Associação entre massa corporal, estatura e VO2Max com medidas de desempenho físico em atletas de futebol

  • José Eduardo da Silva Prefeitura municipal de Taubaté
  • Júlio Cesar Voltolini Universidade de Taubaté, Departamento de Biologia, Taubaté
  • Romulo Soler Brito Prefeitura municipal de Taubaté
Palavras-chave: Antropometria, Aptidão física, Testes motores

Resumo

Introdução: A modalidade do futebol feminino tem apresentando grande adesão nos últimos anos, despertando assim o interesse de investigações sobre variáveis que podem predizer o desempenho, tais como, medidas antropométricas e testes físicos. Objetivo: O presente estudo investigou as possíveis associações entre massa corporal, estatura e VO2Max como o desempenho físico de atletas de futebol feminino. Matérias e Métodos: A amostra foi constituída por 18 atletas de futebol do sexo feminino, cujas características de idade 19,8 ± 1,4anos, altura 1,65 ± 0,4cm, massa corporal 59 ± 8kg. O desempenho físico foi avaliado através de testes físicos, sendo: sprints máximos de 10 e 30 metros, teste de Cooper de 12 minutos, teste de salto vertical e teste Illinois. Para testar possíveis associações entre a massa corporal, à estatura e o VO2Max com medidas de desempenho físico, foram empregados os testes de correlação de Pearson (r) e regressão linear simples (r2). Para todas as análises foi adotado o coeficiente de significância estatística p < 0,05. Resultados: Os dados apontaram relação apenas entre o VO2Max e o teste Illinois como significativa dentro das 12 relações testadas, 10 delas foram negativas indicando pelo menos uma tendência de que, quanto maior a massa corporal e a estatura, menores os resultados nos testes de desempenho. Conclusão: De acordo com os resultados constatados, as medidas antropométricas mensuradas e as fracas correlações do VO2Max com os testes físicos, não apresentaram ser variáveis determinantes sobre o desempenho das atletas de futebol.

 

ABSTRACT

Relation between body mass, stature and VO2MAX with measures of physical performance in football athletes

Introduction: The women’s football has established more attention at the last years, thus arousing the interest of research on variables that can predict the performance, such as anthropometric measures and physical tests. Objective: This study investigated the possible association between body mass, height and VO2Max as the physical performance of female football athletes. Materials and Methods: The sample consisted of 18 female soccer players, whose characteristics age 19.8 ± 1.4 years old, height 1.65 ± 0.4 cm, body mass 59 ± 8 kg. Physical performance was evaluated through physical tests, as follows: maximum sprints of 10 and 30 meters, the Cooper test 12 minutes, Illinois test and vertical jump test. To test possible associations between body mass, height and VO2max with measures of physical performance tests were used the Pearson correlation (r) and linear regression (r2). For all analyzes we used a coefficient of statistical significance p <0.05. Results: The data showed only relationship between VO2Max and the Illinois as being significant relationships inside 12 tested, 10 of them were negative, indicating at least a tendency that how much higher the body mass and height, lower are results in performance testing. Conclusion: According to the results observed, the indicated anthropometric measurements and weak correlations of VO2Max with showed physical tests are not determining variables on the performance of soccer players.

Publicado
2015-04-10
Como Citar
Silva, J. E. da, Voltolini, J. C., & Brito, R. S. (2015). Associação entre massa corporal, estatura e VO2Max com medidas de desempenho físico em atletas de futebol. RBFF - Revista Brasileira De Futsal E Futebol, 7(23), 59-66. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/322
Seção
Artigos Científicos - Original