Mulheres no mundo do Futebol: representações

Djalma Oliveira de Souza, Maria do Espirito Santo Rosa Cavalcante Ribeiro

Resumo


O artigo propõe a análise historiográfica de obras que contam a história do futebol brasileiro e que meticulosamente relegam, ao longo dos anos, a participação das mulheres dentro e fora de campo. A intenção é trazer à discussão a forma como as mulheres são representadas em várias escrituras: livros, revistas, periódicos, artigos e literatura em geral que tratam do esporte bretão. Atualmente, e quase que unanimemente, as narrativas que conceituam o brasileiro através do futebol, além de apresentarem praticamente sempre a mesma história - Charles Miller e sua volta ao Brasil vindo da Inglaterra-  reforçam a ideia de que o futebol tem dono e este dono é o homem; normalmente elas retratam um ambiente cercado de preconceito e exclusão social, que com o passar dos anos tornou-se um portal de explicação do “caráter” do brasileiro. Nesse mesmo caminho de explicação em que o futebol “explica tudo”, percebe-se uma total exclusão das mulheres quando o assunto é construir uma narrativa do estado-nação através do futebol. Por meio dessa percepção, o artigo pontua algumas demandas históricas contemporâneas: como entender a democracia, a equidade de gênero, a integração social e a nação brasileira   deixando as mulheres de fora?

 

RESUMEN 

Mujeres en el mundo del futbol: representaciones

Este artículo propone un análisis historiográfico de obras que cuentan la historia del futbol brasileño y que meticulosamente discriminan, a lo largo de los años, la participación de las mujeres dentro y fuera de la cancha. La intención es traer a la discusión la forma como las mujeres son retratadas em diversos medios escritos: libros, revistas, periódicos, artículos y literatura en general que se ocupan del deporte bretón. Actualmente, y casi de manera unánime, las narrativas que conceptúan al brasileño por medio del futbol, además de casi siempre presentar la misma historia – Charles Miller en su vuelta a Brasil viniendo de Inglaterra – refuerzan la idea de que el futbol tiene dueño y que este dueño es el hombre; ellas comúnmente retratan un ambiente cercado de prejuicio y exclusión social, que, con el pasar de los años, se ha vuelto un portal de explicación sobre el “carácter” del brasileño. En esta misma ruta de explicación en la cual el futbol “explica todo”, se percibe una total exclusión de las mujeres cuando el asunto se trata de la construcción de una narrativa del estado-nación a través del futbol. Por medio de esa percepción, este artículo puntualiza algunas demandas históricas contemporáneas: ¿Cómo entender la democracia, la equidad de género, la integración social y la nación brasileña que deja afuera a las mujeres?

 

ABSTRACT

Women in the world of football: representations

The article proposes the historiographical analysis of works that tell the history of Brazilian soccer and that meticulously relegate over the years the participation of women on and off the field. The intention is to bring to the discussion the way women are represented in various scriptures: books, magazines, periodicals, articles and literature in general that deal with the sport of Breton. Currently, almost unanimously, the narratives that conceptualize the Brazilian through football, besides presenting almost always the same story -Charles Miller and his return to Brazil from England – reinforce the idea that football has owner and this owner is the man; usually they portray an environment surrounded by prejudice and social exclusion, which over the years has become a portal to explain the "character" of Brazilians. In this same way of explanation in which soccer "explains everything", one perceives a total exclusion of women when it comes to constructing a narrative of the nation-state through soccer. Through this perception, the article points out some contemporary historical demands: how to understand democracy, gender equity, social integration and the Brazilian nation leaving women out?


Palavras-chave


Futebol; Mulheres; Historiografia; Preconceito; Representação

Texto completo:

PDF

Referências


-Antunes, F. Futebol e identidade nacional em José Lins do Rego, Mário Filho e Nelson Rodrigues. São Paulo: Editora UNESP. 2004.

-Chartier, R. A História Cultural: Entre Práticas e Representações. Rio de Janeiro: Bertrand. 1990.

-Ferreira, R. L. História do futebol de cajazeiras. Gráfica e editora Real. 2015.

-Franco Jr., H. A Dança dos deuses: futebol, sociedade, cultura. São Paulo: Cia das Letras. 2007.

-Howell, C.; Leeworthy, D. Borderlands. In Pope, S. W; Nauright, J. (eds.). Routledge companion to sports history. New York: Routledge. 2009.

-Hollanda, B. B. B. O descobrimento do futebol: modernismo, regionalismo e paixão esportiva em José Lins do Rego / Bernardo Borges Buarque de Hollanda. Dissertação de Mestrado em História. Rio de Janeiro, PUC. 2003.

-Leal, F. Goiás: sob o manto verde do cerrado. Goiânia: Kelps. 2014.

-Mazzoni, T.H. História do Futebol no Brasil. São Paulo: Leia, 1950, p.289. Witter, J. S. Breve História do Futebol Brasileiro. São Paulo: FTD. 1996.

-Pereira, L. A. M. 1968 Footbal lmania: uma história social do futebol no Rio de Janeiro-1902-1938. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 2000.

-Provenzano, B. A participação das mulheres no radio jornalismo esportivo no Rio Grande do Sul. Novo Hamburgo: Centro Universitário Feevale. 2009.

-Rodrigues, M. F. O criador de multidões. In: Maron Filho, O.; Ferreira, R. (Orgs.). Fla-Flu... e as multidões despertaram. Rio de Janeiro: Europa. 1987

-Rodrigues, N. Flor de obsessão: as 1.000 melhores frases de Nelson Rodrigues. São Paulo: Companhia das Letras. 1997.

-Salvini, L.; Marchi Jr, W. Notoriedade mundial e visibilidade local: o futebol feminino na revista placar na década de 1990. In: Revista Discente do Programa de Pós-graduação em Sociologia da UFPR. Vol. 1. Num. 1. 2013.

-Valporto, O. Atleta, substantivo feminino: as mulheres brasileiras nos jogos olímpicos, Rio de Janeiro: Casa da Palavra. 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBFF - Revista Brasileira de Futsal e Futebol

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Antonio Coppi Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui