Estado de humor em atletas de futsal feminino de alto rendimento

  • Ana Paula Ramos Doutoranda em Ciência do Movimento Humano, Universidade do Estado de Santa Catarina, Santa Catarina, Brasil.
  • Patricia Caroline de Oliveira Lencina Acadêmica em Fisioterapia, Unifacvest, Lages, Santa Catarina, Brasil.
  • Rodrigo Okubo Docente do curso de Fisioterapia da Universidade do Estado de Santa Catarina, Santa Catarina, Brasil.
Palavras-chave: Futsal, Feminino, Variação do humor, Overtraining

Resumo

Introdução: O futsal tem sido muito estudado nas últimas décadas, e consequentemente a sua evolução tem sido vertiginosa, fazendo com que os atletas profissionais trabalhem no seu limite na maior parte do tempo, aumentando o risco de lesões e o índice de depressão. Essa busca incessante por resultados e rendimentos, quando somado à fatores extra “campoâ€, acaba interferindo no desempenho psicológico e físico dos atletas, que podem levá-los a altos níveis de estresse e alterações no Perfil de Estados de Humor (PEH). Objetivo: Traçar o perfil de humor de atletas profissionais de futsal feminino durante toda uma temporada. Métodos: Esta pesquisa se caracteriza por ter uma abordagem quantitativa, do tipo descritiva, comparativa e epidemiológica. Foram selecionados, de maneira intencional, atletas do sexo feminino, de uma equipe profissional de futsal, e foram aplicados um instrumento com objetivo de traçar o perfil epidemiológico e demográfico de lesões dessas atletas e também a escala BRUMS que avalia o estado de humor. Resultados: A amostra envolveu 20 atletas profissionais. Os valores dos domínios ficaram dentro do esperado para atletas de alto rendimento, se assemelhando à valores já descritos na literatura em outros esportes. Conclusão: Contudo fica claro que o perfil de humor das atletas de futsal feminino avaliadas, é compatível com outras modalidades já estudadas. Sugere-se que novos estudos sejam realizados, com maior número de atletas, permitindo que esses dados contribuam com o monitoramento e otimização de rendimento.

Referências

-Arruda, A. F. S.; Moreira, A.; Nunes, J. A. Monitoramento do nível de estresse de atletas da seleção brasileira de basquetebol feminino durante a preparação para a Copa América 2009. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 19. Núm. 1. 2013.

-Brandt, R.; Bevilacqua, G. G.; Andrade, A. Perceived Sleep Quality, Mood States, and Their Relationship With Performance Among Brazilian Elite Athletes During a Competitive Period. Journal of strength and conditioning research. Vol. 31. Núm. 4. p.1033-1039. 2017.

-Brandt, R.; Viana, M. S.; Segato, L. Relações entre os estados de humor e o desempenho esportivo de velejadores de alto nível. Psicologia: teoria e prática. 2011.

-Cain, L. E.; Nicholson, L. L.; Adams, R. D.; Burns, J. Foot morphology and foot/ankle injury in indoor football. Journal of science and medicine in sport. Vol. 10. Núm. 5. p. 311-319. 2007.

-Costa, L.; Samulski, D. Overtraining em Atletas de Alto Nível - Uma Revisão Literária. Revista Brasileira de Ciência e Movimento. Vol. 13. Núm. 2. p. 123-134. 2005.

-Deschamps, S.; Rose, J. Treinamento psicológico e sua influência nos estados de humor e desempenho técnico de atletas de basquetebol. Rev Iberoam Psicol Del Ejerc Y El Deport. Vol. 3. Núm. 2. p.169-182. 2008.

-Esfahani, N.; Soflu, H. G.; Assadi, H. Comparison of Mood in Basketball Players in Iran League 2 and Relation with Team Cohesion and Performance. Procedia - Social and Behavioral Sciences. Vol. 30. p.2364-2368. 2011.

-Foster, R.; Vaisberg, M.; Bachi, A. L. L. Premenstrual Syndrome, Inflammatory Status, and Mood States in Soccer Players. Neuroimmunomodulation. Vol. 26. Núm. 1. p. 1-6. 2019.

-Hespen, A. Van; Stege, J. P.; Stubbe, J. H. Soccer and futsal injuries in the netherlands. British Journal of Sports Medicine. Vol. 45. Núm. 4. p. 330 LP - 330. 2011.

-Lane, A. M.; Lovejoy, D. J. The effects of exercise on mood changes: the moderating effect of depressed mood. The Journal of sports medicine and physical fitness. Vol. 41. Núm. 4. p. 539-545. 2001.

-Leandro, L.; Aniceto, R.; Oliota-Ribeiro, L. Perfi l de estados de humor em atletas de basquetebol entre competições e posições de jogo. Revista Brasileira Ciência e Movimento. Vol. 26. Núm. 3. 2018.

-Livro de Regras. Confederação Brasileira de Futebo de Salão. 2017.

-Meehan, H. L.; Bull, S. J.; Wood, D. M.; James, D. V. B. The Overtraining Syndrome: A Multicontextual Assessment. The Sport Psychologist. Vol. 18. Núm. 2. p.154-171. 2004.

-Pires, D.; Brandão, M.; Silva, C. Validação do Questionário de Burnout para Atletas. Revista da Educação Fisica/UEM. Vol. 17. Núm. 1. 2006.

-Ribeiro, R. N.; Costa, L. O. P. Análise epidemiológica de lesões no futebol de salão durante o XV Campeonato Brasileiro de Seleções Sub-20. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 12. Núm. 1. p.1-5. 2006.

-Rohlfs, I. C. P. M.; Rotta, T. M.; Luft, C. D. B. A Escala de Humor de Brunel (Brums): instrumento para detecção precoce da síndrome do excesso de treinamento. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 14. p. 176-181. 2008.

-Rotta, T. M.; Rohlfs, I. C. P. M.; Oliveira, W. F. Aplicabilidade do Brums: estados de humor em atletas de voleibol e tênis no alto rendimento. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 20. Núm. 6. p.424-428. 2014.

-Santana, W.; França, V.; Reis, H. Perfil do processo de iniciação ao futsal de jogadores juvenis Paranaenses. Motriz. Vol. 13. p.181-187. 2007.

-Serrano, J. M.; Shahidian, S.; Voser, R. C.; Leite, N. Incidência e fatores de risco de lesões em jogadores de futsal portugueses. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 19. Núm. 2. 2013.

-Terry, P. C.; Lane, A. M.; Lane, H. J.; Keohane, L. Development and validation of a mood measure for adolescents. Journal of sports sciences. Vol. 17. Núm. 11. p. 861-872, 1999.

-Terry, P.; Lane, A.; Fogarty, G. Construct validity of the. Profile of Mood States-A for use with adults. Psychol Sport Exerc. Vol. 4. p. 125-139. 2003.

-Viana, M. F.; Almeida, P. L.; Santos, R. C. Adaptação portuguesa da versão reduzida do Perfil de Estados de Humor: POMS. Análise Psicológica. Vol. 19. p. 77-92. 2001.

-Vieira, L. F.; Fernandes, S. L.; Vieira, J. L. L.; Vissoci, J. R. N. Mood states and motor performance: a study with high performance voleybol athletes. Brazilian Journal of Kinanthropometry and Human Performance. Vol. 10. Núm. 1. 2008.

-Wilmore, J.; Costill, D. Quantificação do treinamento esportivo. Fisiologia do esporte e do exercício. p.383-406. 2001.

-Xavier, I.; Kasai, M.; Maia Junior, J.; Mainenti, M.; Neves, A. Estados de humor, percepção subjetiva do estresse e recuperação e condicionamento físico da Seleção Brasileira Militar de Futebol no início da temporada de 2015. Revista Brasileira de Psicologia do Esporte. Vol. 8. Núm. 1. 2018.

Publicado
2021-05-09
Como Citar
Ramos, A. P., Lencina, P. C. de O., & Okubo, R. (2021). Estado de humor em atletas de futsal feminino de alto rendimento. RBFF - Revista Brasileira De Futsal E Futebol, 12(51), 671-677. Recuperado de http://www.rbff.com.br/index.php/rbff/article/view/1021
Seção
Artigos Cientí­ficos - Original