Efeito da idade relativa no campeonato paulista de futebol de base

  • Sergio de Sousa Programa de Pós Graduação Associado UEM/UEL, Paraná, Brasil.
  • Edison Andrade Fundação Universitária Iberoamericana
  • Marcel Adilson Marangoni Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE), Presidente Prudente-SP, Brasil
Palavras-chave: Futebol, Desempenho, Grupos etários, Talento

Resumo

O efeito da idade relativa (EIR) tem sido investigado em alguns setores da sociedade como desempenho na educação e nos esportes. Das modalidades investigadas, o futebol apresenta muitos estudos com diferentes faixas etárias, porém este efeito tem sido mais observado nas categorias de base. Apesar disso, ainda existe a necessidade de estudos que indiquem a diferença percentual entre as diferentes categorias do futebol de base, pois permanece a dúvida sobre qual faixa etária em que a idade relativa é mais recorrente. Assim, o presente estudo teve como objetivo investigar a ocorrência do EIR em jovens de diferentes faixas etárias que faziam parte das categorias de base do campeonato paulista de futebol. Para isso, foram analisados 991 jogadores pertencentes à categoria sub 11 os quais pertenciam a 41 equipes (idade 10,4 ± 0,45 anos), 1026 atletas de 41 times (idade 12,5 ± 5,6 anos) na sub 13 e, 1956 atletas de 81 equipes (idade 14,4 ± 0,46 anos) na categoria sub 15, sendo que todos disputaram o Campeonato Paulista de futebol de base no ano de 2014. Após a tabulação dos dados e separação conforme a categoria, foram estabelecidos às médias e os respectivos desvios padrão e, a partir da­ o tratamento estatístico foi feito pelo teste Qui-Quadrado (X2) com significância de p<0,05, todas as análises foram executadas por software especí­fico (SPSS 20.0). Como resultado, a categoria sub11 apresentou 68,8%, a sub 13 indicou 74% e a 15 um percentual de 72,4. Com base nos presentes dados, concluí­mos que o EIR está presente nas três categorias analisadas, entretanto as categorias sub 13 e 15 apresentaram percentuais acima de 70%, o que pressupõe que nestas faixas etárias o EIR é mais recorrente.

Biografia do Autor

Sergio de Sousa, Programa de Pós Graduação Associado UEM/UEL, Paraná, Brasil.

Aluno de Mestrado do Programa de Pós Graduação Associado UEM/UEL. 

Edison Andrade, Fundação Universitária Iberoamericana

Mestre em Atividade Fí­sica e Saúde pela Fundação Universitária Iberoamericana

Marcel Adilson Marangoni, Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE), Presidente Prudente-SP, Brasil

Mestre em Atividade Fí­sica e Saúde pela Fundação Universitária Iberoamericana

Referências

-Carli, G. C.; Luguetti, C. N; Ré, A. H. N.; Böhme, M. T. S. Efeito da idade relativa no futebol. Revista Brasileira de Ciência e Movimento. Vol. 17. Núm. 3. p. 25-31. 2009. Disponível em: <https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/1048>

-Carling, C.; Gall, F.; Reilly, T; Williams, A. M. Do anthropometric and fitness characteristics vary according to birth date distribution in elite youth academy soccer players? Scandinavian Journal Medicine Science Sports. Vol. 19. Núm. 1. p. 3-9. 2009. Disponível em: <http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1600-0838.2008.00867.x/full>

-Costa, V. T.; Simim, M. A.; Noce, F.; Costa, I. T.; Samulski, D. M.; Moraes, L. C. C. A. Comparison of relative age of elite athletes participating in the 2008 Brazilian soccer championship series A and B. Motricidade. Vol. 5. Num. 3. 2009. p. 35-38. Disponível em: <http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?pid=S1646-107X2009000300004&script=sci_arttext&tlng=p>

-Del campo, D. G. D.; Vicedo, J. C. P.; Villora, S. G.; Jordan, O. R. C. The relative age effect in youth soccer players from Spain. Journal of Sports Science and Medicine. Vol. 9. Núm. 1. p. 190-198. 2010. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3761747/>

-Del Campo, D. G. D. Review of relative age effects and potential ways to reduce them in sport and education. Retos, Nuevas tendencias en Educación Física, Deporte y Recreación. Vol. 23. Núm. 1. p. 51-63. 2013. Disponível em: <https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=4135253>

-Delorme, N.; Boiché, J.; Raspaud, M. Relative age and dropout in French male soccer. Journal of Sports Science. Vol. 28. Núm. 7. p. 717-727. 2010. Disponível em: <http://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/02640411003663276>

-Deprez, D.; Coutts, A. J.; Fransen, J.; Deconinck, F.; Lenoir, M.; Vaeyens, R.; Philippaerts, R. Relative age, biological maturation and anaerobic characteristics in elite youth soccer players. International Journal of Sports Medicine. Vol. 34. Núm. 10. p. 897-903. 2013.

-Di Salvo, V.; Baron, R.; Tschan, H.; Calderon Montero, F. J.; Bachl, N.; Pigozzi, F. Performance Characteristics According to Playing Position in Elite Soccer. International Journal of Sports Medicine. Vol. 28. Núm. 1. p. 222-227. 2017. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17024626>

-Ferrari Bravo, D.; Impellizzeri, F. M.; Rampini, E.; Castagna, C.; Bishop, D.; Wisloff, U. Sprint vs. Interval Training in Football. International Journal of Sports Medicine. Vol. 29. Núm. 1. p. 668-674. 2008. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18080951>

-Gil, S. M.; Badiola, A.; Bidaurrazaga-Letona, I.; Zabala-Lili, J.; Gravina, L.; Santos-Concejero, J.; Lekue, J. A.; Granados, C. Relationship between the relative age effect and anthropometry, maturity and performance in young soccer players. Journal of Sport Science. Vol. 32. Núm. 5. p. 479-486. 2014. Disponível em: <http://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/02640414.2013.832355>

-Gonzaga, A. S.; Martinelli, B. F.; Silva, E. G.; Teoldo, I. O efeito da idade relativa entre os jogadores de futebol: estudo de caso na copa a gazetinha. Revista Mineira de Educação Física, Viçosa. Vol. 1. Núm. esp. p. 2271-2278. 2012. Disponível em: <http://www.revistamineiraefi.ufv.br/artigos?start=560>

-Gonzállez-Villora, S.; Pastor-Vicedo, J. C.; Cordente, D. Relative Age Effect in UEFA Championship Soccer Players. Journal of Human Kinetics. Vol. 47. p. 237-248. 2015. Disponível em: <https://www.degruyter.com/view/j/hukin.2015.47.issue-1/hukin-2015-0079/hukin-2015-0079.xml>

-Lima, D. A.; Estrada, L. F. G.; Massa, V. B. H.; Hirota, V. B. A maturação sexual e a idade cronológica durante um processo de detecção, seleção e promoção do talento esportivo nas categorias de base do futebol de campo. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte. Vol. 7. Núm. 3. p. 83-90. 2008. Disponível em: <http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/remef/article/view/1494>

-Lovell, R.; Towlson, C.; Parkin, G.; Portas, M.; Vaeyens, R.; Cobley, S. Soccer Player Characteristics in English Lower-League Development Programs: The Relationships between Relative Age, Maturation, Anthropometry and Physical Fitness. Plos One. Vol. 10. Núm. 9. e0137232. 2015. Disponível em: <http://journals.plos.org/plosone/article?id=10.1371/journal.pone.0137238>

-Massa, M.; Costa, E. C.; Moreira, A.; Thiengo, C. R.; Lima, M. R.; Marquez, W. Q.; Aoki, M. S. The relative age effect in soccer: a case study of the São Paulo Football Club. Revista Brasileira de Cineantropometria Desempenho Humano. Vol. 16. Núm. 4. p. 399-405. 2014. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2014v16n4p399>

-Matta, M. O.; Figueiredo, A. J.; Garcia, E. S.; Wernek, S. Z.; Seabra, A. Relative age effect on anthropometry, biological maturation and performance of young soccer players. Rev Bras Cineantropometria e Desempenho Humano. Vol. 17. Núm. 3. p. 257-268. 2015.

-Musch, J.; Grondin, S. Unequal competition as an impediment to personal development: a review of the relative age effect in sport. Developmental Review. Vol. 21. p. 147-167. 2011. Disponível em: <http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0273229700905161>

-Ostojic S. M.; Castagna, C.; Calleja-González, J.; Jukic, I.; Idrizovic, K.; Stojanovic, M. The biological age of 14-year-old boys and success in adult soccer: do early maturers predominate in the top-level game? Research Sports Medicine. Vol. 22. Núm. 4. p. 398-407. 2014. Disponível em: <http://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/15438627.2014.944303>

-Pedretti, A.; Seabra, A. Relative age effect and its relationship with morphological characteristics and performance in young soccer players. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano. Vol. 17. Núm. 3. p. 367-377. 2015. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2015v17n3p367>

-Penna, E. M.; Ferreira, R. M.; Costa, V. T.; Santos, B. S.; Moraes, L. C. C. A. Relação entre o mês de nascimento e estatura de atletas do mundial de futebol sub 17. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano. Vol. 14. Núm. 5. p. 571-581. 2012. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2012v14n5p571>

-Pinto, D. P.; Silva, C. D.; Belli, R. J.; Ramos, M. R.; Miranda, R. H. S.; Paoli, P. B. Efeito da idade relativa no Futebol: Análise em jogadores Sub-elite e elite no Brasil. Revista Brasileira de Futebol. Vol. 5. Num. 1. p. 24-30. 2012. Disponível em: <http://www.seer.ufv.br/seer/rbf/index.php/RBFutebol/article/view/95>

-Rabelo, F. N.; Pasquarelli, B. N.; Matzenbacher, F.; Campos, F. A. D; Osiecki, R.; Dourado, A. C.; Stanganelli, L. C. R. Efeito da idade relativa nas categorias do futebol brasileiro: critérios de seleção ou uma tendência populacional? Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Vol. 38. Núm. 4. p. 370-375. 2016. Disponível em: <http://www.rbceonline.org.br/pt/efeito-da-idade-relativa-nas/articulo/S0101328916000020/>

-Stølen, T.; Chamari, K.; Castagna, C.; Wisløff, U. Physiology of Soccer. An Update. Sports Medicine. Vol. 35. Núm. 1. p. 35: 501-536. 2005. <http://link.springer.com/article/10.2165/00007256-200535060-00004>

Publicado
2019-01-15
Como Citar
de Sousa, S., Andrade, E., & Marangoni, M. A. (2019). Efeito da idade relativa no campeonato paulista de futebol de base. RBFF - Revista Brasileira De Futsal E Futebol, 10(40), 634-640. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/653
Seção
Artigos Cientí­ficos - Original