RBFF - Revista Brasileira de Futsal e Futebol http://www.rbff.com.br/index.php/rbff <p>ISSN 1984-4956 versão online</p> <p>A <strong>Revista Brasileira de Futsal e Futebol (RBFF)</strong> é uma publicação do <strong>Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercí­cio (IBPEFEX)</strong>, é de periodicidade quadrimestral, com publicação de artigos cientí­ficos, fruto de pesquisas e estudos de cientistas, professores, estudantes e profissionais que lidam com o Futsal, o Futebol e a Pedagogia do Esporte no sentido da aprendizagem, da iniciação e do alto rendimento no âmbito, da saúde, do esporte, da educação e da sociedade.</p> <p>&nbsp;</p> <p>The&nbsp;<strong>Brazilian Journal of Futsal and Football (RBFF)</strong>&nbsp;is published by the&nbsp;<strong>Brazilian Institute for Research and Education in Exercise Physiology (IBPEFEX)</strong> every four months with publication of scientific articles, result of research and studies of scientists, professors, students and professionals who deal with Futsal Football and Sport Pedagogy towards learning, initiation and high performance within, the health, the sport, education and society.</p> <p>&nbsp;</p> <p><strong>Revista Brasileña de Fútbol Sala y Fútbol (RBFF)</strong>&nbsp;es publicada por el&nbsp;<strong>Instituto Brasileño para la Investigación y Educación en Fisiología del Ejercicio (IBPEFEX)</strong>, se publica cada cuatro meses, con la publicación de artí­culos cientí­ficos, el resultado de la investigación y los estudios de cientí­ficos, profesores, estudiantes y los profesionales que se ocupan de Fútbol Sala, Fútbol, Pedagogí­a y Deporte, en el sentido de aprendizaje, la iniciación y de alto rendimiento, en la salud, en el campo de los deportes, la educación y la sociedad.</p> <p>&nbsp;</p> <p><a href="/index.php/rbff/about/submissions#onlineSubmissions"><strong>Clique aqui para submeter seu artigo</strong></a></p> <p>&nbsp;</p> <p>A <strong>RBFF</strong> é indexada nas seguintes <a href="/index.php/rbff/announcement/view/1">bases de dados</a>:</p> <div> <ul> <li class="show"><a href="http://infotrac.galegroup.com/itweb/aoneed" target="_blank" rel="noopener">ACADEMIC ONEFILE</a>, <a href="http://journal-index.org/index.php/asi" target="_blank" rel="noopener">ASI</a>, <a href="http://www.base-search.net/" target="_blank" rel="noopener">BASE</a>, <a href="http://dialnet.unirioja.es" target="_blank" rel="noopener">DIALNET</a>, <a href="http://doaj.org/" target="_blank" rel="noopener">DOAJ</a>, <a href="http://www.drji.org/" target="_blank" rel="noopener">DRJI</a>, <a href="http://ebscohost.com/" target="_blank" rel="noopener">EBSCO</a>, <a href="http://www.who.int/hinari/" target="_blank" rel="noopener">HINARI</a>, <a href="http://infotrac.galegroup.com/itweb/aoneed" target="_blank" rel="noopener">INFORME ACADÊMICO</a>, <a href="http://oaji.net/" target="_blank" rel="noopener">OAIJ</a>,&nbsp;<a href="https://www.redib.org/pt-pt" target="_blank" rel="noopener">REDIB</a>,&nbsp;<a href="http://www.sherpa.ac.uk/romeo/" target="_blank" rel="noopener">SHERPA RoMEO</a>, <a href="http://www.ebscohost.com/academic/sportdiscus-with-full-text" target="_blank" rel="noopener">SPORTDISCUS</a>, <a href="http://www.sumarios.org" target="_blank" rel="noopener">SUMÁRIOS.ORG</a>, <a href="http://apps.webofknowledge.com" target="_blank" rel="noopener">WEB OF SCIENCE</a>,&nbsp;<a href="https://www.worldcat.org/" target="_blank" rel="noopener">WORLDCAT</a></li> </ul> <div>&nbsp;</div> </div> <div>nas <a href="/index.php/rbff/announcement/view/4">bases indexadoras</a>:</div> <div>&nbsp;</div> <div> <ul> <li class="show"><a href="http://www.citefactor.org/" target="_blank" rel="noopener">CITEFACTOR</a>, <a href="http://ezb.uni-regensburg.de/" target="_blank" rel="noopener">CZ3</a>,&nbsp;<a href="http://diadorim.ibict.br" target="_blank" rel="noopener">DIADORIM</a>, <a href="http://www.freemedicaljournals.com/" target="_blank" rel="noopener">FMJ</a>, <a href="http://globalimpactfactor.com/" target="_blank" rel="noopener">GIF&nbsp;(Global Impact Factor)</a>, <a href="http://generalimpactfactor.com/" target="_blank" rel="noopener">GIF (General Impact Factor)</a>,&nbsp;<a href="http://scholar.google.com.br" target="_blank" rel="noopener">GOOGLE SCHOLAR</a>,&nbsp;<a href="http://impactfactorservice.com/" target="_blank" rel="noopener">IIFS</a>,&nbsp;<a href="http://www.journalindex.net/" target="_blank" rel="noopener">JOURNAL INDEX</a>,&nbsp;<a href="http://www.jourinfo.com/index.html" target="_blank" rel="noopener">JOURNAL INFORMATICS</a>, <a href="http://www.journals4free.com/" target="_blank" rel="noopener">J4F</a>, <a href="http://www.journaltocs.ac.uk" target="_blank" rel="noopener">JOURNALTOCS</a>, <a href="http://www.latindex.unam.mx" target="_blank" rel="noopener">LATINDEX</a>, <a href="https://portalnuclear.cnen.gov.br/livre/Inicial.asp" target="_blank" rel="noopener">LIVRE!</a>, <a href="http://miar.ub.edu/" target="_blank" rel="noopener">MIAR</a>, <a href="http://www.periodicos.capes.gov.br" target="_blank" rel="noopener">PORTAL DE PERIÓDICOS CAPES</a>, <a href="http://seer.ibict.br/" target="_blank" rel="noopener">SEER</a>, <a href="http://sindexs.org/Default.aspx" target="_blank" rel="noopener">SIS</a>, <a href="http://www.sjifactor.inno-space.org/" target="_blank" rel="noopener">SJIF</a>, <a href="http://sjournals.net/" target="_blank" rel="noopener">SJOURNALS INDEX</a>, <a href="http://oasisbr.ibict.br" target="_blank" rel="noopener">OASISBR</a>, UIF, <a href="http://qualis.capes.gov.br/webqualis/" target="_blank" rel="noopener">QUALIS PERIÓDICOS</a></li> </ul> </div> <div> <p>&nbsp;</p> <p>e nas <a href="/index.php/rbff/announcement/view/7">universidades/bibliotecas</a>:&nbsp;</p> <ul> <li class="show"><a href="https://neos.library.ualberta.ca/uhtbin/cgisirsi/x/0/0/57/5?user_id=WUAARCHIVE&amp;searchdata1=ocn895736911" target="_blank" rel="noopener">ALBERTA</a>&nbsp;(Canada),&nbsp;<a href="http://aleph-www.ub.fu-berlin.de/F/BJNPRR5F7A6N8XBPRLPE4M9UIN7LDKVAA4CN54TM5SB5QBD2SB-07562?func=find-e&amp;request=Revista+brasileira+de+obesidade%2C+nutri%C3%A7%C3%A3o+e+emagrecimento&amp;find_scan_code=FIND_WRD&amp;adjacent=N" target="_blank" rel="noopener">BERLIN</a>&nbsp;(Alemanha),&nbsp;<a href="http://ul-newton.lib.cam.ac.uk/vwebv/search?searchCode1=ISSN&amp;searchType=2&amp;argType1=any&amp;searchArg1=1984-4956" target="_blank" rel="noopener">CAMBRIDGE</a>&nbsp;(Inglaterra),&nbsp;<a href="https://opac.ub.tum.de/search?bvnr=BV043314178" target="_blank" rel="noopener">MUNIQUE</a>&nbsp;(Alemanha),&nbsp;<a href="https://searchworks.stanford.edu/?q=895736911" target="_blank" rel="noopener">STANFORD</a>&nbsp;(Estados Unidos), <a href="http://copac.jisc.ac.uk/" target="_blank" rel="noopener">COPAC</a>,&nbsp;<a href="https://ie.on.worldcat.org/oclc/895736911" target="_blank" rel="noopener">IE LIBRARY</a>, <a href="http://www.rebiun.org/" target="_blank" rel="noopener">REBIUN</a>,&nbsp;<a href="http://www.worldcat.org/oclc/895736911" target="_blank" rel="noopener">WORLDCAT</a></li> </ul> </div> <div> <p><strong>&nbsp;</strong></p> <p><a href="/index.php/rbff/announcement/view/5"><strong>FATOR DE IMPACTO DA RBFF</strong></a></p> <p><strong><a href="/index.php/rbff/announcement/view/6"><strong>CIRC DA RBFF</strong></a></strong></p> </div> pt-BR <p>Autores que publicam neste periódico concordam com os seguintes termos:</p> <ul> <li class="show">Autores mantém os direitos autorais e concedem ao periódico o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a <a href="https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/" target="_blank" rel="noopener">Creative Commons Attribution License BY-NC</a> que permitindo o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria do trabalho e publicação inicial neste periódico.</li> <li class="show">Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada neste periódico (ex.: publicar em repositório institucional ou como capí­tulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial neste periódico.</li> <li class="show">Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citaçõo do trabalho publicado (Veja <a href="http://opcit.eprints.org/oacitation-biblio.html" target="_new">O Efeito do Acesso Livre</a>).</li> </ul> coppinavarro@ibpefex.com.br (Antonio Coppi Navarro) francisco@francisconunesnavarro.com.br (Francisco Nunes Navarro) dom, 07 nov 2021 01:57:24 -0700 OJS 3.1.2.4 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 Resenha do filme La Partita http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1133 <p>O objetivo deste estudo foi resenhar o filme La partita (título em português: Decisão), que começou a ser exibido pela Netflix em 2020. Esse longa-metragem aborda centralmente a final de uma competição futebolística de jovens, permeada por duas apostas. O presidente do Sporting Roma aposta 50 mil euros na sua vitória para pagar à instalação de grama sintética no estádio G. S. Quarticciolo, serviço contratado por seu filho, um dependente químico que gera dívidas, comprometendo as finanças do clube. Já o pai do principal atleta da equipe aposta na derrota, e ainda coage o filho a jogar mal e perder. Ainda que a qualidade da obra seja discutível, esse enredo ilustra claramente que o futebol transcende os limites do campo de jogo por meio de práticas sobre esse realizadas, característica que o legitima como um dos objetos das Ciências Humanas e Sociais.</p> Bruno José Gabriel, Bruno Pedroso, Miguel Archanjo de Freitas Junior Copyright (c) 2021 Bruno José Gabriel, Bruno Pedroso, Miguel Archanjo de Freitas Junior https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1133 dom, 07 nov 2021 01:56:21 -0700 O uso de videogames melhora o conhecimento tático declarativo de jovens jogadores de futebol? http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1134 <p>Nosso principal objetivo foi investigar como os videogames influenciaram o conhecimento tático declarativo (CTD) dos jovens jogadores de futebol. Nossa amostra foi composta por 70 jogadores de futebol masculino nas categorias Sub-13, Sub-15 e Sub-17 do Projeto de Extensão ‘Futebol UFJF’. Para a avaliação do CTD, foi utilizado o teste validado por Mangas (1999), cujo instrumento foi adaptado por Giacomini et al., (2011), considerando-se assim a melhor resposta possível e a hierarquia (da primeira à quarta) entre as demais respostas. Em relação à prática de videogame, foi utilizado um questionário de autorrelato. Embora os resultados não tenham mostrado diferença estatisticamente significativa na relação videogame / CTD, o nível de DTK foi maior em atletas que jogaram videogame em comparação com aqueles que não o fizeram (685 ± 47 versus 637 ± 92, p=0,26). Assim, podemos concluir que embora jogar videogame possa estimular o CTD, ele não tem influência significativa em jovens jogadores de futebol com muita experiência na prática esportiva.</p> Felipe Fernandes da Silva, Thadeu Rodrigues, Maicon Radtke, Eduardo Cardoso Vidigal, Aline Ribeiro, Yuri Campos, Francisco Zacaron, Jeferson Vianna, Jefferson Novaes, Marcelo Matta Copyright (c) 2021 Felipe Fernandes da Silva, Thadeu Rodrigues, Maicon Radtke, Eduardo Cardoso Vidigal, Aline Ribeiro, Yuri Campos, Francisco Zacaron, Jeferson Vianna, Jefferson Novaes, Marcelo Matta https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1134 dom, 07 nov 2021 01:56:13 -0700 Panorama do sistema de captação de atletas dos clubes brasileiros de futebol http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1132 <p>O futebol é o esporte mais praticado por jovens no Brasil, este profissionalizou-se na década de 1930. Com o aumento da demanda por jogadores iniciou-se o processo de captação de atletas, sendo as “peneiras” o principal método utilizado. A identificação de talentos é o processo responsável pela entrada de atletas na categoria de base dos clubes, através da utilização de meios e métodos para selecionar os atletas com maiores potenciais a longo prazo, se bem conduzido, torna-se uma boa fonte de renda dos clubes através da venda de jogadores, que atualmente é a segunda maior fonte de receita entre os clubes brasileiros. Este estudo tem como foco o processo de identificação de talentos de atletas de futebol no Brasil, na categoria masculina e feminina, utilizando a metodologia de análise de conteúdo dedutiva, analisando de maneira qualitativa os websites oficiais dos clubes brasileiros. Os resultados demonstraram que a faixa etária apta a serem selecionados pelos clubes é de 5 à 19 anos para a categoria masculina e 13 à 17 anos para a feminina, o principal método utilizado foram os processos seletivos em ambas as categorias, sendo os treinadores e observadores técnicos os responsáveis pela avaliação, utilizando-se principalmente os critérios técnicos e físicos para a aprovação final. Os resultados sugerem que os processos de identificação de talentos no Brasil são suscetíveis ao desperdício de talentos, através do uso majoritário dos processos seletivos, que são incapazes de fornecerem informações fidedignas sobre o desempenho a longo prazo.</p> Henrique do Nascimento Borges, Ana Lúcia Padrão dos Santos Copyright (c) 2021 Henrique do Nascimento Borges, Ana Lúcia Padrão dos Santos https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1132 dom, 07 nov 2021 01:56:06 -0700 Efeito da idade relativa e trajetória esportiva: uma análise de jovens atletas indicados ao prêmio Golden Boy http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1131 <p>Introdução: No esporte sabe-se que a data de nascimento pode influenciar diretamente no processo de identificação e desenvolvimento esportivo de crianças e adolescente, tal fenômeno é identificado como o Efeito da Idade Relativa (EIR). Objetivo: Identificar o efeito da idade relativa (EIR) e a trajetória esportiva de jovens atletas indicados ao prêmio Golden Boy. Materiais e Métodos: A amostra foi composta por 102 atletas que foram indicados ao prêmio, entre os anos de 2003 e 2013. Na amostra foram selecionados os 10 primeiros colocados de cada ano. O recorte temporal do levantamento ocorreu com a intenção de apanhar os indicados até o ano de 2013, para que fosse possível analisar a sequência da carreira nos anos posteriores. Foram coletados as seguintes informações sobre os jogadores indicados ao prêmio: data de nascimento e número de convocações para as seleções nacionais até o ano de 2019. A coleta de dados foi realizada diretamente no site do Jornal Italiano Tuttosport&nbsp; (www.tuttosport.com/)&nbsp; idealizador do prêmio. As informações gerais dos jogadores foram obtidas no site O Gol (www.ogol.com.br). A normalidade dos dados foi testada por meio do teste de kolmogorov-Smirnov. Foi realizado o teste qui­-quadrado (χ2) para a comparação da distribuição esperada e observada nos quartis e semestres de nascimento dos atletas. Resultados: Foi observado uma diferença significativa, com maior frequência de atletas nos primeiros quartis (1,2). Em relação a trajetória dos atletas foi observado que 66,7% dos jogadores fizeram no mínimo 20 jogos pelas suas respectivas seleções, e 35,5% não atingiram o valor mínimo estabelecido nesse estudo. Conclusão: Foi constatado o Efeito da Idade Relativa entre os jovens jogadores indicados ao prêmio Golden Boy.</p> Rafael Andrade Gomes, Luciano Bernardes Leite, Leonardo Mateus Teixeira de Rezende , José Geraldo do Carmo Salles Copyright (c) 2021 Rafael Andrade Gomes, Luciano Bernardes Leite, Leonardo Mateus Teixeira de Rezende , José Geraldo do Carmo Salles https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1131 dom, 07 nov 2021 01:55:57 -0700 Coordenação motora de praticantes de futebol: um estudo comparativo entre locais de prática http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1127 <p>O objetivo do estudo foi comparar o nível de coordenação motora com bola de praticantes de futebol de distintos locais de prática, considerando o tempo de prática e a experiência competitiva. Avaliou-se 24 meninos (9 de escolinhas franquiadas e 15 de associação de bairro) com idade entre 10 e 12 anos. O instrumento de medida utilizado foi o Teste de Coordenação Motora com Bola. Entre os resultados, não foi evidenciado diferença estatisticamente significativa dos escores para o tempo de prática na modalidade e para a experiência competitiva. Os praticantes de futebol da associação de bairro obtiveram melhor nível coordenativo na habilidade de transportar a bola com pé (p=0,031) e com mão (p=0,003). Por outro lado, os praticantes da escolinha de futebol franquiada obtiveram melhor nível coordenativo na habilidade de condução da bola na linha (p=0,006). Conclui-se que o tempo de prática no futebol, assim como a experiência competitiva não foram fatores determinantes para obtenção de maiores escores nas tarefas da coordenação motora com bola e, que nos distintos locais de prática ora a habilidade de transportar a bola ora a condução na linha sobressaíram para a associação de bairro e para a escolinha franqueada, respectivamente, o que indica a necessidade de avaliação da capacidade coordenativa com bola como indicar do desenvolvimento das habilidades esportivas.</p> Layla Maria Campos Aburachid, Schelyne Ribas, Vanderson Silva de Souza, Gabriella Nelli Monteiro, Tatiane Mazzardo, Willian José Bordin da Silva Copyright (c) 2021 Layla Maria Campos Aburachid, Schelyne Ribas, Vanderson Silva de Souza, Gabriella Nelli Monteiro, Tatiane Mazzardo, Willian José Bordin da Silva https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1127 dom, 07 nov 2021 01:55:53 -0700 Influência dos gols de pênalti na UEFA Champions League: uma análise das equipes vencedoras e perdedoras http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1126 <p>O futebol vem sendo estudado constantemente, principalmente, na área de análise de jogo. Pesquisadores buscam compreender e estudar a modalidade e encontrar soluções para quebrar a linha da defesa adversária. Dentro dessas soluções, os gols de pênalti se destacam pela sua importância durante os 90 minutos, resultando em algumas ocasiões nas vitórias das equipes. Dessa forma, o presente estudo buscou analisar e comparar a influência dos gols de pênalti durante a fase de grupo dos torneios da UEFA Champions League nas temporadas de 2010 a 2020, relacionando as equipes vencedoras e perdedoras com as equipes classificadas e desclassificadas para a fase eliminatória da competição. Para isso, foram analisadas as súmulas de todas as 960 partidas da fase de grupo dos torneios da UEFA Champions League nas temporadas citadas, sendo contabilizadas apenas as partidas que registraram gols de pênalti. Assim, apesar de constatar diferença significativa entre as equipes vencedoras e perdedoras (t<sub>158</sub>=3.289, p=0.001), não houve diferença entre as equipes classificadas e desclassificadas (t<sub>211</sub>=1.479, p=0.141). As equipes precisam de um modelo de jogo bem estruturado, para assim, usufruir da bola parada. Dessa maneira, a partir deste modelo de jogo, com variações de ações ofensivas e defensivas, os gols de pênalti serão importantes, obtendo melhores índices de performance.</p> Gabriel Luis Franco Ruy de Souza, Rodrigo Andrade de Amaral, Márcio Pereira Morato Copyright (c) 2021 Gabriel Luis Franco Ruy de Souza, Rodrigo Andrade de Amaral, Márcio Pereira Morato https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1126 dom, 07 nov 2021 01:54:21 -0700 Estudo comparativo da ferramenta expected goals entre as ligas internacionais e campeonato brasileiro http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1125 <p>O gol é o momento mais importante no futebol, e apesar disso, são raras as chances criadas. Este é um dos motivos pelos quais os clubes buscam atacantes talentosos, gerando alto custo, os técnicos buscam criar estratégias para bloquear as equipes adversárias, tornando o futebol ainda mais complexo. Com base nos acontecimentos dos jogos e comparando o número de oportunidades de gols criados durante a partida, a ferramenta Expected Goals (Xg) é uma maneira de quantificar essas chances de pontuação. É uma ferramenta usada para quantificar as oportunidades de gols, permitindo melhor compreensão da capacidade das equipes em marcar gols.</p> Eduardo Weinhardt, Leonardo Pivesso, Zair C. Oliveira Netto Copyright (c) 2021 Eduardo Weinhardt, Leonardo Pivesso, Zair C. Oliveira Netto https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1125 dom, 07 nov 2021 01:54:12 -0700 Uefa Champions League: panorama acerca dos momentos decisivos, influência da vantagem inicial e local da partida http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1121 <p>O futebol é uma das modalidades mais difundidas no mundo e a modalidade mais praticada no Brasil. Com isso, junto a crescente importância da Análise de Jogo, o presente estudo teve como objetivo analisar e caracterizar os jogos da UEFA Champions League nas temporadas 2016-2019, de acordo com fatores determinantes para uma maior chance de êxito nos jogos. Para isso, foram analisadas as súmulas de todas as 375 partidas da UEFA Champions League nas temporadas citadas, resultando na constatação de momentos mais decisivos das partidas e da influência da vantagem inicial sobre vitória, assim como, a influência do local da partida. Houve diferença significativa na relação das influências supracitadas com o índice de vitórias e da frequência de gols entre os períodos das partidas (p&lt;0,001).</p> Giovanni Henrique Teixeira dos Santos Góes, Rodrigo Andrade Amaral, Márcio Pereira Morato Copyright (c) 2021 Giovanni Henrique Teixeira dos Santos Góes, Rodrigo Andrade Amaral, Márcio Pereira Morato https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1121 dom, 07 nov 2021 01:54:05 -0700 Análise dos gols de cobranças de escanteio diretas à área de pênalti no campeonato brasileiro série a temporadas 2018 e 2019 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1117 <p><audio class="audio-for-speech"></audio></p> <div class="translate-tooltip-mtz hidden"> <div class="header">&nbsp;</div> </div> <p>As cobranças de escanteio adquirem um status relevante em relação às outras fases do jogo de futebol. Assim, o presente estudo tem por objetivo descrever e analisar os gols de escanteio na elite do futebol brasileiro, quando cobrados diretamente à zona de pênalti. Este é um estudo observacional retrospectivo, com abordagem descritiva e associativa, cuja amostra é constituída por 172 cobranças de escanteio onde a sequência resultou em gol. Em uma análise inferencial adotamos o teste estatístico Qui-quadrado e o teste de Fisher (Exact Test) para verificarmos as associações entre as variáveis. O software utilizado foi o SPSS v.25 e o nível de significância mantido em 5%. A fiabilidade dos dados foi verificada pelo índice de Kappa de Cohen com valores de concordância acima de 0,81 para inter e intra-avaliador. Os resultados apontaram predominância de gols com finalização de primeira (57%), de cabeça (64,5%), em cobranças com o pé direito (67%). Isso se deu, provavelmente, pelo fato da maioria das cobranças serem altas, pela maioria dos cobradores serem destros e pela curta distância ao gol da equipe defensora. Destacamos também que em 86,1% dos gols a equipe atacante venceu o primeiro confronto aéreo e 61,6% dos gols foram decisivos para vitória ou empate (principalmente para equipe visitante não perder). Concluímos que o primeiro confronto aéreo apresenta uma tendência de ocorrência maior nas zonas centrais da área de pênalti, porém sendo nas zonas da pequena área que mais ocorrem finalizações para gol.</p> Artur Saccilotto Sigallis Souza, Gustavo Henrique Somavilla, Elto Legnani, Rogério da Cunha Voser, Marcelo Silva Cardoso, José Cícero Moraes Copyright (c) 2021 Artur Saccilotto Sigallis Souza, Gustavo Henrique Somavilla, Elto Legnani, Rogério da Cunha Voser, Marcelo Silva Cardoso, José Cícero Moraes https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1117 dom, 07 nov 2021 01:53:57 -0700 Análise tático-técnica no futebol: comparação do campeão europeu 2018-19 com o campeão sul-americano 2019 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1115 <p>O sistema de jogo, a tática, a técnica podem diferir equipes em seus diferentes modelos de jogo. Equipes da mesma região se diferem dentro de seus contextos, objetivos, estratégias e métodos de jogo, assim como equipes de regiões diferentes, com filosofia de jogo, objetivo, estrutura, jogadores, comando técnico e ideias táticas. A discussão que circunda o mundo do futebol a algum tempo é a diferença entre o futebol europeu e o futebol sul-americano, em seus diversos aspectos. O objetivo deste estudo é analisar e comparar duas equipes representativas de ambos estilos de jogo nos quesitos táticos-técnicos. As partidas analisadas foram compostas pelas fases semifinais e finais dos campeões da Copa Libertadores da América de 2019, da UEFA Champions League temporada 2018-2019 e do Mundial de Clubes da FIFA 2019. As análises tático-técnicas foram feitas com a fórmula do Golden Index e através de uma matriz de adjacência e gráficos ponderados de análise de redes sociais. Foi feito também uma análise do confronto entre as duas equipes, levando em conta o Match-Status e o resultado final da partida. Foi elaborada uma tabela total com as ações de todas as partidas e aplicado um teste t para verificar a significância estatística nas diferenças. A comparação entre esses resultados foi feita de maneira simples e direta. As equipes se assemelham em índices táticos-técnicos não apresentando diferenças gerais significativas. Eles se diferenciam na comparação tático tático-técnica por posição das equipes e nos fundamentos mais utilizados, conferindo a elas características de concentração de jogo e ocupação do campo em diferentes setores, sendo a equipe europeia faixa central e a equipe sul-americana a faixa lateral de campo.