Análise de desempenho da seleção brasileira de Futebol na Copa do Mundo de Futebol de 2018

Abraham Lincoln de Paula Rodrigues, Felipe Magalhães Barbosa

Resumo


O futebol é um dos esportes mais populares do mundo, todavia, ainda é pouco estudado em relação as suas variáveis técnicas. O conhecimento dos eventos que ocorrem na partida pode ser mais uma ferramenta na preparação de um time. A utilização do scoult, o conjunto numérico de dados de um time durante determinado jogo, tem sido cada vez mais utilizado. Objetivou-se analisar o desempenho da seleção brasileira na Copa do Mundo FIFA 2018. Foi um estudo quantitativo, descritivo observacional e documental, no qual se analisou os 5 jogos do Brasil. Os resultados mostraram que a seleção teve uma posse de bola superior aos seus adversários em 4 dos 5 jogos, apresentando uma média de 55,6%. Durantes os jogos, a seleção trocou 2839 passes, 2501 certos, resultando em um aproveitamento de 88%. Os achados revelaram que o Brasil finalizou a gol 103 vezes, uma média de 20,6 chutes por jogo, marcando em sua participação 8 gols, o que representa um baixo aproveitamento nas finalizações. O time sofreu apenas 3 gols, tendo uma campanha de 3 vitórias, 1 empate e 1 derrota. Conclui-se que o Brasil apresentou um aproveitamento muito bom de posse de bola e passes, todavia, o desempenho nas finalizações foi ruim, visto que embora a equipe tenha apresentado um número elevado de finalizações, teve uma média baixa de gols na competição, o que pode ter contribuído para sua eliminação precoce na competição.

 

ABSTRACT

Analysis of performance of the brazilian football selection in the 2018 football World Cup

Football one of the most popular sports in the world, however, it is still little studied in relation to its technical variables. Knowledge of the events that occur in the match can be another tool in the preparation of a team. The use of scoult, the numerical set of data of a team during a game, has been increasingly used. The objective was to analyze the performance of the Brazilian team in the FIFA 2018 World Cup. It was a quantitative, descriptive, observational and documentary study, in which the 5 games of Brazil were analyzed. The results showed that the team had a better ball possession in 4 out of 5 matches, averaging 55.6%. During the games, the selection changed 2839 passes, 2501 certain, resulting in a 88% use. The findings revealed that Brazil scored 103 times, averaging 20.6 kicks per game, scoring 8 goals in the competition, which represents a low achievement in the finals. The team conceded only 3 goals, having a campaign of 3 victories, 1 tie and 1 defeat. It was concluded that Brazil had a very good advantage of possession of the ball and passes, however, the performance in the finals was poor, since although the team had a high number of finals, it had a low goal average in the competition, the which may have contributed to its early elimination in the competition.


Palavras-chave


Futebol; Desempenho; Brasil; Copa do mundo 2018

Texto completo:

PDF

Referências


-Busch, W. Futbol Escolar y Juvenil. Tradução Mercedes de Monteys Kaupp. Barcelona. Editorial Hispano Europea. 1971.

-Braz, T. Análise de jogo no futebol. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 5. Num. 15. 2013. p. 28-43. Disponível em:

-Brites, J. S. Análise do desempenho da seleção alemã de futebol na copa do mundo FIFA 2014, referente aos fundamentos: desarme, posse de bola, passes completados e chutes a gol, durante os 15 minutos finais e o tempo total de cada partida. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 7. Num. 25. 2015. p. 332-337. Disponível em:

-Cunha, N. G. S. R. A importância dos lances de bola parada (livres, cantos e pênaltis) no futebol 11: Análise das situações finalizadas com gol na 1a Liga Portuguesa 2005/06 e no Campeonato do Mundo 2006. Monografia realizada no âmbito da disciplina de Seminário do 5º ano de licenciatura em Desporto e Educação Física. Faculdade de Desporto da Universidade do Porto. 2007.

-Cunha, S. A.; Binotto, M. R.; Barros, R. M. L. Análise da variabilidade na medição de posicionamento tático no futebol. Revista Paulista de Educação Física. Vol. 15. 2001. p. 111-116.

-Gaya, A. Ciências do movimento humano: Introdução à metodologia da pesquisa. Porto Alegre. Artmed. 2008

-Junior, N. K. M. Copa do mundo de 2014: dados estatísticos das quatro melhores equipes. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 7. Num. 23. 2015. p. 80-94. Disponível em:

-Lago, C. Are Winners different from losers? Performance and chance in the FIFA World Cup Germany 2006. International Journal of Performance Analysis in Sport. Vol. 7. Num. 2. 2007. p. 36-47.

-Pereira, V. M. R. Momentos Críticos no Futebol Estudos das Sequências Ofensivas Prévias à Obtenção do Gol. 2011. Dissertação de Mestrado em Treinamento de Alto Rendimento. Universidade Técnica de Lisboa. 2011.

-Pollard, R.; Reep, C. Measuring the effectiveness of playing strategies at soccer. Journal of the Royal Statistical Society: Series D (The Statistician). Vol. 46. Num. 4. 1997. p. 541-550.

-Rinaldi, W. Futebol: Manifestação Cultural e Ideologização. Journal of Physical Education. Vol. 11. Num. 1. 2008. p. 167-172.

-Santos, T. C. B. A incidência de gols na fase classificatória para a Copa do Mundo de 2010 na África do Sul. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 7. Num. 23. 2015. p. 67- 71. Disponível em:

-Sarmento, H. M. B. Análise do jogo de futebol: Padrões de jogo ofensivo em equipas de alto rendimento: uma abordagem qualitativa. Tese de Doutorado. UTAD. Vila Real-PT. 2012.

-Sarmento, H.; Marcelino, R.; Anguera, M.; Campaniço, J.; Matos, N.; Leitão, J. Match analysis in football: a systematic review. Journal of Sports Sciences. 2014. p. 1- 13.

-Silva, C. D. Gols: uma avaliação no tempo de ocorrência no futebol internacional de elite. Lecturas Educación Física y Deportes. Buenos Aires. Vol. 112. 2007. p. 1-7.

-Silva, C. D.; Campos Júnior, R. M. Análise dos gols ocorridos na 18ª Copa do Mundo de futebol da Alemanha 2006. Lecturas Educación Física y Deportes. Buenos Aires. Vol. 101. 2006. p. 1-8.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBFF - Revista Brasileira de Futsal e Futebol

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Antonio Coppi Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui