Fatores para a motivação ou desmotivação à participação nas aulas de Educação Física

Leandro Coutinho Vilela de Carvalho

Resumo


Introdução: Nos dias atuais é muito difícil motivar os alunos a participarem das aulas de Educação Física e é de fundamental importância que o professor esteja preparado e atento para que essa evasão não ocorra em suas aulas. Objetivo: O objetivo desta pesquisa foi identificar os fatores que causam a motivação e a desmotivação nos alunos. Materiais e Métodos: Foi utilizado um questionário contendo diversas situações que podem proporcionar tal estado nos pesquisados. Resultado: Foram identificados fatores como a quadra ser muito quente, as críticas dos colegas quando se erra e o que se sente quando isso acontece como principais desmotivadores. Já os motivadores foram, a diversidade de atividades, sentir prazer e sentir-se bem ao pratica-las assim como sentir-se capaz de realizar essas ações, a interação e o prazer de estar com os colegas e o fato do professor sempre incentivar quando se erra. Discussão: Provou-se de fundamental importância a presença do professor como um fator motivador sempre evitando situações como as citadas para que se obtenha melhor resultado. Conclusão: Os fatores motivacionais e desmotivacionais tem forte ligação entre si sendo que muitas vezes a intervenção do professor considerada ponto chave para maior participação nas aulas.

 

ABSTRACT

Factors for motivation or demotivation for participating in physical education classes 

Introduction: In this current day and age, it is becoming increasingly difficult to motivate students to participate in Physical Education (P.E.) classes. In this sense, teachers must take adequate measures to ensure P.E. ‘evasion’ does not occur in their classes. Purpose: the aim of this study was to identify the principle factors that cause students to be either motivated or demotivated in P.E. classes. Materials and Methods: To achieve this, students were asked to complete a questionnaire containing an array of situations, of which results provided adequate information on their stance towards P.E. Results: Factors such as the high temperature of the court, peer criticism and consequent frustration/emotional damage, were deemed as highly demotivating.  However, results also showed a ‘healthier’ list of motivational factors. The most frequent responses tended to be the variety of activities available and the subsequent feeling of confidence when achieving the set objective(s), the elation of participating with peers, and the ongoing encouragement from a dedicated teacher. Discussion: Without a doubt, the most prominent information received was the fundamental importance of the P.E. teacher’s presence as a role model and motivating factor. Additionally, an increase of motivation was perceived whenever the teacher took measures to avoid the aforementioned factors responsible for demotivation. Conclusion: Motivational and de-motivational factors share a strong connection in the sense that teacher intervention, in both instances, is considered key to greater student participation in P.E. classes.


Palavras-chave


Motivação; Desmotivação; Educação Física

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBFF - Revista Brasileira de Futsal e Futebol

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Antonio Coppi Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui