Evolução dos sistemas táticos no Futebol de campo: uma revisão de literatura

  • Marcelo Francisco Rodigues Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP), Piracicaba-SP, Brasil; Faculdade Mogiana do Estado de São Paulo, Mogi Guaçu-SP, Brasil.
  • Davi Luiz Rodrigues Guimarães Faculdade Mogiana do Estado de São Paulo, Mogi Guaçu-SP, Brasil.
  • Eduardo Rahal Netto Faculdade Mogiana do Estado de São Paulo, Mogi Guaçu-SP, Brasil.
  • Maurício Rosa da Costa Junior Faculdade Mogiana do Estado de São Paulo, Mogi Guaçu-SP, Brasil.
  • Henrique Miguel UNIPINHAL, Espírito Santo do Pinhal-SP, Brasil; FEUC São José do Rio Pardo-SP, Brasil.
Palavras-chave: Futebol de campo, Jogo, Tática

Resumo

Introdução: O futebol de campo é um esporte coletivo que vem passando por mudanças ao longo dos anos. Avanços tecnológicos juntamente com programas modernos monitoram o atleta durante a partida, fornecendo dados precisos aos analistas de desempenho. Objetivo: Demonstrar as evoluções das questões táticas no futebol de campo, no decorrer da história, explorando suas nuances que facilitam na performance esportiva. Materiais e Métodos: Este trabalho consiste em uma revisão de literatura nas principais bases de dados Scielo, Google Acadêmico; Sportdiscus, levando em consideração a história do futebol de campo. Resultados: O entendimento nos esportes coletivos deve estar associado ao desenvolvimento adquirido durante o processo de aprendizagem, dando prioridade a fatores lógicos do jogo como: defesa, ataque, situações favoráveis e desfavoráveis, entre outros, fazendo com que o aluno adquira um conhecimento e transferindo-os até o jogo formal. Conclusão: Para se jogar o futebol através dos princípios táticos, o jogador deve ter o entendimento de cada um deles, e saber o melhor momento para colocá-lo em prática, aliando técnica com inteligência.

Biografia do Autor

Marcelo Francisco Rodigues, Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP), Piracicaba-SP, Brasil; Faculdade Mogiana do Estado de São Paulo, Mogi Guaçu-SP, Brasil.

Doutorando em Ciências do Movimento Humano UNIMEP-Piracicaba-SP Brasil; Docente de Educação Física. Faculdade Mogiana do Estado de São Paulo-Mogi Guaçu-SP-UNIPINHAL, Espírito Santo do Pinhal-SP, Brasil.

Henrique Miguel, UNIPINHAL, Espírito Santo do Pinhal-SP, Brasil; FEUC São José do Rio Pardo-SP, Brasil.

Doutorando em Promoção da Saúde-UNIFRAN-SP, Brasil; Docente dos cursos de Educação Física-UNIPINHAL, Espírito Santo do Pinhal-SP, Brasil; FEUC São José do Rio Pardo-SP, Brasil.

Referências

-Aboutoihi, S. Football: guide de l'éducateur sportif. Paris. Editions ACTIO. 2006.

-Aidar, J.J.O.; Leoncine, M. P. Evolução do futebol e do futebol como negócio. A nova gestão do futebol. Rio de Janeiro. Editora FGV. 2001. p. 78-106.

-Almeida, C. E. S.; Lauria, V. T.; Lima, C. Evolução dos esquemas táticos no futebol. Revela. Num. 20. 2016.

-Aquino, R. S. L. Futebol Uma Paixão Nacional. Rio de Janeiro. Jorge Zahar. 2002.

-Aquino, R. L. Q. T.; Marques, R. F. R.; Gonçalves, L. G. C.; Vieira, L. H. P.; Sousa Bedo, B. L.; Moraes, C.; Menezes, R. P.; Santiago, P. R. P.; Puggina, E. F. Proposta de sistematização de ensino do futebol baseada em jogos: desenvolvimento do conhecimento tático em jogadores com 10 e 11 anos de idade. Motricidade. São Paulo. Vol. 11. Núm. 2. 2015. p. 115-128.

-Armbrust, M.; Silva, A. L. A.; Navarro, A. C. Comparação entre método global e método parcial na modalidade futsal com relação ao fundamento passe. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 2. Num.5. 2010. p. 77-81.

-Azevedo, P.H.S.M.; Oliveira, J.C.; Takehara, J.C.; Baldissera, V.; Perez, S.E.A. Atualidades científicas sobre a avaliação e prescrição do treinamento físico para atletas de alta performance. Lecturas: Educación Física y Deportes. Buenos Aires. Año 12. Núm. 111. 2007.

-Azevedo, J. P. P. A construção de uma forma de jogar específica. Um Estudo de Caso com Carlos Brito na Equipa Sénior do Rio Ave Futebol Clube. Porto. 2009.

-Badillo, J.J.; Ayestarán, E.G. Fundamentos do treinamento de força. 2ª edição. Artmed. Porto Alegre. 2001.

-Barbanti, V.J.; Tricoli, V.; Ugrinowitsch, C. Relevância do conhecimento científico na prática do treinamento físico. Revista Paulista de Educação Física. Vol. 18. p.101-109. 2004.

-Bayer, C. O ensino dos desportos colectivos. Lisboa. Dinalivro. 1994.

-Bayer, C. La enseñanza de los juegos deportivos colectivos. Hispano Europea. Barcelona. 1986.

-Carravetta, E. Futebol: a formação de times competitivos. Editora Sulina. Porto Alegre. 2012.

-Castelo, J. Futebol modelo técnico-táctico do jogo: identificação e caracterização das grandes tendências evolutivas das equipas de rendimento superior. Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana. 1994. 379 p.

-Correia, U. C.; Silva, A. S.; Paroli, R. Efeitos de diferentes métodos de ensino na aprendizagem do futebol de salão. Motriz: Revista de Educação Física. Vol. 10. Núm. 2004. p.79-88.

-Costa, I. T.; e colaboradores. Princípios táticos do jogo de futebol: conceitos e aplicação. Motriz: Revista de Educação Física. Vol. 15. Núm. 3. p.1-15. 2009.

-Da Matta, R. Universo do Futebol: esporte e sociedade brasileira. Rio de Janeiro. Pinakotheke. 1982.

-Filgueiras, L. F. A. S. Comparação entre a metodologia de abordagem sistêmica e a metodologia tecnicista: razões para promover o processo de ensino aprendizagem dos jecs através de jogos. Revista Brasileira de Futsal e Futebol, Edição Especial: Pedagogia do Esporte. São Paulo. Vol. 6. Núm. 22. 2014. p.317-321.

-Filho, M. H.V. A preferência de metodologia de treinamento e postura profissional dos atletas de futebol de campo da equipe união atlética guarulhense-sp, categoria sub 13 masculino. Revista Brasileira de Futsal e Futebol, Edição Especial: Pedagogia do Esporte. São Paulo. Vol. 5. Núm.18. 2013. p.291-296.

-Freyre, G. C. G. S. Formação da Família Brasileira sob o regime da economia patriarcal. São Paulo. Global. 2004.

-Garganta, J.; Pinto, J. O ensino do futebol. In: A. Graça e J. Oliveira (Ed.). O ensino dos jogos desportivos Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física da Universidade do Porto. Rainho & Neves Lda. 1994. p.95- 136.

-Garganta, J. Tactical modelling in soccer: a critical view. In: World Congress of National Analysis of Sport, 4. 2001. Porto. Proceedings... Porto. Faculdade de Desporto da Universidade do Porto. 2001. p. 33-40.

-Garganta, J. Modelação táctica do jogo de futebol - estudo da organização da fase ofensiva em equipas de alto rendimento. Tese de Doutorado. Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física da Universidade do Porto. Universidade do Porto. Porto. 1997. 312 p.

-Giulianotti, R. Sociologia do Futebol. Dimensões históricas e socioculturais do esporte das multidões. São Paulo. Nova Alexandria. 2002.

-Gonçalves, A. Análise frente aos professores de educação física quanto ao seu conhecimento, utilização e diversificação dos métodos no ensino dos jogos esportivos coletivos. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Edição Especial: Pedagogia do Esporte. São Paulo. Vol. 4. Núm. 14. 2012. p.294-300.

-Greco, P. J.; Benda, R. N. Iniciação esportiva universal: da aprendizagem motora ao treinamento técnico. Belo Horizonte. UFMG. 2007.

-Gréhaigne, J. F.; Godbout, P. Formative assessment in team sports in a tactical approach context. JOPERD. Vol. 69. Núm. 1. p. 46-51. 1998.

-Gréhaigne, J.; Godbout, P.; Bouthier, D. Performance assesment in team sports. Journal of Teaching in Physical Education. Champaign. Vol. 16. p. 500-516. 1997.

-Harvey, S. Effects of teaching games for understanding on game performance and understanding in middle school physical education. Tese de Doutorado. Oregon State University. Oregon. 2006. 285p.

-Helal, R. Passes e Impasses. Petrópolis. Vozes. 1997.

-Helal, R.; Soares, A.; Lovisolo, H. A Invenção do País do Futebol: Mídia, Raça e Idolatria. Rio de Janeiro. Mauad. 2007.

-Hobsbawn, E. Mundos do Trabalho: Novos estudos sobre a história do operariado. Rio de Janeiro. Paz e Terra. 1987.

-Holt, N. L.; Strean, W. B.; Bengoechea, E. G. Expanding the teaching games for understanding model: new avenues for future research and practice. Journal of Teaching in Physical Education. Champaign. Vol. 21. 2002.

-Knechtel, M. R. Metodologia da pesquisa em educação: uma abordagem teórico-prática

dialogada. Curitiba. Intersaberes. 2014.

-Leal, J. C. Futebol Arte e Ofício. Rio de Janeiro. Editora Sprint. 2001.

-Matveev, L. P. Teoria general del entrenamiento deportivo. Barcelona. Paidotribo. 2001.

-Melo, R. Sistemas e Táticas para Futebol. 2ª edição. Rio de Janeiro. Sprint. 2000.

-Oliveira, I.S.; Nogueira, D.M.; Gonzáles, R.H. Abordagens metodológicas parcial, global e os jogos condicionados como alternativa de treinamento para o futsal na seleção universitária masculina da universidade federal do Ceará. In: III Congresso Nordeste de Ciências do Esporte, 2010. Ceará. Anais… Ceará: Universidade Federal do Ceará. 2010.

-Oslin, J. L.; Mitchell, S. A.; Griffin, L. L. The game performance assessment instrument (GPAI): development and preliminary validation. Journal of Teaching in Physical Education. Champaign. Vol. 17. Núm. 2. p. 231-243. 1998.

-Pinto, F.S.; Santana, W.C. Iniciação ao futsal: as crianças jogam ou aprendem para aprender ou aprendem para jogar?. Educación Física y Deportes. Revista Digital. Núm. 85. 2005.

-Reilly, T. An ergonomics model of the soccer training process. J Sports Sci. Vol. 23. Núm. 6. p.561-72. 2005.

-Rezende, A.L.G. Avaliação crítica dos modelos pedagógicos de ensino das habilidades táticas no futebol. In: XV Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, 2007. Recife. Anais… Recife: Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte. 2007. p.1-10.

-Santos Filho, J. L. A. Manual de Futebol. São Paulo. Phorte. 2002.

-Scaglia, J. A.; Reverdito, R.; Leonardo, L.; Lizana, C. O ensino dos jogos esportivos coletivos: as competências Essenciais e a lógica do jogo em meio ao processo organizacional sistêmico. Movimento. Vol. 19. Núm. 4. p. 227-249. 2013.

-Silva, M. J. C.; Figueiredo, A.; Bral, F.; Malina, R. Variáveis correlatas da motivação para a prática desportiva em jovens futebolistas masculinos de 13 a 14 anos de idade. Treino Desportivo. Vol. 19. p. 32-38. 2002.

-Teodorescu, I. Problemas de teoria e metodologia dos jogos desportivos. Lisboa. Horizonte. 2003.

-Tenroller, C.A. Futsal: ensino e prática. Canoas. ULBRA. 2004.

-Vargas, C. E. A.; Alves, I.; Santos, R. S.; Borges, M. S.; Drezner, R. Métodos de ensino-aprendizado-treinamento no futebol e no futsal. Universidade do Futebol. 2012.

-Vaz, V.P.S.; Gama, J.V.; Santos, J.V.; Figueiredo, A.J. Dias, G.F. Network - Análise da interação e dinâmica do jogo de futebol. RPCD. Vol. 14. Núm. 1. 2014.

-Vendite, C.C.; Moraes, A.C. Sistema, estratégia e tática de jogo no futebol: análise do conhecimento dos profissionais que atuam no futebol. In: XXIX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Anais... Brasília: Intercom. 2004.

-Vieira, M.P.; Faria, R. ¨Este método de treinar é único porque é nosso¨. Record. 2 de agosto de 2010.

-Weineck, J. Treinamento ideal. Manole. São Paulo. 1999.

Publicado
2020-09-07
Como Citar
Rodigues, M. F., Guimarães, D. L. R., Rahal Netto, E., Costa Junior, M. R. da, & Miguel, H. (2020). Evolução dos sistemas táticos no Futebol de campo: uma revisão de literatura. RBFF - Revista Brasileira De Futsal E Futebol, 12(48), 303-316. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/938
Seção
Artigos Científicos - Revisão