Análise da incidência de gols e suas características nas fases finais da liga nacional de futsal do Brasil de 2019

  • Marcos Vinícius Santos Silva Treinador de Futsal Masculino Medicina de Bragança-SP e Coordenador do Centro de Aprendizagem Futbola (CAFUT) Jarinu-SP, Brasil.
  • João Marcelo Niquini Caríssimo Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto-MG, Brasil.
  • César Milagres Silva Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto-MG, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-6171-511X
  • Siomara Aparecida Silva Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto-MG, Brasil.
Palavras-chave: Ataque posicional, contra-ataque, bola parada, gol linha ofensivo

Resumo

O futsal é uma modalidade que possui diversas características como as constantes situações de cooperação e invasão e suas evoluções acarretam diversas mutações táticas para se alcançar o gol. Partindo deste pressuposto o objetivo do presente estudo foi identificar a incidência de gols e suas características nas fases finais da liga nacional de futsal no ano de 2019. A amostra foi constituída por 30 jogos partindo das oitavas até a final, contudo é importante ressaltar que não foi anotado nenhum gol da prorrogação. Para analisar a incidência temporal de gols cada tempo de jogo (1º e 2º) foram divididos em quartis de cinco minutos e concomitantemente foi anotado a ocorrência dos gols por características (Ataque Posicional, Contra-ataque, Bola parara e Gol Linha Ofensivo). Após a análise foi possível identificar que 82 dos 130 gols ocorreram no segundo período das partidas; com relação à incidência de gols destacam-se o primeiro e quarto quartil do segundo tempo, sendo que no primeiro houve média de 5,75 ± 4,19 enquanto no quarto a média foi de 7,50 ± 4,64. Com relação às características dos gols analisados, as maiores ocorrências ficaram por conta do ataque posicional (53) e contra-ataque (36).  O presente estudo pode auxiliar treinadores no aspecto estratégico das equipes preparando-as para possíveis momentos chaves da partida.

Biografia do Autor

Marcos Vinícius Santos Silva, Treinador de Futsal Masculino Medicina de Bragança-SP e Coordenador do Centro de Aprendizagem Futbola (CAFUT) Jarinu-SP, Brasil.

 

 

João Marcelo Niquini Caríssimo, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto-MG, Brasil.

Acadêmico de Educação Física Bacharelado pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP); Membro do Laboratório de Metodologia do Ensino dos Esportes (LAMEES).

César Milagres Silva, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto-MG, Brasil.

Acadêmico do curso de Educação Física Licenciatura pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP); Membro do laboratório de Metodologia do Ensino dos Esportes (LAMEES).

 

Siomara Aparecida Silva, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto-MG, Brasil.

Curso de Educação Física Licenciatura e Bacharelado, Centro desportivo da Universidade Federal de Ouro Preto -CEDUFOP; Coordenadora do Laboratório de Metodologia do Ensino dos Esportes - LAMEES.

Referências

-Alves, I. P.; Bueno, L. Analise dos gols na primeira fase da liga futsal 2012. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 4. Num. 12. 2012. p. 118-123.

-Andrade, M. X. Futsal: Inicio, Meio e Finalidade: Noções sobre preparação física, tática e técnica. Marechel Cândido Rondo. Paraná. 2013.

-Barrena, A. D. S. Análise dos contra-ataques da equipe do Corinthians na categoria adulto e sub 20 no ano de 2013. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 7. Num. 26. 2015. p. 375-381.

-Bayer, C. O ensino dos desportos colectivos. Lisboa. Dinalivro. 1994.

-Bello Junior, N. A ciência do esporte aplicada ao futsal. Rio de Janeiro. Sprint. 1998.

-Fukuda, J. P. S.; Santana, W. C. Análises dos gols em jogos da liga futsal 2011. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 4. Num. 11. 2012. p. 62-66.

-Ganef, E.; Reis , F. P. C.; Almeida, E. S.; Navarro, A. C. Influência do goleiro-linha no resultado do jogo de futsal. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 1. Num. 3. 2009. p. 186-192.

-Garganta, J. A análise da performance nos jogos desportivos. Revisão acerca da análise do jogo. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto. Vol. 1. Num. 1. 2001. p. 57-64.

-Garganta, J. Trends of tactical performance analysis in team sports: bridging the gap between research, training and competition. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto. Vol. 9. Num. 1. 2009. p. 81-89.

-Garganta, J. M. O ensino dos jogos desportivos colectivos. Perspectivas e tendências. Movimento. Vol. Ano VI. Num. 8. 1998. p. 19-27.

-Giani, G.; Soares, G. F.; Silva, S. A. Análise dos parâmetros técnico-tático dos gols da Liga Espanhola de Futsal 2015/2016. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 10. Num. 36. 2018. p. 69-76.

-Gimenes, S. V.; Canciglieri, P. H.; Braz, T. V.; Thiengo, C. R. Modelação das ações de contra-ataque em partidas da FIFA World Cup 2006. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. SãoPaulo. Vol. 5. Num. 15. 2013. p. 3-14.

-Gonçalves, M. C. Análise dos gols da segunda fase da liga futsal 2013. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Edição Suplementar 1. São Paulo. Vol. 7. Num. 24. 2015. p. 153-157.

-Hair Junior, J. F.; Black, W. C.; Babin, B. J.; Anderson, R. E. Tatham, R. L. Análise Multivariada de Dados. Porto Alegre. Bookman. 2009.

-Istchuk, L. L.; Santana, W. C. Futsal feminino de alto rendimento: comportamento tatico-tecnico da transicao defensiva. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 4. Num. 14. 2012. p. 288-293.

-Júnior, D. Futsal: a teoria da prática, uma leitura do cotidiano de treino e do jogo. Porto Alegre. S2C e Secco Editora. 2019.

-Massardi, F. P.; Oliveira, M. C.; Navarro, A. C. A incidência de gols na liga futsal feminina nos anos 2010 e 2011. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo. Vol. 3. Num. 9. 2011. p. 229-235.

-Saad, M. A.; Costa, C. F. Futebol e futsal: movimentações defensivas e ofensivas. Visual Books. 2005.

-Santana, W. C.; Garcia, O. B. A incidência do contra-ataque em jogos de futsal de alto rendimento. Pensar a Prática. Vol. 10. Num. 1. 2007. p. 153-162.

-Silva, M. V. S.; Silva, C. M.; Matsimbe, B. P.; Silva, S. A. Análise da incidência de contra-ataques no futsal da equipe do Corinthians categoria sub 20 campeã Estadual 2016. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. Suplementar 2. São Paulo. Vol. 10. Num. 41. 2018. p. 648-654.

-Siqueira, O. D.; Cardoso, M. F. S.; Aragonez, V. A. L.; Damico, J. G. Crescente, L. A. B. O tempo de incidência dos gols em equipes de diferentes níveis competitivos da liga nacional de futsal. Rev. Bras. Ciênc. Esporte. Vol. 36. Num. 2. 2014. p. S789-S801.

-Thomas, J. R.; Nelson, J. K.; Silverman, S. J. Métodos de pesquisa em atividade física. Porto Alegre. Artmed. 2012. 400 p.

Publicado
2021-05-09
Como Citar
Silva, M. V. S., CaríssimoJ. M. N., Silva, C. M., & Silva, S. A. (2021). Análise da incidência de gols e suas características nas fases finais da liga nacional de futsal do Brasil de 2019. RBFF - Revista Brasileira De Futsal E Futebol, 12(51), 765-771. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1049
Seção
Artigos Cientí­ficos - Original