebol de Goiânia-GO. RBFF - Revista Brasileira De Futsal E Futebol, 13(52), 31-38. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1055
Seção
Artigos Cientí­ficos - Original