Prevalência e perfil de lesões esportivas em atletas de Futsal feminino nos jogos universitários brasileiros

Luiz Fernando Martins de Souza Filho, Jordana Campos Martins de Oliveira, Gustavo Sperandio Barros, Rina Márcia Magnani, Ana Cristina Silva Rebelo, Suely Maria Satoko Moriya Inumaru

Resumo


O futsal se apresenta como esporte com maior número de adeptos no Brasil, sendo crescente o número de mulheres que praticam a modalidade. O objetivo do estudo foi analisar o perfil das lesões esportivas em atletas femininas da primeira divisão de futsal universitário durante os Jogos Universitários Brasileiros de 2014. O presente estudo tem caráter observacional, transversal e descritivo, com base no levantamento de prontuários de atendimento da equipe de saúde da Confederação Brasileira do Desporto Universitário na modalidade futsal feminino, sendo coletado o histórico de 41 atendimentos. Foram coletados mediante acesso aos prontuários o(s) segmento(s) afetado(s), equipe do competidor (estado), e idade. Os dados foram tratados em termos descritivos e foi realizada correlação linear de Pearson (p<0,05). As atletas participaram de 18 partidas, apresentando prevalência de 2,16 lesões por partida. As lesões sem contato com outra atleta apresentaram maior prevalência do que as lesões associadas ao contato. Houve predomínio de único registro de lesão em comparação às recorrências. A prevalência de lesões por partida apresentou correlação alta e positiva com o dia da competição, resultado estatisticamente significante (p<0,05). Foi observada maior prevalência de lesões em membros inferiores, sendo estas musculotendíneas. Em relação aos segmentos, houve predomínio de relato de lesões em tornozelo e coxa. O futsal se apresenta como esporte de risco e com grande frequência de lesões, sendo necessária a realização de estudos que abordem fatores relacionados a esta ocorrência a fim de nortear estudos futuros que visem à prevenção de novas lesões e suas recorrências.

 

ABSTRACT 

Prevalence and profile of athletic injuries in female athletes of futsal during the brazilian college sports competitions

Futsal indoor soccer has emerged as the sport with the highest number of fans in Brazil and there is an increasing number of women who practice this sport. The aim of this study was to analyze the profile of athletic injuries in female athletes of the College Premier Futsal League during the Brazilian college sports competitions 2014. This is an observational, descriptive, and cross-sectional study, based on the analyses of medical charts issued by the Brazilian University Sports Confederation health care team of the College Futsal League. Forty-one medical records were collected. The affected segment (s), the competitor's (state) team, and age were collected through access to medical records. Data were treated in descriptive terms and Pearson's linear correlation was performed (p <0.05). The athletes participated in 18 matches, presenting a prevalence of 2.16 injuries per match. Non-contact lesions with other athletes presented higher prevalence than lesions associated with contact. There was prevalence of single-record injuries when compared to injury re-occurrences. The prevalence of injuries per match showed high positive correlation with the day of the competition, a statistically significant result (p <0.05). The lower limbs had a higher prevalence of injuries, being these musculotendines. As regards the segments, there was prevalence of ankle and thigh injuries. Futsal indoor soccer is a sport that involves risk, and which has high frequency of injuries, being necessary to carry out studies that address factors related to such events in order to guide future studies aimed at preventing new injuries and their re-occurrences.


Palavras-chave


Futebol de salão; Atletas; Universitários; Mulher; Lesões em atletas

Texto completo:

PDF

Referências


-Abate, M.; Schiavone, C.; Salini, V.; High prevalence of patellar and achilles tendinopathies in futsal athletes. J Sports Sci Med. Vol. 11. Núm. 1. p.180-181. 2012. Disponível em:

-Abrahão, G.S.; Caixeta, L.F.; Siqueira, D.P.P.; Carvalho, L.C.; Matheus, J.P.C. Incidência das lesões ortopédicas por segmento anatômico associado à avaliação da frequência e intensidade da dor em uma equipe de futebol amador. BRJB. Vol. 3. Núm. 2. p.152-158. 2009. Disponível em:

-Arena, S.S.; Carazzato, J.G. A relação entre o acompanhamento médico e a incidência de lesões em atletas jovens de São Paulo. Rev. bras. med. esporte. Vol. 13. Núm. 4. p. 217-221. 2007. Disponível em:

-Baldaço, F.O.; Cadó, V.P.; Souza, J.; Mota, C.B.; Lemos, J.C. Análise do treinamento proprioceptivo no equilíbrio de atletas de futsal feminino. Fisioter. mov. Vol. 23. Núm. 2. p. 183-192. 2010. Disponível em:

-CBFS, Confederação Brasileira de Futebol de Salão. Origem, 2009. Disponível em: ˂http://www.cbfs.com.br/2009/cbfs/origem.php˃.

-Gayardo, A.; Matana, S.B.; Silva, M.R. Prevalência de lesões em atletas do futsal feminino brasileiro: Um estudo retrospectivo. Rev. bras. med. esporte. Vol. 18. Núm. 3. p. 186-189. 2012. Disponível em:

-Hamid, M.S.A.; Jaafar. Z.; Ali, A.S.M. Incidence and characteristics of injuries during the 2010 FELDA/FAM National Futsal League in Malaysia. PloS One. Vol. 9. Núm. 4. p.1-6. 2014. Disponível em:

-Junge, A.; Dvorak, J. Injury risk of playing football in futsal world cups. Br J Sports Med. Vol. 40. Núm. 15. p. 1089-1092. 2010. Disponível em:

-Le Gall, F.; Carling, C.; Reilly, T. Injuries in young elite female players na 8-season prospective study. Am. J. Sports Med. Vol. 36. Núm. 2. p. 276-284. 2008. Disponível em:

-Lefchak, F.J.; Longen, W.C. Existe relação entre o tipo de piso da quadra de futsal e respostas adaptativas da musculatura em praticantes de futsal masculino?. Rev. bras. med. esporte. Vol. 20. Núm. 1. p. 8-12. 2014. Disponível em:

-Moreira, D.; Godoy, J.R.P.; Braz, R.G.; Machado, G.F.B.; Santos, H.F.S. Abordagem cinesiológica do chute no futsal e suas implicações clínicas. RBCM. Vol. 12. Núm. 2. p. 81-85. 2004. Disponível em:

-Pardini, D.P. Alterações hormonais da mulher atleta. Arq Bras Endocrinol Metab. Vol. 45. Núm. 4. p.343-51. 2011. Disponível em:

-Pinheiro, A.L.; Rocha, R.E.R. Prevalência de lesões em atletas de futsal recreacional. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 9. Núm. 34. p.333-340. 2017. Disponível em:

-Ribeiro, R.N.; Costa, L.O.P. Análise epidemiológica de lesões no futebol de salão durante o XV Campeonato Brasileiro de Seleções Sub 20. Rev. bras. med. esporte. Vol. 12. Núm. 1. p. 1-5. 2006. Disponível em:

-Quemelo, P.R.V.; Coelho, A.R.; Bachur, J.A.; Morrage, M.A.; Zaia, J.E.; Godotti, I. Prevalence of sport injuries during the 53º regional games in Franca (SP), Brazil. Fisioter. pesqui. Vol. 19. Núm. 3. p. 256-260. 2012. Disponível em:

-Serrano, J.M.; Shahidian, S.; Voser, R.C.; Leite, N. Incidência e fatores de risco de lesões em jogadores de futsal portugueses. Rev. bras. med. esporte. Vol. 19. Núm. 2. p.123-129. 2013. Disponível em:

-Souza, T.C.; Medeiros, C.; Silva, L.A.; Silveira, T.C.; Silveira, P.C.; Pinho, C.A. Avaliação sérica de danos musculares e oxidativos em atletas após partida de futsal. Rev. bras. cineantropom. desempenho hum. Vol. 12. Núm. 4. p. 269-274. 2010. Disponível em:

-Tegnander, A.; Olsen, O.E.; Moholdt, T.T.; Engebretsen, L.; Bahr, R. Injuries in Norwegian female elite soccer: a prospective one-season cohort study. Knee Surg Sports Traumatol Arthrosc. Vol. 16. Núm. 2. p. 194-198. 2008. Disponível em:

-Zein, M.L.; Kurniarobbi, J.; Prastowo, N.A.; Mukti, I.L. The effect of short period FIFA 11+ training as an injury prevention program in youth futsal players. IJPESH. Vol. 4. Núm. 2. p. 200-03. 2017. Disponível em:


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBFF - Revista Brasileira de Futsal e Futebol

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Antonio Coppi Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui