Morbidades musculoesqueléticas referidas em jogadores de futebol não profissionais

  • Ronaldo Dias Magalhães Junior Escola de Ciências Sociais e da Saúde, Pontifí­cia Universidade Católica (PUC-GO), Goiânia-GO, Brasil
  • Marco Antônio Basso Filho Escola de Ciências Sociais e da Saúde, Pontifí­cia Universidade Católica (PUC-GO), Goiânia-GO, Brasil
  • Romes Bittencourt Nogueira de Sousa Instituto de Ciências Biológicas, Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia-GO, Brasil
  • Gustavo Rodrigues Pedrino Instituto de Ciências Biológicas, Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia-GO, Brasil
  • Adroaldo José da Casa Junior Escola de Ciências Sociais e da Saúde, Pontifí­cia Universidade Católica (PUC-GO), Goiânia-GO, Brasil
  • Ana Cristina Silva Rebelo Departamento de Morfologia, Instituto de Ciências Biológicas, Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia-GO, Brasil
Palavras-chave: Futebol, Sistema musculoesquelético, Mobilidade

Resumo

Introdução: O futebol apresenta elevada incidência de lesão por tratar-se de um esporte caracterizado por intenso contato físico, realização de movimentos complexos e por exigir alta capacidade aeróbica em treinos e jogos de seus praticantes. Objetivo:Descrever a incidência de morbidades musculoesqueléticas referidas em jogadores de futebol não profissionais durante o Campeonato Municipal de Futebol de Piracanjuba 2016. Métodos: Trata-se de um estudo epidemiológico, longitudinal e descritivo, em que participaram 84 jogadores de futebol não profissionais do referido campeonato. Para identificar os distúrbios musculoesqueléticos ocorridos foi utilizado o Inquérito de Morbidade Referida (IMR) com adaptações para esta modalidade. O presente estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Pontifí­cia Universidade Católica de Goiás e adotou-se um ní­vel de significância de 5% (p < 0,05). Resultados: Observarmos que a incidência de lesões musculoesqueléticas nos atletas participantes foi baixa, sendo a mais referida, o estiramento muscular. Os segmentos anatômicos mais comumente afetados foram coxa, joelho e perna (membro inferior), sobretudo, durante o movimento de arrancada. Em relação à posição em campo, verificamos que atacantes e laterais apresentaram mais lesões. Não se observou correlação entre idade e IMC com a presença de lesões.Conclusão: A partir de tais resultados, denota-se a importância de programas de condicionamento fí­sico e treinos regulares, como forma de prevenção às desordens musculoesquelética caracterí­sticas do futebol.

Biografia do Autor

Ronaldo Dias Magalhães Junior, Escola de Ciências Sociais e da Saúde, Pontifí­cia Universidade Católica (PUC-GO), Goiânia-GO, Brasil

Acadêmico de Fisioterapia

Escola de Ciências Sociais e da Saúde

Pontifí­cia Universidade Católica = Goiânia Goiás

Marco Antônio Basso Filho, Escola de Ciências Sociais e da Saúde, Pontifí­cia Universidade Católica (PUC-GO), Goiânia-GO, Brasil

Professor da Escola de Ciências Sociais e da Saúde - PUC-GO,

Romes Bittencourt Nogueira de Sousa, Instituto de Ciências Biológicas, Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia-GO, Brasil

Acadêmico de Ciências Biológicas - Instituto de Ciências Biológicas - Universidade Federal de Goiás. Terapeuta Holí­stico e formando em Acupuntura pela Associação Brasileira de Acupuntura - ABA.

Adroaldo José da Casa Junior, Escola de Ciências Sociais e da Saúde, Pontifí­cia Universidade Católica (PUC-GO), Goiânia-GO, Brasil

Professor da Escola de Ciências Sociaie e da Saúde - PUC-GO.

Ana Cristina Silva Rebelo, Departamento de Morfologia, Instituto de Ciências Biológicas, Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia-GO, Brasil

Professora do Depto. de Morfologia da Universidade Federal de Goiás.

Referências

-Abreu, G. A.; Sandoval, R. A. Perfil epidemiológico dos atletas profissionais do Vila Nova Futebol Clube no campeonato brasileiro série B 2010. EFDeportes.com, Rev Digit Buenos Aires,. Vol. 16. Num. 163. p. 1-11. 2016.

-Agel, J.; Evans, T. A.; Dick, R.; Putukian, M.; Marshall, S. W. Descriptive epidemiology of collegiate men’s soccer injuries: National Collegiate Athletic Association Injury Surveillance System, 1988-1989 Through 2002-2003. J Athl Train. V. 42 Num. 2. p. 270-277. 2007.

-Alexandre, D.; Almeida, R. E.; Dutra, T.; Silva, D. O.; Lima, E. V. Incidência de lesões no futebol profissional do brasil. Ver. Digit. Buenos Aires.V. 9 Num. 61. p. 1060-1063. 2003.

-Augusto, D.; Silva, S.; Souto, M. D. Lesões em atletas profissionais de futebol e fatores associados Lesões em atletas profissionais de futebol e fatores associados. Ver. Digit. Buenos Aires. Vol. 13. Num. 121. p.1-5. 2010.

-Barbosa, B. T. C.; Carvalho, A. M. Incidência de lesões traumato-ortopédicas na equipe do Ipatinga Futebol Clube-MG. Mov - Rev. Digit. Educ. Física. Vol. 3 Num. 1. p. 1-18. 2008.

-Barroso, G. C.; Thiele, E. S. Lesao muscular nos atletas. Rev Bras Ortop. Vol. 46. Num. 4. p. 354-362. 2011.

Brito, J.; Soares, J.; Rebelo, A. N. Prevention of Injuries of the Anterior Cruciate Ligament in Soccer Players. Rev. Bras. Med. Do Esporte. Vol. 15 Num. 1. p. 62-71. 2009.

-Carvalho, D. A. Lesões Ortopédicas nas Categorias de Formação de um Clube de Futebol. Rev Bras Ortop. V. 48. Num. 1. p. 41-46. 2013.

-Clebis, N. K.; Raquel, M.; Natali, M. Lesões musculares provocadas por exercícios excêntricos Muscular lesions provoked by eccentric exercises. Rev. Bras. Cienc. e Mov. Vol. 9. Num. 4. p. 47-53. 2001

-Dória, D. D.; Morais, G. A.; Santos, F.; Faria, F.; Cunha M.; Henrique P. Fisioterapia Esportiva: Prevenção e Reabilitação de Lesões Esportivas em Atletas do América Futebol Clubeâ€. rE. 1996.

-Guerra, I.; Soares, E. D. A.; Burini, R. C. Aspectos nutricionais do futebol de competição. Ver. Bras. Med. do Esporte. Vol. 7. Num. 6. p. 200-206. 2001.

-Junge, A.; Dvořák, J. Football injuries during the 2014 FIFA World Cup. Br J Sports Med. V. 49. Num. 9. p. 599-602. 2015

-Kleinpaul, J.; Mann, L.; Santos, S. Lesões e desvios posturais na prática de futebol em jogadores jovens Injuries and postural deviations in young players’ soccer practice. Fisioter e Pesqui. V. 17 Num. 3. p. 236-241. 2010.

-Ladeira, C. E. Incidência De Lesões No Futebol : Um Estudo Prospectivo Com Jogadores Masculinos Adultos Amadores Canadenses. Rev. Bras. Fisioter. Vol. 4. Num. 1. p. 39-47. 1999.

-Leite, B. S.; Neto, F. C. Incidências de lesões traumato-ortopédicas no futebol de campo feminino e sua relação com alterações posturais. Rev. Digit. - Buenos Aires. Vol. 61. Num. 9. 2003

-Manuel, J. Modelação Táctica Do Jogo De Futebol [tese]. São Paulo: Universidade do Porto Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física. 1997.

-Palacio, E. P.; Candeloro, B. M.; Lopes, A. A. Injuries in the professional soccer players of Marília Atlético Clube: A cohort study of the Brazilian Championship, 2003 to 2005. Rev. Bras. Med. Esporte. Vol. 15 Num. 1 p. 31-36. 2009.

-Pinheiro, C.; Caboclo, F.; Carvalho, F.; Alexandre, C.; José, E.; Cunha, R. Incidenciadas lesoes ortopedicas por seguimento anatomico associado a avaliacao da frequencia e intensidade da dor em uma equipe de futebol amador. Rede Rev Científicas da América Lat Caribe, Espanha e Port. Vol. 3. Num. 2. p. 152-160. 2009.

-Rahnama, N.; Reilly, T.; Lees. Injury risk associated with playing actions during competitive soccer. Br J Sports Med. Vol. 36. Num. 5. p. 354-363. 2002.

-Rechel, J. A.; Yard, E. E.; Comstock, R. D. An epidemiologic comparison of high school sports injuries sustained in practice and competition. J Athl Train. V. 43. Num. 2. p. 197-204. 2008.

-Santos, P. B. Lesões no Futebol. Rev Digit Buenos Aires. Vol. 143. Num. 15. 2010.

-Selistre, L. F. A.; Taube, O. L. S.; Ferreira, L. M. A.; Barros E. A. Incidência de lesões nos jogadores de futebol masculino sub-21 durante os jogos regionais de Sertãozinho-SP de 2006. Rev Bras Med do Esporte. Vol. 15. Num. 5. p. 351-355. 2009.

-Shalaj, I,. Tishukaj, F.; Bachl, N.; Tschan, H.; Wessner, B.; Csapo, R. Injuries in professional male football players in Kosovo: a descriptive epidemiological study. BMC Musculoskelet Disord. Vol. 17. Num. 338. 2016.

-Stewien, E. T. M.; Camargo, O. P. A. Ocorrencia de entorse e lesoes do joelho em jogadores de futebol da cidade de Manaus, Amazonas Knee lesions and sprains in soccer players of Manaus city, Amazonas - Brazil. Acta. Ortop. Bras. Vol. 13. Num. 3. p. 141-147. 2005.

-Zanuto, E. A. C.; Harada, H.; Gabriel Filho, L. R. A. Análise epidemiológica de lesões e perfil físico de atletas do futebol amador na região do Oeste Paulista. Rev. Bras. Med. Esporte. V. 16. Num. 2. p. 116-180. 2010.

Publicado
2018-12-18
Como Citar
Magalhães Junior, R. D., Filho, M. A. B., Sousa, R. B. N. de, Pedrino, G. R., da Casa Junior, A. J., & Rebelo, A. C. S. (2018). Morbidades musculoesqueléticas referidas em jogadores de futebol não profissionais. RBFF - Revista Brasileira De Futsal E Futebol, 10(40), 506-512. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/527
Seção
Artigos Cientí­ficos - Original