A motivação para prática do Futsal: Um estudo com atletas na faixa etária entre 13 e 18 anos

  • Rogério da Cunha Voser ESEF - UFRGS
  • Cezar Mauricio Moreira HORUS FACULDADES/PINHALZINHO-SC
  • Patrícia Eloí Gomes Voser Faculdades Integradas São Judas Tadeu
  • José Augusto Evangelho Hernandez Universidade Estadual do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Futsal, Motivação, Psicologia do esporte

Resumo

Este estudo quantitativo, descritivo e exploratório objetivou verificar a motivação para o esporte de 50 atletas de futsal, do sexo masculino, com idades entre 13 e 18 anos, distribuídas nas seguintes categorias: Sub-14 (16 atletas), Sub-16 (17 atletas) e Sub-18 (17 atletas), representando o município de Caxambu do Sul nos campeonatos organizados pela Fesporte (Joguinhos, Olesc e Jesc). Como instrumento de coleta de dados, foi utilizado a "Escala de Motivos para Prática Esportiva" (EMPE), a qual foi validada por Barroso (2007) para população brasileira e é composta por 33 questões com escala do tipo Likert. Este instrumento possui 7 dimensões motivacionais, assim denominadas: status, condicionamento físico, energia, contexto, técnica, afiliação e saúde. A análise dos resultados foi obtida por meio do programa Statistical Package for Social Science for Windows (SPSS), versão 20.0. Ao analisar todos os sujeitos da pesquisa, os resultados apontaram que os fatores saúde, afiliação e aperfeiçoamento técnico foram os mais importantes, seguidos por condicionamento físico, status, liberação de energia, e contexto. Apenas na dimensão Condicionamento Físico constatou-se diferença estatística significativa, pela Análise de Variância. O teste de follow up de Scheffé identificou que esta diferença é entre a SUB-16 (M=9,3) e a SUB-18 (M=8,7). Nas outras dimensões, não houve nenhuma diferença estatística significativa entre as categorias examinadas. Espera-se que esta pesquisa possa estimular novos estudos na área e servir de base como referencial teórico para as ações durante o treinamento.

 

ABSTRACT 

The motivation to practice Futsal: A study with athletes aged between 13 and 18 years old

This quantitative, descriptive and exploratory study aimed to verify the motivation for the sport of 50 futsal male athletes, aged 13 to 18, distributed in the following categories: Sub-14 (16 athletes), Sub-16 (17 athletes) and Sub-18 (17 athletes), representing the city of South Caxambu in championships organized by Fesporte (Joguinhos, Olesc and Jesc). The Escala de Motivos para Prática Esportiva (Reasons Scale for Sports Practice), was used as data collection instrument. This was validated by Barroso (2007) for Brazilian population and consists of 33 questions with Likert scale. This instrument has seven motivational dimensions, determined in the following way: status, physical fitness, energy, environment, technical, membership and health. The SPSS (Statistical Package for Social Science for Windows), version 20.0 was used for obtaining the results. By analyzing all the subjects, the results indicated that health factors, affiliation and technical development were the most important, followed by physical fitness, status, power release, and context. There was significant statistical difference, by analysis of variance only in the dimension Physical Conditioning. The Scheffé's follow up test found that this difference is between the SUB-16 (M = 9.3) and the SUB-18 (M = 8.7).There was no statistically significant difference between the categories examined in other dimensions. It is hoped that this research will stimulate further studies in the area and serve as a theoretical basis for the actions during training.