</p> Gabriel Ramos Moraes, Márcio Pereira Morato Copyright (c) 2021 Gabriel Ramos Moraes, Márcio Pereira Morato https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1115 dom, 07 nov 2021 01:43:00 -0700 Utilizando abordagens de aprendizado de máquina para prever resultados de jogos: o caso da liga nacional de futsal http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1110 <p>O uso de técnicas de aprendizado de máquina na área esportiva cresce dia a dia. Áreas como análise esportiva, previsão de resultados e prevenção de contusões se apoiam cada mais nessas técnicas para obterem resultados mais eficazes. Neste contexto, este trabalho tem como objetivo prever os resultados de partidas de futsal da Liga Nacional de Futsal (LNF) (vencedor mandante, vencedor visitante e empate) utilizando os dados gerados durante o primeiro tempo da partida. Os dados foram extraídos do sítio da LNF e, além, dos atributos extraídos, seis novos atributos baseados na força dos times foram propostos. Os dados correspondem às temporadas de 2016 a 2019. A previsão dos resultados é feita através de modelos construídos por algoritmos de aprendizado de máquina. A validação do modelo foi feita através da acurácia dos resultados de previsão. Foram criados dez modelos de previsão e os resultados foram organizados da seguinte forma: o desempenho individual de cada modelo e um comitê de votação em que o resultado mais votado é o resultado utilizado na previsão. Resultados apontam que os modelos individuais possuem melhores desempenhos em prever um resultado específico (e.g., vitória do mandante) chegando a 95% de acurácia. Por outro lado, o comitê obteve um melhor desempenho nos resultados agrupados, chegando a quase 79% de acurácia.</p> Denio Duarte, Jefferson Alexandre Coppini Copyright (c) 2021 Denio Duarte, Jefferson Alexandre Coppini https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1110 dom, 07 nov 2021 01:42:53 -0700 Os efeitos da resistência da pirâmide dupla e do treinamento de velocidade da pirâmide em algumas adaptações fisiológicas de jovens jogadores de futebol de elite http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1109 <p>Este estudo teve como objetivo investigar os efeitos do treinamento resistido em pirâmide dupla (DPRT) e do treinamento de velocidade em pirâmide (PST) sobre algumas adaptações fisiológicas de jovens jogadores de futebol de elite. 30 jogadores de futebol (idade 18,31 ±2,5 anos; estatura 177,2 ±4,6 cm; peso 74,25 kg e% GC 14,60 ±5,03) foram divididos aleatoriamente em três grupos de DPRT (n=10), PST (n=10) e controle (n=10). Os sujeitos treinaram por 40 minutos, 3 sessões por semana, 8 semanas usando dois padrões de exercício. Após a garantia da distribuição normal dos dados (teste de Kolmogorov-Smirnov), o teste MANCOVA e o teste sidak post-hoc mostraram melhora significativa no peso corporal, IMC, massa de gordura corporal, força muscular da parte inferior do corpo, potência de pico e potência média para DPRT comparar para PST e grupos de controle (p≤0,05). Por outro lado, o grupo PST apresentou resultados significativamente melhores no recorde de corrida de 30 metros, tempo de corrida de 400 metros e queda do sprint em comparação aos grupos DPRT e controle (p≤0,05). A resistência muscular e flexibilidade fazem mais melhorias por DPRT e PST em comparação com o grupo de controle (p≤0,05). Em conclusão, parece que ambos os modelos de treinamento foram adequados para aumentar as variáveis ​​fisiológicas, embora o DPRT provavelmente melhore a força muscular e a hipertrofia, enquanto o PST pode ser mais eficaz na melhoria das variáveis ​​de sprint de jovens jogadores de futebol de elite.</p> Mohammad Mohammadi, Azadeh Naderi, Farah Asadi Copyright (c) 2021 Mohammad Mohammadi, Azadeh Naderi, Farah Asadi https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1109 dom, 07 nov 2021 01:42:44 -0700 Estratégias para o desenvolvimento da liga premier iraniana marca com base no Balanced Scorecard (BSC) http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1107 <p>Objetivo: Uma marca é um dos ativos intangíveis mais valiosos de qualquer organização e a análise estratégica dos fatores que afetam o desenvolvimento da marca em qualquer organização, incluindo a Premier League iraniana, é absolutamente vital. O presente estudo tenta analisar os fatores de desenvolvimento da marca da Premier League iraniana integrando uma abordagem de balanced scorecard (BSC). Desenho / metodologia / abordagem: O estudo foi realizado em duas seções, incluindo as seções qualitativa e quantitativa. A população estatística consistia em professores de gestão esportiva com experiência em marketing especializada, especialistas em futebol, bem como executivos da liga e clubes de futebol. As amostras para o estudo nas seções qualitativa e quantitativa incluíram 18 e 85 indivíduos, respectivamente, os quais foram selecionados por meio de amostragem não probabilística de julgamento (opinião de especialistas). Achados: Os resultados mostraram que, na seção qualitativa, 157 elementos foram identificados como influenciadores do desenvolvimento da marca da liga e, a seguir, categorizados em codificação axial em 35 conceitos e dez grupos no estágio de codificação seletiva. Na seção quantitativa, a prioridade de cada uma das dimensões e estratégias do BSC que influenciam o desenvolvimento da marca foi determinada por um método de comparação em pares usando a técnica AHP. Entre as dimensões do balanced scorecard, os processos internos foram prioritários. Originalidade / valor: a aplicação deste modelo pode familiarizar os gerentes com as estratégias de aprimorar e desenvolver a marca da Premier League iraniana e permitir a integração da avaliação de desempenho da marca da Premier League iraniana.</p> Negar Gholipour, H. Eidi, B. Yousefi, S. Soroush Copyright (c) 2021 Negar Gholipour, H. Eidi, B. Yousefi, S. Soroush https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1107 dom, 07 nov 2021 01:42:37 -0700 Capacidade aeróbia de praticantes universitários regulares de futsal pode ser melhorada com treinamento aeróbio concomitante? http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1104 <p>A modalidade esportiva futsal pode ser praticada com diferentes objetivos por pessoas de ambos os sexos e variadas idades. Pode ser utilizada para melhora do condicionamento aeróbio, que está diretamente relacionado com a saúde. No entanto, o praticante mesmo que assíduo pode não atingir os níveis recomendados para saúde somente pela prática da modalidade, podendo o treinamento aeróbio auxiliar nessa questão. O objetivo deste estudo foi avaliar o condicionamento aeróbio de adultos universitários praticantes de futsal antes e depois de um treinamento aeróbio concomitante. Materiais e Métodos: Participaram do estudo 14 voluntários (11 do sexo masculino) com idade média de 23,1±3,8 anos, praticantes regulares de futsal a pelo menos um ano. A prática do esporte era de duas vezes semanais. Além do treinamento específico do futsal, os voluntários realizaram em uma das duas sessões um treinamento aeróbio intervalado concomitante durante oito semanas (uma vez por semana, 30 minutos/dia). Foram realizadas medidas de antropometria e testada a capacidade aeróbia com o Teste de Leger antes e após o período de treinamento. Todas as análises foram realizadas com nível de significância pré-estabelecido (α = 5%).&nbsp; Resultados: Após o treinamento foi observado aumento significativo nos perímetros dos membros e no consumo máximo de oxigênio (VO<sub>2máx</sub>) e houve tendência a diminuição das dobras cutâneas. Conclusão: O treinamento proposto atendeu às expectativas, com melhora no condicionamento aeróbio e em parâmetros antropométricos dos participantes, mesmo em praticantes regulares da modalidade do futsal.</p> Douglas Joaquim de Oliveira, Anderson dos Santos Carvalho, Pedro Pugliesi Abdalla, Jair Rodrigues Garcia Junior Copyright (c) 2021 Douglas Joaquim de Oliveira, Anderson dos Santos Carvalho, Pedro Pugliesi Abdalla, Jair Rodrigues Garcia Junior https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1104 dom, 07 nov 2021 01:42:29 -0700 Comparação dos efeitos agudos dos métodos fnp e estabilização (fifa 11+) no equilíbrio dinâmico de atletas de futebol universitário http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1103 <p>Introdução: O futebol é o esporte mais praticado do mundo, abrangendo atletas profissionais e amadores, motivando a FIFA a elaborar o Manual 11+. Os exercícios de estabilização articular e de tronco assumem destaque no processo de reabilitação e prevenção de lesões objetivando a melhora do equilíbrio estático e/ou dinâmico. Existem técnicas de facilitação neuromuscular proprioceptiva (FNP) com o mesmo objetivo, como a estabilização rítmica pouco utilizada no meio esportivo. Objetivo: avaliar os efeitos agudos do protocolo dos exercícios de equilíbrio propostos pelo FIFA 11+ em comparação ao mesmo protocolo adicionado do conceito FNP no equilíbrio dinâmico de atletas de futebol de campo da equipe universitária. Caracterização da pesquisa: Ensaio Clínico. População: Atletas de futebol de campo da equipe universitária Ulbra-Canoas, sexo masculino (n=18). Procedimento de Coleta de dados: Foram avaliados com o instrumento SEBT na coleta de dados e imediatamente após a realização de uma única intervenção com FNP e FIFA 11+. Resultados: Intervenção com FNP aumentou a amplitude na direção AM e POST executados com membro inferior E (p&lt;0,05), a qual representava menor dominância entre os atletas que participaram da amostra. Conclusão: FNP associado ao FIFA 11+ possui melhores efeitos agudos para o equilíbrio dinâmico de atletas universitários.</p> Jéssica da Silva Becker Correia, Gustavo Andrade Martins, Leandro Giacometti da Silva, Erik Menger Silveira, Tainara Steffens, Caroline Pietta-Dias, Eduardo Lusa Cadore Copyright (c) 2021 Jéssica da Silva Becker Correia, Gustavo Andrade Martins, Leandro Giacometti da Silva, Erik Menger Silveira, Tainara Steffens, Caroline Pietta-Dias, Eduardo Lusa Cadore https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1103 dom, 07 nov 2021 01:28:18 -0700 La Evaluación de la resistencia especial en jugadores de fútbol categoría pre juvenil del club Boca Juniors http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1101 <p>Este articulo tiene como finalidad evaluar la resistencia especial en jugadores de fútbol categoría pre juvenil del club Boca Juniors Nariño de la ciudad de San Juan de Pasto, la metodología en el estudio descriptivo es correlacionar, dentro de un marco cuantitativo, la muestra intencionada con una cantidad de 15 sujetos de 14 a 17 años de edad a través de unos test en condiciones especiales que arrojen resultados confiables. Consecuentemente las variables expuestas son evaluadas a través de criterios numéricos (tiempo) de carácter netamente cuantitativo. Acorde a la conclusión con los objetivos se verificó la correlación bajo un análisis estadístico consecuentemente los resultados son de correlación positiva, es decir, a mayor puntuación positiva de las variables de los test físicos, el desempeño físico por parte de cada jugador en el terreno de juego es mayor.</p> Julian Andres Hernandez Aux, Daniel Isaac Muñoz Mora, Cristian Camilo Oviedo Ruales Copyright (c) 2021 Julian Andres Hernandez Aux, Daniel Isaac Muñoz Mora, Cristian Camilo Oviedo Ruales https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1101 dom, 07 nov 2021 01:28:13 -0700 O time de ouro húngaro e o carrossel holandês: uma análise dos sistemas táticos http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1026 <p>O estudo objetivou analisar os sistemas táticos do time de ouro húngaro e do carrossel holandês a fim de identificar as suas contribuições para o futebol moderno. Para isto, a pesquisa caracteriza-se como qualitativa do tipo documental, onde os dados analisados foram vídeos dos jogos de ambas as seleções disponíveis em plataformas online devido a sua disponibilidade e praticidade, Os dados obtidos indicaram que a seleção húngara de 1954 e a holandesa de 1974 apresentavam sistemas táticos a frente do seu tempo, o que contribuiu para revolucionar o futebol em diversos aspectos. Com isso, concluímos que ao analisar os sistemas táticos dessas seleções percebemos a sua importância para o cenário atual do futebol onde diversos times campeões empregam seus conceitos de jogo.</p> Ho Shin Fu Copyright (c) 2021 Ho Shin Fu https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1026 dom, 07 nov 2021 01:28:06 -0700 Em 2020, que metodologias de ensino são usadas nas escolas de futebol http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/991 <p>O futebol é um dos esportes mais conhecidos e praticados no mundo, promovendo o envolvimento direto e indireto de todos os envolvidos, de diferentes idades e classes sociais, influenciando todo o ambiente e indiretamente tudo ao seu redor. Nesse sentido, nosso estudo vem fazer uma pesquisa com profissionais que trabalham com a modalidade de futebol e poder observar se as metodologias utilizadas evoluíram no contexto prático, e como uma pesquisa de campo Qualitativa Descritiva foi realizada na forma de questionário com quinze treinadores e professores de ambos os sexos de clubes de futebol. Os resultados mostram que os treinadores têm experiência em diferentes metodologias de ensino de futebol e o método mais utilizado para o ensino de futebol é o Global-funcional, ao invés de que o método mais conhecido é o analítico-sintético mostrado pelos resultados dos treinadores, então em 2020 é uma tendência a trabalhar com metodologias que envolvam o grupo de jovens atletas, deixando os mais motivados.</p> Danilo Cunha Albano, Gustavo Batista de Azevedo, Juliana Rodrigues dos Santos, Jeferson Santana, Carlos Eduardo Verardi, Elias de França, Erico Chagas Caperuto, André Rinaldi Fukushima, Vinicius Barroso Hirota Copyright (c) 2021 Danilo Cunha Albano, Gustavo Batista de Azevedo, Juliana Rodrigues dos Santos, Jeferson Santana, Carlos Eduardo Verardi, Elias de França, Erico Chagas Caperuto, André Rinaldi Fukushima, Vinicius Barroso Hirota https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/991 dom, 07 nov 2021 01:27:59 -0700 Análise da incidência de gols durante a competição em São Luís-MA categoria adulto feminino http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/979 <p>O objetivo do presente estudo foi quantificar e analisar as incidências de finalizações convertidas (gols) quanto à distância e o setor de efetivação durante um campeonato local de futsal feminino adulto. A amostra foi composta por análise de 31 jogos da Copa Aberta de Futsal Feminino adulto 2017. A coleta dos dados foi realizada em tempo real, por meio de preenchimento in loco de um scout que reproduz as dimensões de uma quadra de futsal oficial. A análise da distância das ações do jogo ocorreu com demarcação de quatro linhas: LINHA1 ou perto, LINHA2 ou média, LINHA3 ou longe e LINHA4 ou distante. A análise do setor das ações do jogo ocorreu com a demarcação de três linhas, de acordo com as regiões da quadra: ala direita, setor central e ala esquerda. Em trinta e um jogos ocorreram 167 gols, portanto 19,03% de efetividade de finalizações. O setor central apresentou maior número de gols (72%). A análise da distância das finalizações convertidas (gols) mostrou uma superioridade da LINHA1 ou curta com 82%. Portanto, de acordo com os achados, a elaboração de estratégias defensivas eficazes nestes locais é necessária, com o intuito de impedir ações de jogo ofensivas dos adversários e consequentemente resultados negativos.</p> Diogo Matheus Barros da Silva, Antonio Coppi Navarro, Bruno Luiz Galvão de Miranda, Ester da Silva Caldas Caldas, Raphael Furtado Marques, Francisco Navarro, Marlon Lemos de Araújo Copyright (c) 2021 Diogo Matheus Barros da Silva, Antonio Coppi Navarro, Bruno Luiz Galvão de Miranda, Ester da Silva Caldas Caldas, Raphael Furtado Marques, Francisco Navarro, Marlon Lemos de Araújo https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/979 dom, 07 nov 2021 01:24:51 -0700 Influência da quantidade de finalizações e gols efetivados no resultado dos jogos por um clube de futsal feminino http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/978 <p>O objetivo deste estudo foi investigar a influência do resultado dos jogos sobre a quantidade de finalizações e gols efetivados por um clube de futsal feminino em um campeonato. O estudo possui natureza observacional, com abordagem analítica e delineamento transversal. Os dados correspondem a filmagem de sete jogos de um campeonato feminino local adulto de São Luís-MA. As variáveis estudadas foram: finalizações interceptadas, defendidas, para fora, na trave e gols efetivados. A estatística foi realizada pelos testes kolmogorov-smirnov (p&lt;0,05) e kruskal-wallis (p&lt;0,05) do software Bioestat®5.3. Foi identificado que menos de 4% das finalizações foram efetivadas, dois tipos finalizações foram mais registrados: bloqueadas e para fora. De acordo com a estatística o resultado dos jogos não apresenta (p&lt;0,05) influência sobre o número de finalizações e gols efetivados. Embora tenha sido possível notar que os jogos com resultados vitoriosos apresentaram maior quantidade de finalizações quando comparado a outros resultados (derrota ou empate).</p> Bruno Luiz Galvão de Miranda, Antonio Coppi Navarro, Diogo Matheus Barros da Silva, Ester da Silva Caldas, Diego Antonio de Jesus Macau, Ernani Eugenio dos Santos Neto, Ezequias Rodrigues Pestana, Raphael Furtado Marques, Francisco Navarro, Marlon Lemos de Araújo Copyright (c) 2021 Bruno Luiz Galvão de Miranda, Antonio Coppi Navarro, Diogo Matheus Barros da Silva, Ester da Silva Caldas, Diego Antonio de Jesus Macau, Ernani Eugenio dos Santos Neto, Ezequias Rodrigues Pestana, Raphael Furtado Marques, Francisco Navarro, Marlon Lemos de Araújo https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/978 dom, 07 nov 2021 01:24:06 -0700 A profissionalização do futebol: uma reflexão acerca das âncoras de carreira de executivos e gerentes de futebol http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1067 <p>A presente revisão narrativa tem como objetivo discorrer sobre as âncoras de carreira, tidas como fatores que motivam os profissionais a exercerem suas funções, relacionando-as com cargos de executivos e gerentes de futebol. O futebol brasileiro vem sendo profissionalizado verticalmente a cada ano com a implementação de legislações específicas que conduzem os clubes à melhora.&nbsp; Neste sentido, a presente revisão narrativa tem como objetivo discorrer sobre as âncoras de carreira, tidas como fatores que motivam os profissionais a exercerem suas funções, relacionando-as com cargos de executivos e gerentes de futebol. As Âncoras de Carreira são classificadas em oito categorias: Competência Técnica/Funcional, Competência Gerência Geral, Autonomia/Independência, Segurança/Estabilidade, Criatividade Empreendedora, Serviço/Dedicação a uma Causa, Puro Desafio e Estilo de Vida. Esse artigo justifica-se pela necessidade de reflexão a respeito da profissionalização no futebol. Assim, analisar e entender as competências e motivações para o exercício das funções de executivos e gerentes de futebol poderá ser um fator de grande relevância para um melhor desempenho das organizações esportivas de futebol.</p> Luciano de Oliveira Elias, Manoel Eduardo do Prado Shamah, Alexandre Patz Hein, Marcos Xavier de Andrade, Rodrigo Carlet, Rogério da Cunha Voser Copyright (c) 2021 Luciano de Oliveira Elias, Manoel Eduardo do Prado Shamah, Alexandre Patz Hein, Marcos Xavier de Andrade, Rodrigo Carlet, Rogério da Cunha Voser https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1067 sáb, 17 jul 2021 07:35:03 -0700 Aspectos cinético-funcionais associados a dor lombar em praticantes de futevôlei http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1097 <p>Introdução: Uma região com importantes números de lesões em atletas do futevôlei é a coluna vertebral, onde que, predominantemente, será instalada na coluna lombar. Objetivo: O presente estudo tem o objetivo de analisar os aspectos cinético- funcionais em atletas de futevôlei de dois clubes, em Montes Claros-MG. Materiais e métodos: Trata-se de uma pesquisa descritiva, com abordagem quantitativa, transversal e correlacional, sendo uma amostra formada por praticantes de futevôlei de dois clubes da cidade de Montes Claros-MG. Para a avaliação do percentual de gordura foi utilizado o protocolo de Jackson e Pollock 3 dobras cutâneas. Avaliação postural com simetrógrafo e o fio de prumo. O nível de atividade física foi investigado pelo International Physical Activity Questionnaire (IPAQ, versão curta). Na avaliação da flexibilidade foi realizado o teste de sentar e alcançar com o Banco de Wells, que foi confeccionado pelos próprios pesquisadores, tendo como base o Banco de Wells. O teste de Thomas foi realizado com o participante em decúbito dorsal na marquesa, que executa flexão da anca contralateral ao membro inferior em teste, com o objetivo de diminuir a curvatura lombar e estabilizar a pelve. Resultados e Discussão: Houve um predomínio do sexo feminino (61%) e a média de idade da amostra foi 24,6 anos. A dor esteve presente em 50% dos avaliados da amostra pesquisada. Não foram encontradas correlações significativas nos participantes com e sem dor. Conclusão: Nesta pesquisa não foram encontradas correlações entre as variáveis pesquisadas e dor lombar em praticantes de futevôlei.&nbsp;</p> Wellington Danilo Soares, Tiarley Patrick Evangelista Antunes, Warley Pereira Moraes Júnior , Jomar Luiz Santos Almeida Copyright (c) 2021 Wellington Danilo Soares, Tiarley Patrick Evangelista Antunes, Warley Pereira Moraes Júnior , Jomar Luiz Santos Almeida https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1097 sáb, 17 jul 2021 07:34:03 -0700 Futsal feminino: caracterização do passe como um dos comportamentos táticos na transição ofensiva http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1095 <p>Assim como os demais jogos esportivos coletivos, a lógica interna do futsal é composta por ataque, defesa, transição ofensiva (TO) e transição defensiva (TR). Baseados nos impactos do jogo de transição defensiva (TR) no futsal torna-se relevante discriminar os diversos aspectos técnico-táticos relacionados à s situações de TR, a fim de termos um levantamento mais detalhado sobre a forma como as equipes realizam a TO em jogos de futsal. O objetivo desse trabalho é apresentar que tipos de passes são mais utilizados no momento de TO, qual a influência e quantos deles geram a maior possibilidade de finalizações e gols em jogos de futsal feminino. Esta investigação é um estudo descritivo e foram 3 finais de campeonato de futsal feminino. Através das análises realizadas nos jogos, foram verificados um total de: 210 passes curtos; 49 passes rápidos; 130 passes longos; 49 passes de infiltração. Ressaltando a predominância de passes curtos 47% e 29% passes longos nas situações de TO. De 70 finalizações através de passe e 13 finalizações que resultaram em gols. Desse modo, foi possível identificar também o nível de efetividade da TO como proposta de jogo, sendo 20% pela equipe visitante e 16% pela mandante. Assim, o passe é um dos comportamentos técnicos da transição ofensiva de fundamental importância para que as equipes consigam gerar uma maior frequência de êxito.