A influência do fator local no resultado dos jogos do campeonato catarinense de futebol

  • Ricardo Bittencourt Instituto de Ensino Superior da Grande Florianópolis-IESGF, São Jose-SC, Brasil; Bacharel em Educação Física do Instituto de Ensino Superior da Grande Florianópolis-IESGF, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.
  • Moacir Pereira Junior Instituto de Ensino Superior da Grande Florianópolis-IESGF, São Jose-SC, Brasil; Mestre em Ciências do Movimento Humano pela Universidade do Estado de Santa Catarina-UDESC, Brasil.
Palavras-chave: Futebol, Home Advantage, Campeonato

Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar a influência do fator local no resultado dos jogos do campeonato catarinense de futebol. Como dados da pesquisa, foram selecionados os resultados de 367 jogos do campeonato catarinense de futebol profissional da primeira divisão, ocorridos entre os anos de 2016 a 2019. Os dados foram coletados por meio de súmulas eletrônicas, disponíveis no site da federação catarinense de futebol, e em seguida tabulados em um banco de dados do programa Microsoft Excel, onde foi realizado uma análise estatística descritiva. Para calcular a possibilidade de vantagem de jogar em casa, foi utilizado o método proposto por Pollard, que considera que existe vantagem quando se tem aproveitamento em casa superior a 50%. Os resultados do estudo mostraram que do total de total de jogos analisados, as equipes mandantes venceram 172, empataram 101 e perderam 94, resultando em um aproveitamento de 56,04 de pontos conquistados. Ao analisar e comparar a campanha das equipes campeãs de cada ano, observou-se um aproveitamento parecido, com valores variando entre 70 e 80%. Conclui-se com esse estudo, que o fato de jogar em casa, apresenta uma vantagem muito importante para a equipe mandante, aumentando as chances de vitória, e que para uma equipe ter chance de título, precisa ter um aproveitamento alto de pontos conquistados nos jogos em casa.

Biografia do Autor

Moacir Pereira Junior, Instituto de Ensino Superior da Grande Florianópolis-IESGF, São Jose-SC, Brasil; Mestre em Ciências do Movimento Humano pela Universidade do Estado de Santa Catarina-UDESC, Brasil.

Mestre em Ciências do Movimento Humano pela Universidade do Estado de Santa Catarina; Especialista em Fisiologia do Exercício, Especialista em Nutrição Esportiva, Especialista em Treinamento Desportivo, Especialista em Educação a Distância: Gestão e Tutoria e graduado em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina; Experiência na área de Educação Física e Saúde, com ênfase em Fisiologia, Nutrição e Treinamento Esportivo; Atualmente é professor convidado nos cursos de Pós Graduação pelo Centro Sul Brasileiro de Pesquisa, Extensão e Pós Graduação (CENSUPEG); professor Adjunto do Instituto de Ensino Superior da Grande Florianópolis (IESGF) nos cursos de Educação Física, Fisioterapia e Nutrição e membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso de Educação Física do IESGF; Conteudista de Educação A Distãncia (EAD) pela empresa FabriCO Educare; Oficial de Arbitragem da Confederação Brasileira de Basquetebol e da Federação Catarinense de Basquetebol; Além disso, é criador de conteúdo online, com canal verificado em youtube.com/c/MoacirPereiraJunior.

Referências

-Abad, C. C. C.; Terra, B. P.; Ananias, M. D. T.; Silva, R. A.; Diniz, M. A. Second-leg home advantage in the Copa Libertadores da América (2005-2015). Motriz. Vol. 23. Num. 3. 2017.

-Allen, M. S.; Jones, M. V. The home advantage over the first 20 seasons of the English Premier League: Effects of shirt colour, team ability and time trends. International Journal of Sport and Exercise Psychology. Vol. 12. Num. 1. p. 10-18. 2014.

-Almeida, C. H.; Volossovitch, A. Home advantage in Portuguese football: Effects of level of competition and mid-term trends. International Journal of Performance Analysis in Sport. Vol. 17. Num. 3. p. 244-255. 2017.

-Almeida, L. G.; Oliveira, M. L.; Silva, C. D. Uma análise da vantagem de jogar em casa nas duas principais divisões do futebol profi ssional brasileiro. Revista brasileira de Educação Física e Esporte. Vol. 25. Num. 1. p. 49-54. 2011.

-Barreira, J. Vantagem de jogar em casa no futebol feminino: uma análise dos três principais campeonatos no Brasil. R. Bras. Ci. e Mov. Vol. 26. Num. 3. P. 83-87. 2018.

-Braz, T. Análise de jogo no futebol. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 5. Num. 15. p. 28-43. 2013.

-Carlet, R. Fator local e sua influência no futebol: análise quantitativa do campeonato brasileiro série A. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol.7. Num. 26. p.399-407. 2015.

-Cunha, A. S.; Moura, F. A, Santiago, P. R. P.; Castellani, R. M.; Barbieri, F. A. Futebol: aspectos multidisciplinares para o ensino e treinamento. Rio de Janeiro. Editora Guanabara Koogan. 2011.

-Drummond, L. R.; Drummond, F. R.; Silva, C. D. A vantagem em casa no futebol: comparação entre Copa Libertadores da América e UEFA Champions League. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. Vol. 28. Num. 2. p. 283-92. 2014.

-Fajardo, L.; Werneck, F. Z.; Coelho, E. F.; Matta, M. O. A vantagem de jogar em casa em relação às séries do campeonato brasileiro de futebol. Revista Brasileira de Futebol. Vol. 10. Num. 2. p. 25-34. 2017.

-Federação Catarinense de Futebol/FCF. Dados do Campeonato Catarinense. Disponível em http://www.fcf.com.br. Acessado em 18/03/2020.

-Filgueira, F. M.; Greco, P. J. Futebol: um estudo sobre a capacidade tática no processo de ensino-aprendizagem-treinamento. Revista Brasileira de Futebol. Vol. 1. Num. 2. p. 53-65. 2013.

-Leivas, P. S. L.; Faria, E. S.; Voser, P. E. G.; Voser, R. C. A. Vantagem do Fator Local nos Jogos do Campeonato Gaúcho de Futebol nas Séries A e B de 2000 a 2011. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 5. Num. 16. p. 139-145. 2013.

-Martins, L. C.; Simas, H. E.; Pereira Junior, M. Análise das ações ofensivas e defensivas dos finalistas (França e Portugal) da UEFA EURO 2016. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 10. Num. 40. p. 564-571. 2018.

-Memmert, D.; Lemmink, K. A.; Sampaio, J. Current approaches to tactical performance analyses in soccer using position data. Sports Medicine. Vol. 47. Num. 1. p. 1-10. 2017.

-Mondo, T.S.; Dias, J.S. A vantagem em casa no futebol: um estudo sobre o futebol catarinense. Revista Digital. Buenos Aires. 2009.

-Pollard, R. Home advantage in soccer: a retrospective analysis. J Sports Science. Vol. 4. Num. 3. p. 237-248. 1986.

-Pollard, R.; Gómez, M.A. Comparison of home advantage in men’s and women’s football leagues in Europe. European Journal of Sport Science. Vol. 14. P. 77-83. 2014

-Pollard, R.; Gómez, M.A. Home advantage in football in South-West Europe: Long-term trends, regional variation, and team differences. Journal Sports Science. Vol. 9. Num. 6. p. 341-52. 2009.

-Pollard, R.; Silva, C.; Medeiros, N. Home advantage in football in Brazil: differences between teams and the effects of distance traveled. Revista Brasileira de Futebol. Vol. 1. Num. 1. p. 3-10. 2008.

-Santos, A.S.; Cardoso, F.S.; Andrade, M.C.; Añon, I.C. Jogar em casa pode condicionar o resultado final do jogo? Revista Brasileira de Futebol. Vol. 10. Num. 2. p. 25-34. 2016.

-Silva, C. D.; Medeiros, N. C.; Silva, A. C. D. Vantagem em casa no campeonato brasileiro de futebol: efeito do local do jogo e da qualidade dos times. Revista Brasileira Cineantropometria e Desempenho Humano. Vol. 12. Num. 2. p. 148-54. 2010.

-Silva, C.D.; Moreira, D.G. A vantagem em casa no futebol: comparação entre o Campeonato Brasileiro e as principais ligas nacionais do mundo. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano. Vol. 10. Num. 2. p.184-188. 2008.

-Saavedra García, M.; e colaboradores. Calculating home advantage in the first decade of the 21th century UEFA soccer leagues. Journal of human kinetics. Vol. 38. p. 141-150. 2013.

-Voser, R. C. A vantagem do fator local nos jogos do Campeonato Gaúcho de Futebol da primeira divisão e divisão de acesso no ano de 2013. Escola Superior de Educação Física. UFRGS. Porto Alegre. 2013.

-Zamuner, L. F. A influência da torcida na motivação de jogadores de futebol profissional. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 9. Num. 33. p. 113-119. 2017.

Publicado
2021-07-17
Como Citar
Bittencourt, R., & Pereira Junior, M. (2021). A influência do fator local no resultado dos jogos do campeonato catarinense de futebol. RBFF - Revista Brasileira De Futsal E Futebol, 13(52), 39-46. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1056
Seção
Artigos Cientí­ficos - Original