Biografia do Autor

Rogério da Cunha Voser, ESEF - UFRGS

Doutor em Ciências da Saúde na PUCRS, em 2006. Mestre em Ciências do Movimento Humano pela Escola de Educação Física da UFRGS, em 1998. Especialista em Ciências do Futebol e do Futebol de Salão pelas Faculdades Integradas Castelo Branco Centro Educacional de Realengo, em 1990. Licenciado em Educação Física pela ESEF-UFPEL, em 1988. Graduado em Fisioterapia pela ULBRA, em 1999. Foi atleta de várias equipes de Futsal do estado, atuou na Espanha, preparador físico do Inter/ULBRA e técnico da equipe juvenil da ULBRA. Tem experiência em escolas do município e particular. Consultor de vários cursos de Graduação e Especialização. É avaliador e.MEC-INEP. Atualmente é Professor Adjunto nível 3 da Escola de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul nas Disciplinas de Futsal Fundamentos e Futsal Técnicas Avançadas na ESEF/UFRGS. Já trabalhou também na ULBRA, PUCRS, Facos e São Judas Tadeu/RS. Ministra cursos de Futsal e Iniciação aos Esportes por todo o Brasil (extensão e pós-graduação). Autor dos livros Iniciação ao futsal: abordagem recreativa; Análise das Intervenções Pedagógicas em Programas de Iniciação ao Futsal; A Criança e o Esporte: uma perspectiva lúdica; Futsal: princípios técnicos e táticos; Futsal e a Escola: uma perspectiva pedagógica; Futebol: História, Técnica e Treino de Goleiro e Ensino dos Esportes Coletivos: uma abordagem recreativa.

Cezar Mauricio Moreira, HORUS FACULDADES/PINHALZINHO-SC
Professor de Educação Física e especialista em Futsal.
Patrícia Eloí Gomes Voser, Faculdades Integradas São Judas Tadeu
Possui mestrado em Administração pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2005), Especialização em Administração e Formação de Recursos Humanos (2000) e graduação em Letras/Tradutor pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1991). Tem capacitação em Docência no Ensino à Distância. Atualmente, é professora da disciplina de Leitura e Produção Textual dos Curso Tecnólogos de Gestão Financeira e de Recursos Humanos da Instituição Educacional São Judas Tadeu de Porto Alegre, sendo membro de seu Colegiado.Já ministrou aulas de Iniciação Cientifica e de Metodologia da Pesquisa em Cursos de Educação Física.
José Augusto Evangelho Hernandez, Universidade Estadual do Rio de Janeiro
Bacharel em Direção Teatral pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Dirigiu e atuou em diversos espetáculos teatrais. Graduado em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Especialista em Hipnoterapia Ericksoniana pelo Instituto Milton Erickson. Especialista em Psicologia do Esporte pelo Conselho Federal de Psicologia. Mestre em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Doutor em Psicologia do Desenvolvimento pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Foi professor da graduação e pós-graduação dos cursos de Psicologia e Educação Física da ULBRA/Canoas/RS, onde atuou como psicólogo do Sport Club Ulbra em diversas modalidades desportivas. Além disso, ocupou os cargos de coordenador de TCC e de Pós-Graduação Lato sensu da Psicologia. Foi professor convidado do pós-graduação da Educação Física da PUCRS e da FACOS/Osório/RS. Foi professor substituto da graduação e convidado da pós-graduação da ESEF-UFRGS. Foi professor da Faculdade Sogipa de Educação Física na graduação e pós-graduação e, também, da Instituição Educacional São Judas Tadeu. Atualmente, é docente do Departamento de Fundamentos da Psicologia na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Tem sido consultor ad hoc da FAPERJ e FACEPE e revisor de diversos periódicos nacionais e internacionais. Tem experiência de pesquisa em gênero, relacionamentos íntimos, validação de instrumentos e medidas em psicologia e psicologia do esporte.
Publicado
2016-01-26
Como Citar
Voser, R. da C., Moreira, C. M., Voser, P. E. G., & Hernandez, J. A. E. (2016). A motivação para prática do Futsal: Um estudo com atletas na faixa etária entre 13 e 18 anos. RBFF - Revista Brasileira De Futsal E Futebol, 8(28), 39-45. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/384
Seção
Artigos Científicos - Original

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##