</p> Carlos Fernando da Fonseca Pinto, Naislem Sant Ana Santos Santos, Roberto Rocha Costa Copyright (c) 2021 Carlos Fernando da Fonseca Pinto, Naislem Sant Ana Santos Santos, Roberto Rocha Costa https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1095 sáb, 17 jul 2021 07:33:24 -0700 Um Um olhar mercadológico sobre futebol feminino no brasil: análise dos resultados dos times entre os anos 2017 a 2019 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1093 <p>O futebol é um esporte com inúmeras possibilidades de exploração econômica e que movimenta um diversificado mercado. No entanto, apesar dos bons resultados em campo, para o futebol feminino, ainda existem disparidades em relação a resultados financeiros e mercadológicos. Desse modo, é de extrema importância compreender as relações entre os fatores e resultados práticos, técnicos e de mercado para obtenção de maior valorização, estrutura e visibilidade do esporte feminino. Para o estudo, foi realizada uma pesquisa de planejamento estratégico mercadológico de cunho quantitativo descritivo através do modelo ABC, onde foram analisados os times femininos que disputaram o campeonato brasileiro A1. As técnicas amostrais utilizadas foram os resultados de gols nos anos de 2017 a 2019 publicados pela CBF (2020). Foi utilizado o software Excel de análise estatística. Dentre os 10 times analisados, apenas 3 deles (Foz Cataratas com -24, Vitória com -73 e São Francisco com -88) apresentam saldos de gols negativos no período estudado. No entanto, as médias de gols feitos durante o período são próximas, tendo a maior, São Francisco (1,39) e a menor, São José (0,88). Os times São Francisco (5,22) e Corinthians (0,25) tem maior e menor média de gols sofridos, respectivamente. A média de gols indicou Kindermann de Santa Catarina com 1,31 e São Francisco com 6,61. A análise mostrou eficaz para a identificação das médias de gols entre os 10 primeiros colocados no ranking da CBF e para a aferição percentual relativa do impacto do saldo de gols e taxas de crescimento.</p> Hinton Hennington Portilho Bentes Neto, Yasmin Cantuaria Moutinho dos Santos, Ana Beatriz Pereira Portilho Bentes, Fernanda Bergh Pereira Portilho Bentes, Gabriela Bergh Pereira Portilho Bentes Copyright (c) 2021 Hinton Hennington Portilho Bentes Neto, Yasmin Cantuaria Moutinho dos Santos, Ana Beatriz Pereira Portilho Bentes, Fernanda Bergh Pereira Portilho Bentes, Gabriela Bergh Pereira Portilho Bentes https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1093 sáb, 17 jul 2021 07:32:36 -0700 O analista de desempenho no Brasil: panoramas e perspectivas no futebol profissional http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1086 <p>A análise de jogo ou análise de desempenho, dada sua relação com a otimização de performances, ganhou relevância nas últimas décadas no futebol voltado ao alto rendimento como modo de minimizar as imprevisibilidades, inerentes ao jogo, a partir da identificação de forças e fraquezas coletivas e individuais de uma equipe e seus adversários. Tais tarefas, por muito tempo executadas pelo próprio treinador, passaram a ser, tamanha demanda de informações e aumento dos níveis de exigências competitivos, operada por um profissional específico: o analista de desempenho, figura recorrente em grande parte em clubes de futebol profissionais no Brasil.&nbsp; O objetivo do estudo, assim, passou por investigar os panoramas e perspectivas de profissionais da análise de desempenho quanto à função que ocupam no contexto do alto rendimento. Para tanto, foram realizadas entrevistas semiestruturadas, cuja organização das respostas pautou-se na técnica de Análise de Conteúdo. Foi possível apurar que o interesse à função é pavimentado pelo ambiente acadêmico e que as demandas do profissional da análise de desempenho estão norteadas por três vertentes: prospecção de atletas, análises quali-quantitativas de adversários, análises quali-quantitativas da própria equipe, tanto no âmbito coletivo, quanto individualmente, sendo passível também por uma quarta dimensão voltado à análise dos treinamentos. Tal visão pressupõe a superação desse profissional como mero coletor e administrador de dados estatísticos em favor de indivíduos que detenham competências pedagógicas, profundo conhecimento a respeito das dinâmicas específicas do jogo de futebol, bem como o estabelecimento de relações didáticas com os atletas de uma equipe e, sobretudo, com o treinador e sua comissão de auxiliares.</p> Vitor Augusto Paie Correia, Luis Felipe Nogueira Silva, Alcides José Scaglia Copyright (c) 2021 Vitor Augusto Paie Correia, Luis Felipe Nogueira Silva, Alcides José Scaglia https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1086 sáb, 17 jul 2021 07:31:42 -0700 Análise das ações de escanteio e de lateral da equipe UFSM futsal na série ouro 2019 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1084 <p>No Futsal a análise de desempenho vem ganhando cada vez mais importância, sendo a análise das ações de bola parada um dos fatores mais analisados pelas equipes de alto rendimento. A vista disso o objetivo desse estudo é analisar as ações de escanteio e lateral ofensivo da equipe UFSM Futsal na série ouro do estadual da FGFS no ano de 2019. Se desenvolveu um estudo, onde foram analisadas 8 partidas da equipe atuando em partidas com mando de quadra (com exceção de uma). Avaliando 138 ações de lateral e escanteio. As variáveis analisadas foram: variáveis temporais, espaciais e modais. Os resultados se apresentam em estatística descritiva a partir de médias, desvios padrão e porcentagens. Se encontraram diferenças no número de ações de laterais (95) comparado com o número de ações de escanteio (43). Comparando os gols resultantes dessas ações percebemos que apenas as jogadas de escanteio resultaram em gols. Conhecer em profundidade as ações de lateral e escanteio permite oferecer aos treinadores formas mais eficazes de treinamento a fim de atingir o melhor desempenho esportivo.</p> Airton dos Santos Alonço Junior, Gabriel Ivan Pranke Copyright (c) 2021 Airton dos Santos Alonço Junior, Gabriel Ivan Pranke https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1084 sáb, 17 jul 2021 07:30:47 -0700 Conscientização sobre concussão cerebral e efeitos de educação e avaliação pré temporada em melhoria do diagnóstico e acompanhamento nas equipes profissionais do Campeonato Brasiliense de Futebol http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1083 <p>O objetivo deste estudo foi realizar uma análise retrospectiva e prospectiva da incidência de CC em atletas participantes do Campeonato Brasiliense de Futebol e avaliar possíveis efeitos de um programa de educação e avaliação pré-temporada no diagnóstico e tratamento de concussão prospectivamente. Materiais e Métodos: Uma palestra foi realizada à s equipes no Centro Médico de Excelência da FIFA, por um médico especialista, sobre os principais aspectos dessa lesão. Atletas profissionais de futebol da quarta divisão foram questionados sobre sua história de concussão e se haviam recebido um diagnóstico médico. Os atletas também realizaram testes cognitivos computadorizados e testes clínicos. Durante o campeonato, os pesquisadores estavam em contato semanal com as equipes para determinar a incidência de concussão. Discussão: A incidência observada neste estudo (7%), apesar de poder ter sido subnotificada, foi compatível com os achados literários citados. A literatura é consensual em apontar constantes falhas no diagnóstico dessa lesão, concluindo em diversos estudos que as estimativas sobre concussão cerebral são subestimadas. Resultados: 187 atletas do gênero masculino, idade média de 25.2, federados à FBF. Destes, 24,6% relataram que já haviam tido concussão prévia, porém somente um havia obtido o diagnóstico médico. 4 concussões foram diagnosticadas na temporada. Conclusão: Muitos atletas já haviam sofrido concussão anteriormente sem diagnóstico adequado. O programa educacional surtiu bom efeito no aumento do diagnóstico de concussão e melhor acompanhamento dos atletas. Demonstrou-se elevada incidência de concussão cerebral nos atletas de futebol profissional.</p> Moacir Silva Neto, Ana Carolina Salazar Albuquerque, Camila Rodrigues Ribeiro, Pedro Henrique Crema Duarte, Gabriel Xavier Ramalho, Aline Lamounier Gonçalves, Paulo Lobo, Marcio de Paula Oliveira Copyright (c) 2021 Moacir Silva Neto, Ana Carolina Salazar Albuquerque, Camila Rodrigues Ribeiro, Pedro Henrique Crema Duarte, Gabriel Xavier Ramalho, Aline Lamounier Gonçalves, Paulo Lobo, Marcio de Paula Oliveira https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1083 sáb, 17 jul 2021 07:30:09 -0700 Avaliação biomecânica de atletas de futebol e futsal feminino http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1081 <p>Introdução: a existência de fatores intrínsecos multivariados corrobora para a identificação do perfil biomecânico de atletas mulheres como um sistema complexo e particular, tornando necessária a identificação deste para o desenvolvimento de estratégias mais efetivas de prevenção e tratamento das lesões esportivas. Objetivo: avaliar o perfil biomecânico e nível de simetria entre os membros de atletas de futebol e futsal feminino do Distrito Federal. Materiais e métodos: foi realizado um estudo transversal com 63 atletas de alto rendimento de futsal (67%) e 31 de futebol (33%). Para avaliação da amostra foram realizados o Lunge Test, teste de força isométrica de glúteo médio, avaliação isocinética do joelho, Y Balance Test (YBT) e testes de estabilidade de tronco. Resultados: Não foram encontradas diferenças estatísticas significantes entre as médias dos membros para o Lunge Test, teste de força isométrica de glúteo médio, pico de torque do quadríceps e para as direções anterior e póstero-medial do YBT. Por outro lado, foram encontradas diferenças significantes entre os membros para a rotação interna do quadril (p=0,02), pico de torque dos isquiotibiais (p&lt;0,001), relação I/Q (p=0,02) e para a direção póstero lateral do Y Balance Test (p&lt;0,001). Conclusão: as atletas apresentaram-se dentro dos padrões normalidade a estabilidade do tronco e YBT. Os demais parâmetros (Lunge Test, teste de força isométrica de glúteo médio e avaliação isocinética do joelho) estavam abaixo dos valores de referência descritos na literatura, indicando um estado de alerta para risco de lesões.</p> Pedro Nunes Silva, Bruno Rodrigues Vicente, Daniele Mendes dos Santos, Yago Rean de Lima Rocha, Arlane Carvalho Oliveira, José Humberto Souza Borges, Paulo Lobo Junior, Marcio Oliveira Copyright (c) 2021 Pedro Nunes Silva, Bruno Rodrigues Vicente, Daniele Mendes dos Santos, Yago Rean de Lima Rocha, Arlane Carvalho Oliveira, José Humberto Souza Borges, Paulo Lobo Junior, Marcio Oliveira https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1081 sáb, 17 jul 2021 07:29:18 -0700 Video Assistant Referee’s Effect on Football: Turkish Super League Case http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1080 <p>A tecnologia agora é amplamente utilizada no esporte. Uma dessas tecnologias é o sistema de árbitro assistente de vídeo (VAR). Depois de ser oficialmente usado na Copa do Mundo de 2018 pela primeira vez, as principais ligas começaram a usar o VAR a partir da temporada 2018/2019. Neste estudo, foram analisadas 94 semanas de jogos disputados na Super League da Turquia desde a temporada 2017/2018. O presente estudo tem dois objetivos. O primeiro é examinar o efeito dos VARs nas estatísticas do futebol. O segundo objetivo é determinar as diferenças das estatísticas VAR entre duas temporadas. Este estudo mostrou que enquanto gols por jogo (p &lt;0,05), cartões amarelos por jogo, cartões vermelhos por jogo diminuíram, tempo médio de jogo (segundo) por jogo (p &lt;0,05), tempo de bola em jogo ( segundo) por jogo foi aumentado após o uso de VAR. A segunda descoberta importante foi que a frequência das decisões não mudou por jogo, e a contagem total de posições revisadas por jogo diminuiu significativamente na segunda temporada do sistema VAR.