A tática do 4-1-4-1 no Futebol: as suas variações e utilização pela seleção da Alemanha na Copa do Mundo de Futebol de 2014

  • Carlos Eduardo Nemitz Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba-PR, Brasil.
  • Jonathan Rocha de Oliveira Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba-PR, Brasil.
  • André Mendes Capraro Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba-PR, Brasil.
Palavras-chave: Futebol, Tática – 4-1-4-1, Variações táticas

Resumo

A tática fundamentou-se com um papel significativo no futebol com o passar dos anos, imbuída por diversas variações. O objetivo do estudo é investigar a utilização do esquema 4-1-4-1, sobretudo o uso pela seleção alemã em determinadas partidas durante a Copa do Mundo de futebol em 2014. Para alcançar essa proposta utilizou-se um método qualitativo sustentado por uma análise imagética que descreve como o 4-1-4-1 era utilizado pela seleção da Alemanha nessas partidas. Foram perceptíveis alguns aspectos do sistema tático 4-1-4-1, por exemplo, as suas variações táticas com poucas trocas de posição durante uma partida, além dos aspectos ofensivos e defensivos que acompanham essa forma de se posicionar e caracterizam o esquema como uma opção equilibrada, dependendo também das características dos atletas. Foi possível observar uma relação do 4-1-4-1 com o 4-3-3 e apontar comparações por conta da semelhança das funções que os dois sistemas levam ao campo. Com isso, conclui-se que o 4-1-4-1 se caracteriza por ser uma forma equilibrada de se postar em uma partida e que, consequentemente, foi importante para a conquista do tetra alemão em 2014.

Biografia do Autor

Carlos Eduardo Nemitz, Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba-PR, Brasil.
Acadêmico em Educação Física (Licenciatura) na Universidade Federal do Paraná (UFPR).
Jonathan Rocha de Oliveira, Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba-PR, Brasil.

Mestrando em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).

André Mendes Capraro, Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba-PR, Brasil.

Doutor em História pela Universidade Federal do Paraná; Atualmente é professor Associado da Universidade Federal do Paraná e docente no programa de Pós Graduação (Mestrado/Doutorado) em Educação Física na Universidade Federal do Paraná.

Referências

-Almeida, C. E. S.; Lauria, V. T.; Lima, C. A evolução dos esquemas táticos no futebol. Revista acadêmica Interinstitucional. Vol. 9. Num. 20. 2016.

-Costa, L. C. A.; Nascimento, J. V. O ensino da técnica e da tática: novas abordagens metodológicas. Journal of Physical Education. Vol. 15. Num. 2. 2004. p. 49-56.

-Creswell, J. W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. 2ª edição. Porto Alegre. Artmed. 2007.

-Godoi, C. K. Metodologia qualitativa discursivo-imagética: do contexto da produção às possibilidades de recepção da imagem. IV Congresso Brasileiro de Estudos Organizacionais. Anais. Porto Alegre. 2016.

-Lima, T. R. L. A. O futebol total e o tiki-taka: análise comparativa entre a seleção Holandesa de futebol de 1974 e o Fútbol Club Barcelona da Espanha de 2015. TCC. Graduação em Educação Física. UFPE. Vitória de Santo Antão. 2017.

-Machado, L. Análise: Tite e o 4-1-4-1 - O Esquema que fez do Brasil a Fênix do Futebol. 2017. Disponível em: <https://medium.com/o-contra-ataque/tite-e-o-4-1-4-1-69506db6afd7> Acesso em: 20/04/2020.

-Marques Junior, N. K. Copa do Mundo de 2014: dados estatísticos das quatro melhores equipes. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 7. Num. 25. 2015. p. 297-326. Disponível em: <http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/342>.

-Müller-Budack, E.; Theiner, J.; Rein, R.; Ewerth, R. "Does 4-4-2 exist?" – An Analytics Approach to Understand and Classify Football Team Formations in Single Match Situations. II ACM International workshop on multimedia content analysis in sports. Nice. 2019. p. 25-33.

-Parreira, C. A. Evolução Tática e estratégias de jogo. Brasília. EBF. 2005.

-Vendite, C.; Moraes, A. C. Sistema, Estratégia e Tática de Jogo no Futebol: Análise do Conhecimento dos Profissionais que Atuam no Futebol. XXVII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Porto Alegre. 2004. p. 1-10.

-Wilson, J. A pirâmide invertida: a história da tática no futebol. 1ª edição. Campinas. Grande Área. 2016.

Publicado
2020-09-07
Como Citar
Nemitz, C. E., Oliveira, J. R. de, & Capraro, A. M. (2020). A tática do 4-1-4-1 no Futebol: as suas variações e utilização pela seleção da Alemanha na Copa do Mundo de Futebol de 2014. RBFF - Revista Brasileira De Futsal E Futebol, 12(48), 218-229. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/927
Seção
Artigos Científicos - Original