Nível de desempenho técnico-tático de uma equipe juvenil de futsal feminino de caçador

  • Bruna Rafagnin Calderan Licenciada e Bacharel em Educação Física-UNIARP, Caçador-SC, Brasil.
  • Rodolfo Machado de Souza Segundo Mestre em Desenvolvimento e Sociedade, Docente do Curso de Educação Física-UNIARP, Caçador-SC, Brasil.
Palavras-chave: Futsal Feminino, Características do Futsal, Esporte

Resumo

O futsal feminino vem em uma constante crescente. Partindo disso, para que essa evolução continue nessa grande ascendência, os níveis técnicos e táticos das atletas devem estar aflorados. Partindo disso, o presente estudo teve como objetivo principal verificar o nível de desempenho técnico-tático de jovens atletas de futsal feminino de Caçador-SC da categoria sub-16. Foi realizada uma pesquisa de campo com 13 atletas de futsal feminino de Caçador-SC de 14 a 16 anos, com idade média de 15,2 anos, que participaram da fase seletiva dos Jogos da Juventude de Santa Catarina (OLESC). O nível de desempenho das atletas foi avaliado no ambiente de jogo formal por meio do Instrumento de Avaliação do Desempenho Técnico-Tático Individual (IADFutsal) adaptado, após filmagem de dois jogos da equipe na competição. A equipe apresentou um bom nível de assertividade nos fundamentos passe e recepção. Nos desarmes, pode-se perceber que a maior ocorrência foi para recuperar ou tirar a bola. Em relação às finalizações a equipe construiu boas oportunidades de gol, porém a concretização em gol apresentou uma média baixa. Sendo assim, através da análise técnico-tático pode-se perceber que a equipe sub16 de Caçador precisa melhorar os níveis de conversão em gols, apesar de taticamente conseguir cumprir suas funções dentro da partida.

Referências

-Apolo, A. Futsal: Metodologia e Didática na Aprendizagem. São Paulo. Phorte. 2004.

-Bello, N.; Alves, U. S. Futsal: conceitos modernos. São Paulo. Phorte. 2008.

-Ferreira, R. L. Futsal e a iniciação. 6ª edição. Rio de Janeiro. Sprint. 2002.

-Marconi, M. D. A.; Lakatos, E. M. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisas, elaboração, análise e interpretação de dados. 3ª edição. São Paulo. Atlas. 1996.

-Rodrigues, D. C.; Paulo, V. C.; Liberali, R.; Almeida, R. Comparação do perfil de atletas e não atletas de futsal adolescentes de escolas no Rio Grande do Sul e Paraná. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 2. Num. 4. p. 37-41. 2010.

-Schroeder, R. Intervenções pedagógicas no âmbito das escolinhas de futsal. Monografia. Curso de Educação Física em Bacharelado. UNIDAVI. Centro Universitário Para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí. Rio do Sul. 2014.

-Voser, R. C.; Giusti, J. G. O futsal e a escola: uma perspectiva pedagógica. Porto Alegre: Artmed. 2002.

-Saad, M. A.; Nascimento, J. V.; Milistetd, M. Nível de desenvolvimento técnico-tático de jovens jogadores de futsal, considerando a experiência esportiva. Revista da Educação Física da Universidade Estadual de Maringá. Vol. 24. Num. 4. p. 535-544. 2013.

-Saad, M. A. Estruturação das sessões de treinamento técnico-tático nos escalões de formação do Futsal. Dissertação de Mestrado em Educação Física: Teoria e Prática Pedagógica em Educação Física. Centro de Educação Física e Desporto. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis. 2002.

-Santana, W. C.; Garcia, O. B. A incidência do contra-ataque em jogos de futsal de alto rendimento. Revista Pensar a Prática. Num. 10/1. p.153-162. 2007.

Publicado
2022-06-20
Como Citar
Calderan, B. R., & Segundo, R. M. de S. (2022). Nível de desempenho técnico-tático de uma equipe juvenil de futsal feminino de caçador. RBFF - Revista Brasileira De Futsal E Futebol, 14(57), 18-23. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1099
Seção
Artigos Cientí­ficos - Original