</p> Cem Gürler, Volkan Polat Copyright (c) 2021 Cem Gürler, Volkan Polat https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1080 sáb, 17 jul 2021 07:28:30 -0700 Avaliação dos níveis de potênçia máxima e potênçia média da categoria sub-16 da escola de futebol Unimontes http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1073 <p>O objetivo do presente trabalho foi avaliar os níveis de potência máxima e potência média, dos atletas da categoria sub-16 da escola de futebol Unimontes, buscando assim identificar as variáveis, e avaliar como estão os níveis para uma equipe que busca sempre um melhor desempenho. Participaram do estudo 22 atletas, com idade entre 14 e 16 anos, da escola de futebol Unimontes da cidade de Montes Claros-MG. Para avaliação dos níveis de potência, além dos índices de fadiga que também foram verificados, foi utilizado o teste R.A.S.T, um teste de campo em que o atleta executa seis tiros em velocidade máxima, em uma distância de 35 metros, com 10 segundos de recuperação entre cada tiro, através deste teste conseguimos todos os valores para avaliar e verificar estes níveis. Os principais resultados nos mostraram um nível abaixo do esperado para o que diz respeito aos níveis de potência máxima e média de toda amostra, com valores médios entre a amostra de 9,24 ±1,72(w/kg) para potência máxima e 7,08 ±1,05(w/kg) para potência media, mais resultados excelentes nos índices de fadiga, com valores de 6,94 ±2,67%. Concluindo assim que a presente amostra possui níveis de desempenho abaixo do esperado no que se diz respeito as variáveis de potência máxima e média, mais com ótimos índices de fadiga, nos mostrando a necessidade de um trabalho voltado a potência.</p> Guilherme Galha Pereira, Jiulliano Carlos Lopes Mendes, Alexandre Alves Caribé da Cunha, Geraldo Magela Durães, Vanine Oliveira Galha, Alex Sander Freitas Copyright (c) 2021 Guilherme Galha Pereira, Jiulliano Carlos Lopes Mendes, Alexandre Alves Caribé da Cunha, Geraldo Magela Durães, Vanine Oliveira Galha, Alex Sander Freitas https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1073 sáb, 17 jul 2021 07:27:20 -0700 O futebol como forma de ascensão social do negro no início do século XX: O Rio de Janeiro e o C. R. Vasco da Gama http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1072 <p>A primeira metade do século XX no Brasil foi marcada por diversos fatores que culminaram na consolidação do país, dentre ele é possível notar fatores políticos, econômicos, ideológicos, culturais, dentre outros. Assim, trabalhando a partir dos fatores ideológicos e culturais, especificamente entre 1905 e 1923, relacionados com a chegada do futebol no Brasil e com a luta dos negros contra o sistema elitista e racista que ainda estava instaurado no país, será possível, não só relatar o futebol como sistema de resistência negra num campo social inicialmente pertencido pela elite, como também entender o processo de emancipação do negro enquanto excluído e malvisto pela elite da sociedade.</p> Matheus dos Santos Silva Copyright (c) 2021 Matheus dos Santos Silva https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1072 sáb, 17 jul 2021 07:26:43 -0700 Incidência temporal de gols na Copa Libertadores da América entre os anos de 2008 e 2017 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1062 <p>O objetivo desse estudo foi analisar a incidência de gols nos jogos da Copa Libertadores da América entre os anos de 2008 a 2017. No total foram analisados 1254 jogos, nos quais a ocorrência de gols foi mensurada em subdivisões de 15 minutos ao longo do tempo de jogo. Os resultados encontrados indicaram uma superioridade de gols ocorridos nos períodos finais de jogo em relação aos períodos iniciais, no entanto o número de gols foi similar entre os anos de competição. Esses resultados vão ao encontro com o que é apresentado na literatura e pode ser explicado por alguns aspectos, como por queda do desempenho físico dos jogadores e pressões psicológicas ocorridas nos finais das partidas.</p> Karen Cristine Rodrigues Alves, Marco Túlio Silva Batista, André Ihgor da Silva Copyright (c) 2021 Karen Cristine Rodrigues Alves, Marco Túlio Silva Batista, André Ihgor da Silva https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1062 sáb, 17 jul 2021 07:26:02 -0700 O efeito de um único ataque de futsal na concentração de ácido úrico em atletas universitárias: um estudo piloto http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1061 <p>Introdução e objetivo: O futsal é a modalidade que mais cresce no mundo. Muitos estudos documentaram que exercícios ou esportes melhoram a atividade antioxidante. No entanto, o efeito do futsal no antioxidante não é conhecido. O objetivo do estudo é examinar o efeito do futsal na concentração de ácido úrico (UA). Materiais e métodos: Este estudo transversal envolveu vinte jogadores colegiais de futsal do sexo feminino. Dez deles foram designados para jogar futsal (grupo de futsal), enquanto outros dez jogadores designaram para não jogar grupo de futsal (grupo de controle). A concentração de UA foi medida a partir do sangue capilar usando métodos de teste em tira. O ácido úrico foi verificado antes (UA de linha de base) e depois de jogar futsal (pós UA). O futsal foi jogado de acordo com as regras do jogo. Foi aplicado o teste t de amostras independentes e emparelhadas. A significância foi estabelecida em p&lt;0,05. Resultados: Linha de base e pós-UA não foram diferentes entre os grupos (p=0,52 ep=0,13, respectivamente). Pós UA foi significativamente elevado no grupo de futsal (0,73 mg / dL, p&lt;0,01). A UA elevada foi significativamente diferente com o controle (0,73 vs - 0,19 mg / dL, p&lt;0,01). Discussão: Sabe-se que o esporte e o exercício exercem um papel como antioxidante. Este efeito benefício pode prevenir várias doenças. No entanto, o estudo sobre o efeito do futsal no antioxidante é muito escasso. Nosso estudo indicou que uma única sessão de futsal melhorou uma atividade antioxidante em jogador de futsal feminino. Os resultados devem ser interpretados com cautela devido a várias limitações, incluindo tamanho da amostra, desenho do estudo e marcador antioxidante.Conclusão: Uma única sessão de futsal aumenta a concentração de ácido úrico em jogadoras de futsal universitárias.</p> Ignatio Rika Haryono, Harfandy Dwi Putra, Nawanto A. Prastowo Copyright (c) 2021 Ignatio Rika Haryono, Harfandy Dwi Putra, Nawanto A. Prastowo https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1061 sáb, 17 jul 2021 07:25:02 -0700 Relação entre dopagem no futebol e indicadores socioeconómicos globais http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1060 <p>O objetivo deste estudo é compreender a relação entre os diversos indicadores socioeconómicos globais e os casos positivos de doping no futebol em todos os países do mundo. Metodologicamente, recorremos a métodos quantitativos. Através de fontes oficiais, recolhemos os dados de todos os indicadores socioeconómico previamente definidos e dos casos positivos de doping. Realizámos vários procedimentos estatísticos, designadamente estatística descritiva, testes de hipóteses, correlações e análise de Variância. Através dos procedimentos estatísticos, aferimos que os indicadores com maiores médias são o índice capital humano (65,05) e o índice de corrupção (41,93), significando que estes indicadores são os mais importantes para os países. Verificamos, que existem mais países sem casos positivos (n=126) do que países com casos positivos de doping (n=58). O Sig (2 extremidades) apresenta um p&lt;0.05, logo, o teste de t de Student mostra diferenças estatisticamente significativas entre todas as variáveis analisadas e o número de casos de doping,à exceção da taxa de desemprego e do coeficiente de Gini para um intervalo de confiança de 95%. Concluímos que quanto maior o capital o humano e a perceção da corrupção menor o consumo de doping. Aferimos também que quanto maior o IDH e o índice de felicidade, maior o consumo de doping. A taxa de desemprego e o coeficiente de Gini não mostraram qualquer diferença estatística.</p> Rui Camarada Copyright (c) 2021 Rui Camarada https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1060 sáb, 17 jul 2021 07:23:50 -0700 Análise da visibilidade da seleção brasileira masculina de futsal na folha de S. Paulo em 2008, 2012 e 2016 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1059 <p>O objetivo deste estudo foi analisar a visibilidade do Futsal Masculino da Seleção Brasileira no caderno de Esporte da Folha de São Paulo, nos anos de 2008, 2012 e 2016. Para tal, antepôs pelos desígnios metodológicos da Análise de Conteúdo, pois são profícuos na verificação analítica de coberturas jornalísticas esportivas. A partir da metodologia designada, identificou-se uma diminuição no número de textos publicados sobre a equipe brasileira durante os anos determinados, fator que pode interferiro crescimento da modalidade em âmbito nacional e no aumento do seu público.</p> Guilherme Habinoski, Edilson de Oliveira , Miguel Arcanjo de Freitas Junior Copyright (c) 2021 Guilherme Habinoski, Edilson de Oliveira , Miguel Arcanjo de Freitas Junior https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1059 sáb, 17 jul 2021 07:23:15 -0700 A influência do fator local no resultado dos jogos do campeonato catarinense de futebol http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1056 <p>O objetivo deste estudo foi analisar a influência do fator local no resultado dos jogos do campeonato catarinense de futebol. Como dados da pesquisa, foram selecionados os resultados de 367 jogos do campeonato catarinense de futebol profissional da primeira divisão, ocorridos entre os anos de 2016 a 2019. Os dados foram coletados por meio de súmulas eletrônicas, disponíveis no site da federação catarinense de futebol, e em seguida tabulados em um banco de dados do programa Microsoft Excel, onde foi realizado uma análise estatística descritiva. Para calcular a possibilidade de vantagem de jogar em casa, foi utilizado o método proposto por Pollard, que considera que existe vantagem quando se tem aproveitamento em casa superior a 50%. Os resultados do estudo mostraram que do total de total de jogos analisados, as equipes mandantes venceram 172, empataram 101 e perderam 94, resultando em um aproveitamento de 56,04 de pontos conquistados. Ao analisar e comparar a campanha das equipes campeãs de cada ano, observou-se um aproveitamento parecido, com valores variando entre 70 e 80%. Conclui-se com esse estudo, que o fato de jogar em casa, apresenta uma vantagem muito importante para a equipe mandante, aumentando as chances de vitória, e que para uma equipe ter chance de título, precisa ter um aproveitamento alto de pontos conquistados nos jogos em casa.</p> Ricardo Bittencourt, Moacir Pereira Junior Copyright (c) 2021 Ricardo Bittencourt, Moacir Pereira Junior https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1056 sáb, 17 jul 2021 07:22:43 -0700 Análise epidemiológica de lesões em atletas profissionais de futebol em dois clubes de futebol de Goiânia-GO http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1055 <p>O futebol é o esporte mais praticado no Brasil e no mundo. Devido à sua competitividade, tem exigido dos atletas um condicionamento físico cada vez mais intenso. Aqueles atletas que não se enquadram nessa nova realidade têm exposto suas estruturas musculoesqueléticas a diversas lesões. Sabe-se que um dos principais problemas que aflige o atleta de futebol profissional é a lesão osteomuscular, a qual constitui uma das causas de afastamento do atleta dos jogos oficiais, comprometendo também o seu bem-estar e qualidade de vida. O estudo tem o objetivo de levantar o perfil epidemiológico das lesões osteomusculares nestes clubes de futebol e contribuir para medidas de prevenção de lesões desportivas. Caracteriza-se como um estudo exploratório, descritivo e transversal, com abordagem quantitativa. Foi realizado um levantamento de dados sobre o perfil clínico-epidemiológico de lesões osteomusculares em atletas de futebol profissional de clubes de futebol de Goiânia-GO. A amostra do estudo foi composta por 42 atletas profissionais. O trabalho estatístico mostrou algumas divergências em relação a severidade das lesões, quando comparado com os dados da literatura, mas também foi constatado semelhanças entre outros dados. O avanço da medicina desportiva tem mostrado melhorias no conhecimento da fisiologia do esforço físico, permitindo protocolos específicos individualizados, porém essas medidas não são homogêneas entre os clubes. Portanto, o conhecimento sobre a prevalência, fatores associados à s lesões osteomusculares e o seu perfil clínico e epidemiológico é fundamental para se fazer um diagnóstico adequado e propor medidas/cuidados necessários para a prevenção das lesões.</p> Lucas Soares Teixeira, Gilbert Spíndola Silvério de Araújo, Hermínio Maurício da Rocha Sobrinho Copyright (c) 2021 Lucas Soares Teixeira, Gilbert Spíndola Silvério de Araújo, Hermínio Maurício da Rocha Sobrinho https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1055 sáb, 17 jul 2021 07:21:08 -0700 Copa américa x eurocopa, particularidades e similaridades: Um estudo comparativo dos gols na edição 2016 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1050 <p>Analisamos as características dos gols da Copa América Centenário e Eurocopa, ambas realizadas em 2016, sediadas nos Estados Unidos e França respectivamente. A busca foi feita através de variáveis como identificação do tipo de finalização, tempo de jogo no momento do gol, momento de jogo, zona de finalização e zona de assistência. Observamos 83 jogos com 199 gols, sendo ao todo 32 jogos e 91 gols da Copa América e 51 jogos e 108 gols da Eurocopa, com médias de 2,84 e 2,12 gols por jogo e 33 e 44 minutos por gol respectivamente. Houve predominância de gols com o pé direito, sendo a zona de finalização central a mais utilizada. Maior predominância de gols ocorreu por organização ofensiva para ambas as competições, mas estas distinguiram-se nos tempos em que ocorreram os gols, sendo mais frequentes no terço inicial de jogo na Copa América, e no terço inicial da segunda etapa e terço final dos dois tempos na Eurocopa. Quanto à s zonas de assistência, observou-se uma maior exploração dos espaços do campo na Eurocopa, enquanto na Copa América o corredor central foi mais utilizado. O setor intermediário foi mais aproveitado para as jogadas de bola parada de tiro indireto nas duas competições, e se destacou na Copa América o aproveitamento da região próxima ao centro de campo e lateral da grande área. São necessárias mais pesquisas para compreender a disparidade nos resultados de ambas as Copas, além da relevância dos arremessos laterais nas jogadas que terminam em gols.</p> Luis César Madruga Santiago de Oliveira, Marcella de Castro Campos Velten, Siomara Aparecida da Silva Copyright (c) 2021 Luis César Madruga Santiago de Oliveira, Marcella de Castro Campos Velten, Siomara Aparecida da Silva https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1050 sáb, 17 jul 2021 07:20:36 -0700 A força não se correlaciona com a velocidade em atletas jovens de futsal http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1022 <p>O futsal caracteriza-se como modalidade esportiva intermitente envolvendo atividades anaeróbicas e aeróbicas. No entanto, há um predomínio das ações de moderada e alta intensidade por ser uma modalidade dinâmica exigindo dos atletas altas demandas físicas, principalmente, força e velocidade. Verificar a correlação entre o desempenho de saltos verticais com sprints em linha reta e com mudança de direção em jogadores de futsal nas categorias de base SUB-15 e SUB-17. Materiais e Métodos: A amostra foi compostapor46jogadores do sexo masculino, sendo 19 da categoria SUB-15 e 27 da categoria SUB-17. Foram submetidos à anamnese, composição corporal e teste de esforço para avaliação de saltos verticais (SA e SCM) e sprints (SLR e SMD). A normalidade dos dados foi verificada pelo teste de Shapiro-Wilk, para as correlações dos testes foi utilizado o teste de correlação de Pearson. Para as análises dos desempenhos entre as categorias foi utilizado teste t não pareado. O nível de significância adotado foi de p &lt; 0,05. Resultados: Os valores de correlação encontrados para a categoria SUB-15 foram r= -0,115 (SLR e SA), r= -0,007 (SLR e SCM), r= -0,141 (SMD e SA) e r= 0,131 (SMD e SCM). Já para a categoria SUB-17 foram r= -0,243 (SLR e SA), r= -0,307 (SLR e SCM), r= -0,256 (SMD e SA) e r= -0,224 (SMD e SCM). Os dados desse estudo apresentam semelhança com os dados de literatura que utilizam as mesmas características de amostra e procedimento. Os valores de correlação foram baixos e não significativos apontando que os saltos verticais e sprints possuem demandas diferentes e que por esta razão é necessário cautela ao usar os SV como método de treinamento da velocidade, sendo necessários treinamentos diferentes, considerando as especificidades das tarefas. Além disso, o estágio maturacional deve ser considerado para a progressão das cargas de treino e obter melhoria nos desempenhos.</p> Karoline da Silva Dias, Poliane Dutra Alvares, Paula Júlia da Costa Chaves, Paulo Vitor Albuquerque Santana, Breno Henrique Araújo Amorim, Renata Rodrigues Diniz, Antônio Carlos da Silva Barros, Mario Norberto Sevilio de Oliveira Junior, Cristiano Eduardo Veneroso, Christian Emmanuel Torres Cabido Copyright (c) 2021 KAROLINE DA SILVA DIAS, Poliane Dutra Alvares, Paula Júlia da Costa Chaves, Paulo Vitor Albuquerque Santana, Breno Henrique Araújo Amorim, Renata Rodrigues Diniz, Antônio Carlos da Silva Barros, Mario Norberto Sevilio de Oliveira Junior, Cristiano Eduardo Veneroso, Christian Emmanuel Torres Cabido https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1022 sáb, 17 jul 2021 07:18:52 -0700 Análise de Desempenho: um olhar sobre os métodos empregados em categorias de base de clubes de futebol da cidade de Porto Alegre-RS http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/968 <p>Introdução e Objetivo: Nas últimas décadas o futebol passou a ser estudado e interpretado nos seus minuciosos detalhes, obtendo maior informação qualificada sobre o jogo. A análise de desempenho procura promover a melhora do rendimento da equipe e/ou do atleta.&nbsp; O presente estudo teve como objetivo investigar a aplicação dos métodos de análise de desempenho no processo de formação de jovens futebolistas em três clubes profissionais da cidade de Porto Alegre-RS. Materiais e Métodos: A metodologia deste estudo caracteriza-se como de natureza aplicada, exploratória e descritiva, com abordagem qualitativa. Através do instrumento de entrevista semiestruturada foram entrevistados analistas de desempenho das categorias de base de três clubes. Como procedimento de análise dos dados, utilizou-se o método de triangulação. Resultados e Discussão: Os clubes estruturados nesta área de atuação, apesar de sistematizarem de maneira diferente os métodos utilizados, baseiam-se em princípios fundamentados na teoria. Os analistas de desempenho mencionam utilizar análises quantitativas e qualitativas sobre os dados dos jogos, assim como efetuam observações individuais e coletivas. Entretanto, em alguns casos, apresentou-se uma maior preocupação em análise de dados coletivos, sobrepondo-se as análises individuais, podendo distanciar-se do desenvolvimento e da formação dos atletas, papel das categorias de base. Conclusão: A análise de desempenho pode auxiliar na formação e desenvolvimento de jovens atletas de futebol, cabendo aos profissionais da área encontrarem os melhores métodos para sua aplicação. Os recursos usados pelos analistas, especialmente a filmagem do jogo, proporcionam um olhar mais técnico acerca dos acontecimentos ocorridos nas partidas.</p> Manoel Eduardo do Prado Shamah, Alexandre Patz Hein, Marcos Xavier de Andrade, Rodrigo Carlet, Luciano de Oliveira Elias, Luis Eurico Kerber, Rogério da Cunha Voser Copyright (c) 2021 Manoel Eduardo do Prado Shamah, Alexandre Patz Hein, Marcos Xavier de Andrade, Rodrigo Carlet, Luciano de Oliveira Elias, Luis Eurico Kerber, Rogério da Cunha Voser https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/968 sáb, 17 jul 2021 07:18:30 -0700 Análise da incidência de gols e suas características nas fases finais da liga nacional de futsal do Brasil de 2019 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1049 <p>O futsal é uma modalidade que possui diversas características como as constantes situações de cooperação e invasão e suas evoluções acarretam diversas mutações táticas para se alcançar o gol. Partindo deste pressuposto o objetivo do presente estudo foi identificar a incidência de gols e suas características nas fases finais da liga nacional de futsal no ano de 2019. A amostra foi constituída por 30 jogos partindo das oitavas até a final, contudo é importante ressaltar que não foi anotado nenhum gol da prorrogação. Para analisar a incidência temporal de gols cada tempo de jogo (1º e 2º) foram divididos em quartis de cinco minutos e concomitantemente foi anotado a ocorrência dos gols por características (Ataque Posicional, Contra-ataque, Bola parara e Gol Linha Ofensivo). Após a análise foi possível identificar que 82 dos 130 gols ocorreram no segundo período das partidas; com relação à incidência de gols destacam-se o primeiro e quarto quartil do segundo tempo, sendo que no primeiro houve média de 5,75 ± 4,19 enquanto no quarto a média foi de 7,50 ± 4,64. Com relação à s características dos gols analisados, as maiores ocorrências ficaram por conta do ataque posicional (53) e contra-ataque (36).&nbsp; O presente estudo pode auxiliar treinadores no aspecto estratégico das equipes preparando-as para possíveis momentos chaves da partida.</p> Marcos Vinícius Santos Silva, João Marcelo Niquini Caríssimo, César Milagres Silva, Siomara Aparecida Silva Copyright (c) 2021 Marcos Vinícius Santos Silva, João Marcelo Niquini Caríssimo, César Milagres Silva, Siomara Aparecida Silva https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1049 dom, 09 mai 2021 15:05:44 -0700 Modelo matemático e técnica de otimização para melhorar o desempenho das equipes de futebol http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1048 <p>Este artigo representa a derivação de um modelo matemático que depende do estado real para fornecer um exemplo de futebol feminino da copa do mundo de 2019. A seleção de futebol dos EUA indicada como um bom exemplo, por representar a melhor equipe vencedora desta copa. Neste trabalho fazer a interação ativa entre modelagem e otimização depender do estado real das atividades do time de futebol através da copa. Especificou seis jogadoras de futebol que representaram o time de futebol dos EUA que participaram ou marcaram oito gols desde a função de dezesseis até a função final. Os resultados deste estudo aumentam o desempenho da equipe dos EUA para 14,2%, reduzem o custo dos esforços de deveres de jogadores de alta qualidade que precisam manter suas atividades por muito tempo e organizam alguns deveres para alguns jogadores coadjuvantes para fornecer uma ampla gama fazer muitos gols e diminuir a pressão contra os principais jogadores. Este estudo precisa de pesquisadores do campo esportivo e treinadores de futebol para ler e analisar os resultados deste estudo e avaliá-lo no estado real.</p> ahmmed saadi Copyright (c) 2021 ahmmed saadi https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1048 dom, 09 mai 2021 15:02:52 -0700 Core training para prevenção de lesões de isquiotibiais em jogadores de futebol http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1045 <p>Introdução: Os atletas de futebol sofrem entre 2,48 e 9,4 lesões a cada 1000 horas de jogo, sendo a lesão dos músculos isquiotibiais as mais comuns. As taxas de recorrência para lesões dos isquiotibiais permanecem altas, apesar das medidas preventivas. Essas lesões são ocasionadas em corrida em alta velocidade. Uma das estratégias de prevenção de lesões no futebol incluem o protocolo da FIFA chamado FIFA 11+, um programa de aquecimento com duração média entre 10 a 15 min.; o programa baseado no exercício flexão nórdica (NH), para gerar melhora nas ações concêntricas e excêntricas, proporcionando efeito protetor contra mecanismos de lesão do músculo isquiotibial; e programas que incluem o treinamento do Core, que geram um maior controle muscular proximal durante um sprint e consequentemente reduz o risco de lesão nos isquiotibiais. Objetivo:&nbsp; Analisar os programas de treinamento para prevenção das principais lesões do futebol. Método: Trata-se de uma revisão narrativa de estudos publicados nos últimos doze anos na base de dados Pubmed, Lilacs, Scielo. Conclusão: O Core Training deve compor um programa de treino para prevenção de lesões de isquiotibiais, concomitante a exercícios efetivos como a flexão nórdica e os do protocolo FIFA11+.</p> Vagner Toshio Uchina, Andréa Dias Reis, Bianca Trovello Ramallo Copyright (c) 2021 Vagner Toshio Uchina, Andréa Dias Reis, Bianca Trovello Ramallo https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1045 dom, 09 mai 2021 14:59:27 -0700 Análise comparativa das variáveis técnicas de equipes vencedoras por goleada na Champions League temporada 2015/2016 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1044 <p>Introdução: Dentre os esportes mais praticados e com exímio destaque em todo o mundo, o futebol é um deles. Nesse sentido, realizar análises de desempenho dos fatores técnicos, auxilia um melhor desenvolvimento da leitura de jogo, melhorando os pontos fracos da equipe para alcançar resultados mais expressivos. O time vencedor pode conquistar a vitória simples ou com goleada. Não existem muitos estudos que realizam a análise de desempenho comparativa entre essas situações. Objetivo: O objetivo do estudo foi comparar as variáveis técnicas de finalizações, posse de bola, passes certos, passes errados e faltas das equipes que venceram por goleada e das equipes que venceram por diferença inferior a quatro gols. Materiais e Métodos: Em meio as inúmeras competições de futebol realizadas, optou-se analisar a Champions League, por ser um dos campeonatos de melhor nível técnico e grande visibilidade no mundo. Foram analisados 125 jogos da temporada 2015/2016 deste campeonato, considerando-se apenas as partidas em que houve vencedor. Resultado: Após a análise de todas as variáveis técnicas, constatou-se que as equipes vencedoras por goleada realizaram mais finalizações, faltas, passes certos e tiveram maior posse de bola do que o time adversário. Conclusão: Portanto, concluiu-se que as equipes que venceram por goleada apresentaram melhores resultados nos indicadores técnicos comparado à s equipes que venceram seus jogos sem goleadas.</p> Alexandre de Souza e Silva, Leonardo José Mendes Silva, Marcus Vinicius de Faria, Jasiele Aparecida de Oliveira Silva, José Jonas de Oliveira Copyright (c) 2021 Alexandre de Souza e Silva, Leonardo José Mendes Silva, Marcus Vinicius de Faria, Jasiele Aparecida de Oliveira Silva, José Jonas de Oliveira https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1044 dom, 09 mai 2021 14:57:44 -0700 Análise da incidência de gols do Campeonato Mineiro no ano de 2017 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1042 <p>Objetivo: O estudo teve como objetivo analisar a incidência de gols do Campeonato Mineiro de Futebol de 2017 e sua relação com o resultado da partida. Métodos: Foram analisadas as súmulas das 72 partidas da competição, na qual foram realizados 160 gols, sendo estes organizados em intervalos de 15 minutos. A coleta das informações foi feita a partir do site da Federação Mineira de Futebol. Foi utilizada estatística descritiva (média, frequência e desvio padrão) e o teste ANOVA-one way para a comparação das médias entre cada intervalo de tempo e o respectivo resultado da partida. O nível de significância adotado foi de p&lt;0,05. &nbsp;Resultados: No estudo observou-se maior frequência de gols marcados no segundo tempo (53,11%), tendo ainda ocorrido, em sua maioria, a partir dos 75 minutos de jogo (23,75%). Conclusão: Embora não tenham sido encontradas diferenças significativas em relação aos intervalos de tempo e ao resultado da partida, nota-se uma frequência de gols maior no segundo tempo de partida, em especial no último intervalo de 15 minutos (76-90+).</p> Guilherme Augusto Hoth, Marcos Paulo de Freitas Silvino, Rodrigo de Miranda Monteiro Santos Copyright (c) 2021 Marcos Paulo Silvino, Rodrigo de Miranda Monteiro Santos, Guilherme Augusto Hoth https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1042 dom, 09 mai 2021 14:53:13 -0700 Transição Júnior-Sénior em Jogadores de Elite do Futebol Português http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1039 <p>O objetivo deste trabalho é analisar a trajetória de carreira na transição júnior-sénior dos jogadores que disputaram a 1ª Divisão do Campeonato Nacional de Sub-19 de Portugal, entre as épocas desportivas 2015/2016 e 2018/2019. Participaram no estudo 1226 atletas do sexo masculino. Tendo em consideração o contexto competitivo da última época como júnior e a primeira época como sénior, estes foram distribuídos por diferentes categorias, i.e.: Equipa Sénior do Clube; Equipa B; LigaPro; Campeonato de Portugal; Competição Distrital; Liga Revelação; Equipa Estrangeira; ou Abandono da Modalidade. A base de dados foi construída com suporte nas informações disponibilizadas em www.zerozero.pt. Foram determinadas as frequências absolutas e relativas e, adicionalmente, foi feita a comparação entre Zona Norte e Zona Sul. Os resultados sugerem que a maioria dos jogadores portugueses sub-19 de elite não permanece em equipas de elite após a transição para o escalão sénior, destacando-se ainda que 131 atletas (11%) abandonaram a prática desportiva. Assim, estudos futuros devem também investir na identificação das variáveis explicativas do drop-out na transição júnior-sénior.</p> José Maria Saraiva de Almeida Dias, Luís Miguel Massuça Copyright (c) 2021 José Dias, Luís Miguel Massuça https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1039 dom, 09 mai 2021 14:50:42 -0700 UEFA Champions League: um estudo empírico dos gols feitos na temporada 2017/2018 e a relação nos resultados das partidas http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1036 <p>Introdução: os jogos de futebol possuem períodos críticos. Há momentos em que há uma maior ocorrência de gols e que podem influenciar no resultado. Objetivo: observar a ocorrência de gols, características (gol inicial, pró, tempo de ocorrência) e a relação nos resultados das partidas na UEFA Champions League 2017-2018. Materiais e Métodos: os 401 gols feitos em 125 jogos foram inseridos em um editor de planilhas e separados assim: 1-15, 16-30, 31-45, 45+, 46-60, 61-75, 76-90, 90+. Resultados: período dos gols e número de gols, respectivamente: 1-15: 64; 16-30: 52; 31-45: 62; 45+: 4; 46-60: 64; 61-75: 75; 76-90: 67; 90+: 13. Sendo o primeiro gol realizado nos primeiros 15 minutos, 88% das equipes não perderam. Após os 75 minutos, 78% dos gols foram os gols vencedores. Nos gols ocorridos nos períodos iniciais ou finais, 70,4% dos jogos terminaram em vitória. Em 67% das vitórias, venceu a equipe que marcou o primeiro gol. Discussão: um gol impacta nos aspectos técnico, tático, físico e mental dos jogadores. No físico é sugestivo que a maior incidência de gols no segundo tempo está atrelada a uma melhor resistência, além de impactar no aspecto técnico uma vez que os gestos motores dependem também de um menor desgaste. No tático, quem faz o primeiro gol tem a possibilidade de se manter organizado. No aspecto mental, há um desgaste psicológico menor. Conclusão: na competição e temporada mencionada a ocorrência de gols nos períodos iniciais ou finais se mostraram importantes para a vitória da equipe.</p> Rúbio Rodrigues Cláudio, Deive Ciro de Oliveira Copyright (c) 2021 Rúbio Rodrigues Cláudio, Deive Ciro de Oliveira https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1036 dom, 09 mai 2021 14:46:03 -0700 Análise da origem dos gols de uma equipe de futsal marcados em jogos como visitante e mandante http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1034 <p>Introdução: O futsal está em constante evolução, sendo a análise de desempenho fundamental neste processo. Objetivo: Comparar a origem de gols marcados como mandante e visitante de uma equipe de futsal. Materiais e métodos: Foram observadas dezoito partidas de uma equipe da Liga Gaúcha 2, edição 2019, sendo nove jogos como mandante e nove como visitante, da primeira fase da competição. Foram registrados os gols e classificados quanto a sua origem: ataque posicional, contra-ataque, bola parada, linha goleiro, defesa linha e vantagem numérica. A coleta foi através de vídeos dos jogos, disponíveis gratuitamente e com livre acesso público nos canais Youtube e Facebook do clube analisado. Os dados foram registrados em planilhas Excel e calculados somatórios, percentuais, médias e desvio padrão. Para comparação, foi utilizado Teste T de Student para amostras pareadas, adotando um grau de significância de p&lt;0,05. Resultados: Nos dezoito jogos analisados ocorreram 83 gols, com média de 5,33 por partida. Verificou-se que o ataque posicional (39,76%), contra-ataque (37,35%) e a bola parada (14,46%) são responsáveis pela maior parte dos gols. Nas partidas como mandante foi o ataque posicional com (37,05%), contra-ataque (37,05%) e a bola parada (16,67%). Já nas partidas como visitantes ataque posicional (42,86%), contra-ataque (37,14%) e a bola parada (11,43%). Comparados os dados como mandante e visitante não apresentaram diferenças significativas entre os valores da origem, somente no total de gols. Conclusão: Há um equilíbrio entre a forma de realização dos gols, embora ocorram mais quando a equipe é mandante sobre quando é visitante.</p> Rodrigo Rother, Anderson Scalco Copyright (c) 2021 Rodrigo Rother, Anderson Scalco https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1034 dom, 09 mai 2021 14:43:56 -0700 Itinerários do futsal no rio grande do sul (1980-1990) http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1032 <p>O estudo se propõe a investigar como se sucedeu o estabelecimento do futsal no Rio Grande do Sul, no período das décadas de 1980 e 1990. A pesquisa histórico-documental foi realizada por meio da revisão bibliográfica, análise de documentos e de entrevistas com personagens do futsal no Rio Grande do Sul, os quais ocuparam distintos papéis ao longo das décadas de 1980 e 1990. Os entrevistados foram: dois árbitros, dois atletas, dois treinadores, dois dirigentes da Federação Gaúcha de Futebol de Salão (FGFS) e duas personalidades reconhecidas no cenário esportivo pelo conhecimento a respeito do futsal. As fontes revelaram que a Fédération Internationale de Football Association (FIFA) instituiu o futsal em 1989 e, no ano seguinte, em 1990, a Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS), antes atrelada a Federação Internacional de Futebol de Salão (FIFUSA), vinculou-se a FIFA. De tal modo, houve uma maior internacionalização do futsal. Ao analisar os documentos e depoimentos dos entrevistados, percebe-se que o futsal obteve uma maior atenção de patrocinadores e da imprensa, incluindo a televisão.</p> Paulo Renato Vicari, Joseph Ribeiro Lopes, Janice Zarpellon Mazo Copyright (c) 2021 Paulo Renato Vicari, Joseph Ribeiro Lopes, Janice Zarpellon Mazo https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1032 dom, 09 mai 2021 14:35:58 -0700 A origem dos gols em jogos de futsal feminino durante os jogos abertos de santa catarina 2019 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1031 <p>O futsal feminino é uma modalidade muito recente e atualmente o Brasil possui as potências mundiais da modalidade e com isto se torna importante estudos que indiquem a origem dos gols em jogos de futsal para melhorar a compreensão da ação técnica/tática mais importante durante uma partida. Este estudo teve como objetivo analisar a origem dos gols em jogos de futsal feminino ocorridos durante a realização dos 59º Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC) no ano de 2019. No total foram jogadas e analisadas 32 partidas divididas em fase de grupos e finais. O instrumento de coleta de dados foi um Scout adaptado de Brancher (2019) com a finalidade de identificar a jogada de origem do gol (ataque posicional, transição ofensiva ou bola parada), bem como o número de escanteios, faltas, reposições de bolas realizadas pelo goleiro e laterais ocorridos durante o jogo e com seus respectivos locais da quadra. Nos resultados observa-se que as jogadas de ataque posicional obtiveram a maior incidência na origem dos gols (60,26%), seguidos por transição ofensiva (21,85%) e bola parada (17,89%). Observamos que houve um desequilíbrio de gols entre as ações, no qual o ataque posicional obteve um resultado muito maior do que a transição ofensiva e bolas paradas. Percebemos que as ações de bola parada são importantes, muitas delas ensaiadas, para a origem de gols e jogadas estratégicas durante a competição. Este estudo tem grande importância para melhorar o planejamento dos treinamentos, tornando-os mais específicos e mais eficazes.</p> Emerson Antonio Brancher, Gustavo Eduardo Leite, Nubia Nara Slomp Copyright (c) 2021 Nubia Nara Slomp, Emerson Antonio Brancher, Gustavo Eduardo Leite https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1031 dom, 09 mai 2021 14:34:37 -0700